Antes tarde, que nunca!




http://placar.abril.com.br/blogs/cabide-placar/files/2014/10/Logo-na-camisa-retr%C3%B4-do-Flamengo.jpg

O agora ex-conselheiro Leonardo Ribeiro, o Capitão Léo, está expulso do quadro social do Flamengo. Em reunião do Conselho Deliberativo na noite desta quinta-feira, foi aplicado contra ele o artigo 57 do Estatuto do clube, que prevê a eliminação em caso de duas punições em período inferior a um ano - foi suspenso por 30 dias duas vezes, ocorridas entre 2013 e 2014. Foram 193 votos favoráveis à eliminação, 90 pela absolvição, nove em branco e seis nulos.

Capitão Léo presidiu o Conselho Fiscal na gestão de Patrícia Amorim e era um dos maiores opositores à atual administração. Em 2010, foi pivô do racha entre Patrícia e Zico, diretor executivo de futebol à época. Acusou o Galinho de que o contrato entre o CFZ (Centro de Futebol Zico) e o Flamengo, firmado no mesmo ano, seria lesivo ao Rubro-Negro. Ainda levantou suspeitas de que os filhos do ídolo teriam participado de negociações de jogadores. Por isso, foi processado pelo camisa 10 da Gávea.

Na Justiça, recuou e disse que jamais havia suspeitado da atuação dos filhos de Zico.

Uma vitória tardia do Zico. Antes tarde, que nunca! 

Com informações do GE

Comente:



Nenhum comentário

Comente, sempre, com educação. Se você é do Twitter, do Facebook ou de outra rede social, deixe o seu contato para que eu possa agradecer.
Ah, não esqueça nunca: UMA VEZ FLAMENGO, SEMPRE FLAMENGO!

Tecnologia do Blogger.