FlaBasquete se classifica em primeiro na Liga das Américas

FlaBasquete se classifica em primeiro na Liga das Américas
Marquinhos, Guaros de Lara x Flamengo, Liga das Américas, basquete (Foto: Jose Jimenez-Tirado/FIBA Americas)

O Flamengo conseguiu a classificação para as finais da Liga das Américas. Com uma atuação ruim mas que teve um último quarto salvador, o Flamengo perdeu por 5 pontos e garantiu o primeiro lugar do grupo. Com isso, enfrentará o Bauru na fase final da competição.

A matemática foi importante durante todo o jogo. Se perdesse por até 7 pontos, o Flamengo garantia o primeiro lugar do grupo. Se perdesse por mais de 23 pontos estava fora. E, pasmem, no terceiro quarto chegou a estar perdendo de 25 pontos. Estava fora da competição e classificaria o Brasília.

Menos mal que Rafa Luz começou a jogar no ultimo quarto e com uma atuação redentora, o Fla diminuiu essa vantagem para 5 pontos, evitou um vexame na Liga das Américas e desclassificou o Brasilia da competição.  Apesar da derrota, o Flamengo teve o cestinha da partida: JP Batista marcou 21 pontos.

As semifinais do Final Four serão disputadas no dia 11 de março. O Flamengo pega o Bauru, segundo colocado do Grupo E, e o Guaros enfrenta o Mogi, primeiro lugar da outra chave. A disputa do terceiro lugar e a final serão no dia 12. A fase decisiva do torneio ainda terá sua sede definida.

É disso que estou falando!

Marcelo Cirino - Flamengo x Resende (Foto: Gilvan de Souza / Flamengo)


Deu gosto de ver o Flamengo em campo. Claro que pode-se pensar nisso após uma goleada mas a forma como o time se comportou me empolgou tanto quanto os gols marcados. Com uma atuação excelente de dois atacantes, o Flamengo venceu o Resende por 5x0, se classificou para a próxima fase do Carioca e fez a tarde de domingo dos mulambos mais feliz.

Com 48 segundos de jogo, o Flamengo fez o primeiro gol. Com menos de 10 minutos de jogo, o placar do jogo já estava 2x0. Com uma avenida no lado direito do ataque, o Cirino aproveitou pouco as oportunidades. Se o Emerson não fosse fominha e tivéssemos um pouco mais de capricho tanto no primeiro quanto o segundo tempo, o placar poderia ter sido ainda maior.

Cirino e Emerson com dois gols cada um foram os destaques do jogo, que contou com uma ótima atuação do Cuellar e o Mancuello saindo machucado do jogo. O outro que saiu machucado foi o Everton. Entrou no lugar do Mancuello aos 38 do primeiro tempo e não voltou para o segundo tempo. O seu substituo, o Gabriel, fez o outro gol do jogo.

Olha as atuações do time:



Com a vitória de hoje o Flamengo está classificado para a próxima fase. No próximo domingo, às 17h (de Brasília), enfrentaremos o Bangu em local ainda indefinido.

É disso que eu estou falando, time! Essa determinação de buscar o jogo, de forma objetiva e com resultado no placar.

É meu maior prazer, vê-lo brilhar!

Pé na estrada e time titular em campo!



Viaja Mengão! Depois de uma semana discutindo aonde o Flamengo vai mandar jogos em 2016, com a falta de Maracanã e Engenhão, o time pega a estrada e vai até Volta Redonda enfrentar o Resende pelo Carioca 2016. O jogo no Raulino de Oliveira que é perto do adversário, já que Volta Redonda fica perto de Resende, vai trazer o Flamengo com o time titular e a esperança é numa boa atuação.

Muricy não quer saber de poupar o time de viagem e a intenção mesmo é colocar o time para jogar e ganhar entrosamento.


A provável escalação traz um time que se desenha como titular nesse inicio de ano. A entrada de Cuellar deve dar uma maior qualidade na saída de bola, coisa que não se conseguia com o Márcio Araujo. Além disso, há a esperança que haja uma maior liberdade ara o Arão ir a frente. O meio de campo tem fieo boas atuações.

