A guerra política no Flamengo e a eleição para o Code






Presidente do Flamengo, Eduardo Bandeira de Mello, concede entrevista
Uma eleição antecipada. O que era para ser só daqui a um ano, acontecerá nessa segunda-feira na Gávea. Por causa da eleição para definição dos novos 115 membros do corpo transitório do Conselho Deliberativo, situação e oposição se enfrentam nas urnas e quem decidirá o vencedor serão os sócios do Flamengo.

Essa eleição está acontecendo porque 115 conselheiros transitórios acabaram desligados por terem se ausentado em reuniões do Conselho Deliberativo por três vezes consecutivas ou cinco alternadas.

Essa disputa entre chapas (a azul é da situação e a branca é da oposição) podé  prévia das eleições que teremos no fim de 2015, para  cargo de presidente do Flamengo. Ter maioria no Conselho Deliberativo é importante para a situação poder governar com mais tranquilidade, sem precisar de acordos para aprovar 'coisas' importantes.  Os dois lados, no entanto, estão otimistas com a vitória e garantem ter em mãos pesquisas favoráveis.

Se a chapa não conseguir alcançar 20% dos votos válidos, ela não poderá indicar nenhum conselheiro para integrar os 115 do corpo transitório. A chapa vencedora terá direito a 75 conselheiros e a derrotada, aos 40 restantes. Na eleição de 2012, a Chapa Azul, vencida por Eduardo Bandeira de Mello, teve direito a indicar 120 nomes para o transitório do Deliberativo. Derrotada, a Chapa Amarela, da ex-presidente Patricia Amorim, teve direito a nomear 20 conselheiros.

No total serão cerca de 6.400 eleitores aptos ao voto na Gávea. Mas a expectativa é de que menos de 20% do total compareça ao clube de fato.

Ns semanas que antecederam essa eleição houve troca de acusações, videos de vários vice-presidentes do Flamengo e apoio de diferentes rubro-negros tanto para uma chapa quanto para a outra. 

A guerra política dentro do Flamengo é cada vez mais evidente e, qualquer que seja o resultado da eleição, é uma prévia para o que aguarda o rubro-negro para o fim do ano. Haja paciência e acusações até lá.

Com ajuda do ESPN.


Comente:



Nenhum comentário

Comente, sempre, com educação. Se você é do Twitter, do Facebook ou de outra rede social, deixe o seu contato para que eu possa agradecer.
Ah, não esqueça nunca: UMA VEZ FLAMENGO, SEMPRE FLAMENGO!

Tecnologia do Blogger.