11 de junho de 2015

Antes tarde, que nunca!


>




http://placar.abril.com.br/blogs/cabide-placar/files/2014/10/Logo-na-camisa-retr%C3%B4-do-Flamengo.jpg

O agora ex-conselheiro Leonardo Ribeiro, o Capitão Léo, está expulso do quadro social do Flamengo. Em reunião do Conselho Deliberativo na noite desta quinta-feira, foi aplicado contra ele o artigo 57 do Estatuto do clube, que prevê a eliminação em caso de duas punições em período inferior a um ano - foi suspenso por 30 dias duas vezes, ocorridas entre 2013 e 2014. Foram 193 votos favoráveis à eliminação, 90 pela absolvição, nove em branco e seis nulos.

Capitão Léo presidiu o Conselho Fiscal na gestão de Patrícia Amorim e era um dos maiores opositores à atual administração. Em 2010, foi pivô do racha entre Patrícia e Zico, diretor executivo de futebol à época. Acusou o Galinho de que o contrato entre o CFZ (Centro de Futebol Zico) e o Flamengo, firmado no mesmo ano, seria lesivo ao Rubro-Negro. Ainda levantou suspeitas de que os filhos do ídolo teriam participado de negociações de jogadores. Por isso, foi processado pelo camisa 10 da Gávea.

Na Justiça, recuou e disse que jamais havia suspeitado da atuação dos filhos de Zico.

Uma vitória tardia do Zico. Antes tarde, que nunca! 

Com informações do GE
Espero que você tenha gostado desse texto! Segue no Instagram!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente, sempre, com educação. Se você é do Twitter, do Facebook ou de outra rede social, deixe o seu contato para que eu possa agradecer.
Ah, não esqueça nunca: UMA VEZ FLAMENGO, SEMPRE FLAMENGO!

Postagens mais visitadas

Todos os posts deste blog