Depois de uma semana de treinamento, havia a possibilidade do Ederson ficar a disposição do Muricy mas ele não viajou para Volta Redonda. Muricy verá como será a semana de treinamento para deixa-lo disponível para o jogo contra o Bangu.

O time deles está sem vencer há 5 jogos e é um dos piores times do campeonato. Portanto, nada de dar mole, Mengão.

O jogo é em Volta Redonda, no estádio Raulino de Oliveira, às 17h.

Fla Basquete vence segundo jogo das semifinais com MUITA emoção

Fla Basquete vence segundo jogo das semifinais com MUITA emoção



Foi com MUITA emoção! Com muita emoção, o Flamengo derrotou o Correcaminos por 84x83 e garantiu a sua segunda vitória na fase semifinal da Liga das Américas 2016.

Com o final de último quarto muito bom, igual ao jogo de ontem, o Flamengo conseguiu fazer os dois pontos da vitória numa jogada que ele tinha 18 segundos para completar. O gringo Robinson, que vinha mal no jogo, fez os pontos da vitória.

Marcelinho, mais uma vez, foi o cestinha do nosso time com 21 pontos e o J. Batista com 18 pontos.

Neste domingo, o Flamengo entra em quadra para encerrar a sua participação nesta fase.

Que orgulho! Assista as melhorias do Ninho do Urubu


http://ejesa.statig.com.br/bancodeimagens/0y/tb/ln/0ytblnxx9sijoxxc4nu6vvenv.jpg

Depois de passar um tempo treinando na Gávea, o Flamengo voltará ao Ninho do Urubu, seu centro de treinamento. Reformado, inclusive com uma parte já em alvenaria, os jogadores terão um novo CT, que poderá ajudar e, muito, o desempenho em campo.

Além da estrutura física, o centro de treinamento já contará com todas as melhorias em avaliação médica e física, para que o desempenho dos jogadores seja o melhor possível.

Assista as imagens do novo CT do Flamengo.


Fla Basquete vence na estreia das semifinais

Fla Basquete vence na estreia das semifinais
Marcelinho arremessa diante da marcação de Diego (Foto: Jose Jimenez-Tirado/FIBA Americas)


O Brasilia virou freguês do Mengão no basquete. Jogando com calma e com a defesa excelente no inicio do ultimo quarto, o Mengão venceu na estreia das semifinais da Liga das Américas. O placar do jogo terminou 106 a 93.

O cestinha do Flamengo foi o Marcelinho, com 15 pontos.


O Flamengo volta jogar neste sábado, às 18h45 (de Brasília), o Correcaminos Colon, com transmissão ao vivo do SporTV 3

FlaBasquete estreia nas semifinais da Liga das Américas

FlaBasquete estreia nas semifinais da Liga das Américas
Brasília x Flamengo, NBB, JP Batista (Foto: Brito Júnior/UniCEUB)

O Fla Basquete entra em quadra pelas semifinais da Liga das Américas de Basquete. O adversário é  o Brasília, nesta sexta-feira, às 18h40 (horário de Brasília).  O Flamengo ainda jogará com os donos da casa do Guaros de Lara e o Correcaminos Colon, do Panamá. O jogos serão na Venezuela.

O técnico José Neto avaliou os três adversários deste fim de semana. A entrevista saiu no site oficial do clube. .
 
Flamengo x Brasília (BRA): 26/02 – 18h45 (horário de Brasília)
- Se na primeira fase já tínhamos uma expectativa de equilíbrio da Liga das Américas, neste quadrangular semifinal acredito que a dificuldade seja ainda maior, já que as equipes que conseguiram estar aqui chegaram depois de uma boa ‘prova’. Já na primeira partida desta fase vamos enfrentar um adversário brasileiro que cresceu bastante como equipe, o Brasília, que tem um poderia ofensivo incrível. Flamengo x Brasília é sem dúvida um clássico do basquete. Jogadores das duas equipes são bem experientes e fazem deste confronto ainda mais disputado. Sabemos disso e estamos nos preparando para poder ter o controle do jogo, minimizar este poderia ofensivo e, assim, buscar a primeira vitória na fase.
 
Flamengo x Correcaminos (PAN): 27/02 – 18h45 (horário de Brasília)
- Depois jogaremos contra a equipe de Correcaminos, do Panamá. Foi a última equipe que enfrentamos nesta competição e sabemos como temos que jogar para poder vencer. Um jogo extremamente físico e temos que estar preparados para poder superá-lo. Acredito que temos esta capacidade e, assim, poderemos fazer uma boa partida.
 
