Raça, Rebeca. RAÇA!




http://img.estadao.com.br/thumbs/550/resources/jpg/7/2/1428168094227.jpg

Talvez nunca a palavra RAÇA faça tanto sentido como para Rebeca Andrade, atleta da Ginástica Olímpica do Flamengo. Ela, que tem apenas 16 anos e que sofreu uma ruptura do ligamento cruzado anterior do joelho direito em Junho do ano passado, passou 5 meses se recuperando. E mesmo voltando aos treinos recentemente, ela vai participar da sua primeira competição depois da lesão, a etapa da Copa do Mundo de Baku, no Azerbaijão.

Ela vai ser colocada aos poucos nas competições e tentará atuar nos quatro aparelhos no evento-teste de abril, última chance de o Brasil conquistar vaga por equipes na Olimpíada. Principal esperança da ginástica feminina brasileira, o Brasil precisa da pontuação dela para tentar a classificação.

A recuperação de Rebeca não foi fácil. Desmotivada, ela ganhou peso. Porém, deixou as férias de fim de ano para depois, focou na recuperação, perdeu peso e desde janeiro treina com os outros integrantes da seleção.

A intenção da comissão técnica é deixá-la em totais condições para o evento-teste em abril, quando quatro vagas por equipes para os Jogos Olímpicos estarão em disputa. Na competição, Rebeca deverá participar dos quatro aparelhos. "Vou dar minha vida por essa vaga", prometeu a atleta.

Raça, Rebeca. RAÇA!

Com ajuda do O Mundo Olimpico.


Comente:



Nenhum comentário

Comente, sempre, com educação. Se você é do Twitter, do Facebook ou de outra rede social, deixe o seu contato para que eu possa agradecer.
Ah, não esqueça nunca: UMA VEZ FLAMENGO, SEMPRE FLAMENGO!

Tecnologia do Blogger.