Uma das piores negociações da história do Flamengo





http://www.thecities.com.br/imagens/Brasil/Esporte/Principais_esportes/Futebol/Principais_personalidades/Antes_dos_anos_50/Zizinho/2_1265295673.0518.jpg

O que seria a pior negociação da história do Flamengo?

No inicio da década de 50, o presidente do clube à época, Dario de Melo Pinto, vendeu Zizinho, simplesmente o maior craque do clube e um dos maiores de todos os tempos, para o Bangu, naquela que é considerada uma das piores negociações da história flamenguista.  Foi ruim porque Zizinho era o melhor jogador em atividade e saiu poir uma 'teima' do então presidente do Flamengo.

No Flamengo, ele já era ídolo e celebridade, sendo um dos mais admirados jogadores da época não só pelos companheiros, mas também pelos adversários, que elogiavam o espírito esportivo do jogador e seu jeito de atuar. Zizinho saiu do Flamengo com 329 jogos e 146 gols  , aconteceu sem sua consciência após uma aposta entre os presidentes do Bangu e do rubro-negro. Dario de Melo Pinto, presidente do Flamengo, teria dito em um jantar com Guilherme da Silveira Filho, do Bangu, que "não existia jogador inegociável". Silveira Filho perguntou, então, quanto o mandatário rubro-negro queria por Zizinho. Melo Pinto disse a quantia, Silveira Filho pagou os 800 mil cruzeiros (fortuna astronômica na época) e Zizinho se tornou jogador do Bangu já em 1950.

Ele foi considerado o maior ídolo do clube até a aparição de Zico e o maior jogador brasileiro antes de Pelé.

Com ajuda dos Imortais do Futebol.


Comente:



Nenhum comentário

Comente, sempre, com educação. Se você é do Twitter, do Facebook ou de outra rede social, deixe o seu contato para que eu possa agradecer.
Ah, não esqueça nunca: UMA VEZ FLAMENGO, SEMPRE FLAMENGO!

Tecnologia do Blogger.