Flamengo x Guaros de Lara (VEN): 28/02 – 22h (horário de Brasília)
- Para encerrar esta fase temos o Guaros de Lara, a equipe local que investiu demais para esta competição. Tem a base da seleção venezuelana, campeã do Pré-Olímpico das Américas e já classificada para Rio-2016. Tem uma estrutura sem economias. Foi sede da primeira fase novamente porque que estar no Final Four para brigar pelo título da LDA. Além dos jogadores, tem também toda a comissão técnica da seleção nacional e alguns estrangeiros de qualidade.
 
Que os meninos do FlaBasquete superem a longa viagem que fizeram para chegar até o local dos jogos e consiga a classificação. Estamos com vocês! 
 
 
 

Eu acredito no Ederson. E você?

Eu acredito no Ederson. E você?
http://www.flamengo.com.br/site/upload/galeria/fotos/20160225181520_645.jpg


Parece que o Ederson vai ser reintegrado ao time e começará a ter vida de um jogador de grupo, não da forma individual comovinha tendo.  Como todo camisa 10 que se preze, ele carrega a esperança da torcida por boas atuações.

A vida dele não tem sido fácil no Flamengo. Depois de chegar ao Flamengo com a sombra de lesões passadas e ter  duas lesões por pancada em jogos diferentes contra o Vasco (a segunda pancada eu estava no Maracanã e não sei como ele conseguiu levantar para continuar no jogo), o departamento médico do Flamengo teve trabalho com ele.

Ederson vem fazendo trabalho de fortalecimento e reequilíbrio muscular para evitar novos problemas. E vou falar para vocês, como fisioterapeuta: desequilíbrio muscular é uma das piores coisas que podem acontecer para o atleta de alto nível. Recuperar isso demanda tempo, coisa que eles não tem. E se não é feito de uma forma correta, a tendência é piorar e as lesões acontecerem cada vez com mais frequência. Nem sei se isso tem a ver com as lesões repetidas do Ederson e com a demora do tempo de recuperação das duas lesões que ele teve (uma muscular e outra lesão no joelho) mas a demora para se recuperar esse desequilíbrio muscular, uma vez identificado é NECESSÁRIO! E hoje em dia, com a enorme evolução em termos de fisiologia desportiva, se tem uma coisa que o Flamengo pode identificar é um desequilíbrio muscular.

Ederson participou de um jogo-treino contra os juniores, na qual acertou uma bola no travessão em cobrança de falta, também bateu escanteio e encarou as divididas sem receio. Ele mostrou estar bem próximo de ficar à disposição de Muricy Ramalho, que é mais opção para melhorar o desempenho do time.

Ederson etá sendo, minuciosamente, preparado e acredito que nos dará muitas alegrias.

Saudações!



O Maraca é meu, é seu, é nosso! #oMeuMaraca

O Maraca é meu, é seu, é nosso! #oMeuMaraca


http://s.glbimg.com/es/ge/f/original/2015/02/04/maracana_flamengo_barramansa_andredurao.jpg

É difícil ter um rubro-negro que não tenha uma história para contar no Maracanã. Mesmo os que não tiveram a honra de conhecer e de estar no maior palco do Flamengo, conta a história de um jogo, de um título, de uma despedida como se lá estivesse. #oMeuMaraca é personagem de várias alegrias que eu tenho como integrante da Nação.

Sim, #oMeuMaraca é palco do Flamengo, aonde ele e a Nação dão show. Show que fica na minha, na sua, na nossa memória. Show que se perpetua em histórias contadas, vividas e sentidas. Não é a toa que associa-se o #oMeuMaraca ao Flamengo.

Todo o imbróglio que está envolvendo o Governo do Rio de Janeiro e o Consórcio que administra o estádio é de dar vergonha. Vergonha porque usam um evento que terá em Agosto, no Rio, para evitar que se haja um prejuízo financeiro.  Vergonha porque há um descumprimento do contrato do com Flamengo e Fluminense. Vergonha porque o Maracanã virou espaço pra baile de carnaval, para show de rock mas o futebol foi deixado de fora. Vergonha porque o combinado era haver jogos até o dia 30 de abri mas o clássico carioca FlaxFlu foi jogado em Brasília.

