Pós-Jogo: Tem que ser difícil, Flamengo?






Caramba, Flamengo! Foi teu aniversário ontem, último jogo do ano no Maracanã, que estava cheio de gente de fora para te assistir, jogo contra um adversário que prometia não dar muito trabalho... tudo para dar certo e você quase me complica um jogo desse? Que isso, time!

Gols do Flamengo contra o Coritiba

10 imagens de comemoração dos gols

Tivemos dois jogos num só. O primeiro jogo foi até o pênalti perdido do Chicão. A partir desse lance começou o segundo jogo.

O primeiro jogo foi bem sonolento. Com Mugni (que não jogou mal) como titular e fazendo inclusive o primeiro gol, tanto Flamengo quanto Coritiba se esforçaram pouco para chegar a área adversária. Dependemos de duas jogadas individuais para chegar aos 2 x 0 contra um time que parecia cansado e de saco cheio de estar ali. Poderíamos ter chegado ao terceiro gol  originado de uma outra jogada individual do Everton, e o Chicão tivesse tido a competência de ter convertido o pênalti Como não teve, o 2x0 continuou e o Coritiba passou a acreditar no jogo. 

A crença do Coritiba no jogo fez o segundo jogo dentro desse jogo começar. Está complicado de entender? Mas é isso aí mesmo. No segundo jogo, que o Coritiba saiu do ritmo sonolento do Alex e começou a correria pra cima do Flamengo, logo fez o primeiro gol.  Com uma bola ali e outra ali, o Coritiba fazia o torcedor relembrar o jogo contra o Sport e o apagão contra o Atlético. Mas um lançamento primoroso do Canteros, que acertou essa bola depois de tantas tentativas, colocou o Nixon na cara pra fazer o terceiro gol do Flamengo.

O 'UFA' que o terceiro gol deveria trazer ao Flamengo não demorou quase nada porque logo o Coritiba fez o segundo gol e colocou pressão no Flamengo nos últimos momentos do jogo, Menos mal que, dessa vez, o Flamengo segurou o placar e saímos com a vitória no Maracanã.

Chegamos a 47 pontos e estamos, nesse exato momento, na oitava posição. Essa posição pode ser alterada até o fim da rodada mas saímos do risco do rebaixamento, sem STJD. É bom manter uma margem para que não haja surpresas no fim do ano.

Não jogamos bem mas acho que jogos assim servem para o Luxa observar com quem pode contar em 2015, já que ele será o treinador.  A entrada de Mugni como titular, do Igor Sartori e do Anderson Pico na lateral direita  no meio do segundo tempo é justificada por essa postura.

Foram três pontos importantes, que fez a festa da galera de fora que estava no Maraca por causa do aniversário o Mengão ontem e fez o Flamengo se despedir do Maraca com vitória.

Saudações!


Comente:



Nenhum comentário

Comente, sempre, com educação. Se você é do Twitter, do Facebook ou de outra rede social, deixe o seu contato para que eu possa agradecer.
Ah, não esqueça nunca: UMA VEZ FLAMENGO, SEMPRE FLAMENGO!

Tecnologia do Blogger.