O exemplo que Anderson Pico se transformou





Anderson Pico fez seu primeiro gol com a camisa do Flamengo contra a Chapecoense, seu ex-clube

Dizem por aí que todo o esforço deve ser recompensado. E, cá entre nós,  gosto muito de ler histórias no futebol que me proporcionam o bom e velho 'UAU', que viram histórias/exemplos para se contar. A história do Anderson Pico, por enquanto, é um desses causos que vem me proporcionou esse UAU.

Não era para se ter grandes expectativas quando ele chegou ao Flamengo. Bem acima do peso que se preconiza para um jogador de futebol, sem clube e com passado que não gerava mesmo uma expectativa boa, o Anderson Pico chegou ao Flamengo cercado de desconfiança. A minha, a sua, a nossa. Mesmo com João Paulo como titular depois da saída do André Santos, quem é que acreditaria que, em pouco tempo, haveria uma performance boa desse jogador? Eu achava que o Anderson Pico não teria, tão rápido condições de jogar futebol em alto nível.

Pois bem! Mordi minha lingua, me ferrei, me dei mal, errei, ainda bem. O cara perdeu peso, ganhou resistência, tem entrado melhor do que eu imaginava nos jogos e se manter a disciplina pode dar bons frutos ao Flamengo.

Anderson Pico chegou ao Flamengo de ônibus porque a grana estava curta, deixou de lado a vergonha,  enviou uma mensagem pedindo uma oportunidade ao Luxemburgo. Precisava do futebol para se reerguer e ele sabia que essa poderia ser  a última chance de sua vida.  Precisava deixar os episódios de ganho de peso, indisciplina e todo o extracampo no passado. Mata um leão por dia, literalmente. Como foge dos padrões físicos dos jogadores de futebol, ele não será, nunca, magro, como a maioria dos jogadores. Precisa, mais do que todos, estar 100% fisicamente.

A história é exemplar e poderia, facilmente, servir de cartilha para meninada do Flamengo que parece que anda no mundo da lua. Seriedade com a profissão, mesmo para um jogador que não tinha esse histórico, rende bons frutos.

O contrato do Anderson Pico acaba no fim do ano e pode ser renovado por mais duas temporadas. Não sei se ele fica ou se ele vai embora, mas gosto dessas histórias de superação, que mostra o quanto o jogador, quando quer, pode surpreender quem duvida do sucesso dele.

Saudações!


Comente:



Nenhum comentário

Comente, sempre, com educação. Se você é do Twitter, do Facebook ou de outra rede social, deixe o seu contato para que eu possa agradecer.
Ah, não esqueça nunca: UMA VEZ FLAMENGO, SEMPRE FLAMENGO!

Tecnologia do Blogger.