Mas essa crise já se anunciava. Em Janeiro, o Consórcio Maracanã, que administra o estádio Mário Filho, demitiu 75% de seus funcionários. Na época, a concessionária falou que procurou o governo do estado do Rio de Janeiro pedindo mudanças no contrato para diminuir o prejuízo que a empresa alega ter tido nos últimos anos na administração do estádio.  


Há a possibilidade de uma nova licitação para administração do Maracanã. Há a possibilidade dos clubes assumirem o estádio. Há a possibilidade do Governo voltar a gerir o complexo. Há a possibilidade...

São tantas possibilidades que  a vergonha é cada vez maior. O governo do Estado do Rio acena com a possibilidade de aproveitar o período no qual o Maracanã estará sob a administração do Comitê Rio 2016 para os Jogos Olímpicos - de 1º de março até outubro - para definir a situação do estádio. 

Enquanto isso, Flamengo e Fluminense vão ter que procurar estádios Brasil afora para jogar no Carioca e no Brasileiro.

A grande verdade é que #oMeuMaraca vai continuar nas histórias que me deram alegrias,  derrubaram lágrimas e que me fariam ter um desgosto profundo se faltasse um Flamengo no mundo. Não importa consórcio que não consegue cumprir com contratos, governo omisso e clubes que não se posicionam em relação ao contrato que tem.

Nunca um grito de torcida fez tanto sentindo: aha uhu, o Maraca é nosso.

Mancuello x argentinos no Flamengo: façam suas apostas!

Mancuello x argentinos no Flamengo: façam suas apostas!


Se o jogo de ontem foi mesmo para avaliar jogadores que podem  servir ao longo do ano, o argentino Mancuello deixou uma bela impressão. Não que já não tivesse deixado em outros jogos mas o que ele correu ontem, o tempo todo, foi para encher o meu coração de esperança.

Às vezes, eu me pergunto de onde vem essa coisa de que jogador argentino é raçudo. No universo Flamengo, tirando raras exceções, é uma mentira deslavada. Ou será que temos o dedo podre para escolher argentinos sem sangue? Nem queria me lembrar do Mugni. Vai de retro!

O Mancuello, argentino que correu demais no jogo contra a Cabofriense, vai ganhando espaço no Flamengo de 2016. Torço para que comece a acertar as cobranças de faltas, que não desista da bola, que dê mais assistências e que sirva de espelho para os companheiros correrem mais do que ele.

Espero não estar enchendo a bola do argentino mas ontem ele foi o destaque do jogo. Correu, se apresentou e não fez gol por um detalhe. Como disse acima, tem a minha torcida para elevar o nível do time do Flamengo.

Será que a maldição de argentinos no Flamengo acabará com essas boas atuações do Mancuello? Ou o Mancuello vai, finalmente, acabar com essa maldição?

Façam suas apostas!

Valeu pelos três pontos e para observar jogadores

http://www.flamengo.com.br/site/upload/galeria/fotos/20160224210944_336.jpg

Valeu para avaliar os jogadores que não vinham atuando muito. Valeu para avaliar jogadores que podem ser úteis no resto do ano. Valeu pelo gol do garoto da base, dando show de oportunismo na única bola cruzada na área que um jogador do Flamengo teve competência de acertar. A vitória magra de um time que levou o jogo a sério fez o Flamengo somar mais três pontos na tabela e isso, nesse Carioca,  é o que importa.

O Flamengo começou bem o jogo. Tão bem que marcou o gol, que acabou sendo o da vitória, logo no inicio do jogo. Numa bola que o Mancuello se esforçou na linha de fundo, ele tocou para o Pará que cruzou na cabeça do Felipe Vizeu. O garoto, que tem mesmo faro de gol, marcou de cabeça que lembrou o artilheiro Gaúcho, lá dos anos 90.

Depois dos primeiros vinte minutos do primeiro tempo, o Flamengo relaxou. Embora tenha levado o jogo a sério o tempo todo, esse relaxamento, depois de um inicio de jogo muito forte, deu espaço para o Cabofriense se soltar. Nossa sorte é que eles sequer tiveram competência para assustar o Paulo Victor.

