Treino na Gávea e mistério no ar




Treino Fla Gávea (Foto: Gustavo Rotstein/ GloboEsporte.com)

O último treino no Rio de Janeiro para o jogo contra o Vaskin em Cuiabá foi na Gávea. Torcida presente, ex-jogador (Renato Abreu) passando para dar um alô e time indefinido. Mas é sempre bom ter um treino na Gávea e aproximar a torcida dos jogadores.

Sem a possibilidade de fazer mistério, Cristovão treinou e deixou dúvidas sobre o time que entrará em campo no domingo. Espero que só os torcedores tenham dúvidas e que os jogadores saibam qual é a função deles em campo. Afinal de contas, são duas semanas de treinos para ajustar um equipe. Na próxima semana, com jogo na quarta-feira contra o Joinville, isso não será possível.

No treino na Gávea, o Cristovão colocou uma formação com três volantes – Jonas, Márcio Araújo e Canteros – e três atacantes. Usou também o Anderson Pico na lateral esquerda, substituindo Pará, que foi vaiado por torcedores que acompanharam a atividade na Gávea. Jorge, o ex-junior que foi para os profissionais,  foi bastante pedido pela torcida.

No ataque, parece que temos indefinição. Embora haja a indicação que o trio ofensivo seja composto por Everton, Emerson Sheik e Eduardo da Silva, o Marcelo Cirino, na frente, e Alan Patrick, no meio, podem ter uma chance.

Preocupado em fazer mistério, que deve entrar em campo e fazer gol, o treino de hoje não teve coletivo, assim como nenhum outro da semana.

Flamengo e Vasco se enfrentam no domingo, em Cuiabá. A vitória contra o lanterna que não tem nenhuma vitória no campeonato é obrigação. Em caso de derrota, é pra mudar tudo no futebol.

Saudações!








Comente:



Nenhum comentário

Comente, sempre, com educação. Se você é do Twitter, do Facebook ou de outra rede social, deixe o seu contato para que eu possa agradecer.
Ah, não esqueça nunca: UMA VEZ FLAMENGO, SEMPRE FLAMENGO!

Tecnologia do Blogger.