No segundo tempo, muito pela correria do Mancuello, que foi incansável e o melhor em campo, o Flamengo manteve um ritmo que poderia ter ampliado o placar. Mas o último passe, aquele que é para colocar o jogador pronto para decidir, insistiu em não sair. Sorte do Cabofriense, azar o nosso.

Olha aí as atuações dos nossos jogadores:



O jogo foi um bom teste para o Muricy. O Vizeu aproveitou a chance que teve, Everton se movimentou bastante, o Chiquinho mostrou que o Jorge vai ter que ter mais disposição que anda tendo e a braçadeira de capitão no Juan caiu muito bem. Como falei no pré-jogo, era um jogo para observar jogadores, não o time de uma forma geral.

O próximo desafio do Flamengo é contra o Resende, pelo Carioca, no final de semana.

É meu maior prazer, vê-lo brilhar.

Saudações!

Gol do Flamengo contra a Cabofriense - Carioca 2016


Tempo Real (Reprodução/Twitter)

O Mengão ganhou o Cabofriense com um único gol do garoto da base. Num jogo que o Flamengo não foi ameaçado do empate, ficou a sensação que esse único gol foi pouco.

Olha aí o gol do jogo, do Felipe Vizeu:

É jogo para se observar o individual




Quando eu olhei para a provável escalação do Flamengo (que está aí embaixo) quase tomei um susto. Quase que desfigurado, seja por motivo de suspensão ou de poupar jogador, o Flamengo que vai a campo hoje nao entrará em campo novamente. Provavelmente nunca mais na vida. Portanto, é bom ter cautela e observar os jogadores individualmente, não o coletivo.

Confesso que espero muito que o Vizeu consiga despontar como um Hernane com mais técnica, aquele atacante que chuta no primeiro ou no máximo no segundo toque. É mais uma chance para o Gabriel, Canteros e Everton mostrarem que podem ser úteis ao longo do ano. Isso sem falar no Pará e no Chiquinho. César Martins terá uma chance de ouro para começar a desbancar o capitão trapalhão Wallace. Enfim, é um jogo para observar o individual, não o coletivo.

O Flamengo poderá entrar em campo com:



Esse time não é nem parecido com o que o Muricy vem colocando em campo, mas as circunstâncias forçaram essa escalação (ou perto disso).

Do outro lado, teremos o Cabofriense. O jogo será às 19h30, em Macaé. É um adversário que fez 4 pontos em 5 jogos. Não vai azedar minha noite de quarta-feira, hein, Flamengo!

Vai pra cima deles, mengooooooo!

Saudações!

Ave, César Martins!

Ave, César Martins!

Embora eu não goste muito de fazer post elogiando/criticando jogador por uma partida porque, geralmente, nos jogos seguintes minha opinião acaba mudando, não dá para deixar a atuação do César Martins no clássico contra o Fluminense sem destaque.

César entrou no lugar do zagueiro Juan, poupado para o clássico. E foi muito bem. Tão bem que pode ser escolhido o melhor em campo. A chance mais real que o Fred teve de fazer o gol, ele anulou e ainda saiu com jogando com a bola. Foi bem no jogo aéreo. Foi focado e esteve atento em todo o jogo. Saiu bem com as bolas da zaga. Não falhou. E ainda 'segurou' o ataque do Fluminense quando o irresponsável do Wallace foi expulso. Final do jogo, bola cruzada na área, adivinha quem tirou a bola?


Com a expulsão do Wallace, ele não joga na próxima partida do Carioca, contra o Cabofriense. É uma chance que o César tem para mostrar se a atuação contra o Fluminense foi apenas uma boa atuação ou se é o inicio de boas atuações com o Manto Sagrado.

Ótima atuação do zagueiro. Ave, Cesar!

Golaço do Sócio-Torcedor!

Golaço do Sócio-Torcedor!

Quem não quer ter a experiência de visitar os vestiários e curtir todo o ambiente antes de um jogo do Flamengo? Os sócios torcedores do Flamengo que estiverem dispostos a trocarem os seus pontos por isso, estão tendo essa experiência.

Proporcionar esse tipo de experiência para o torcedor é uma bola dentro do programa sócio-torcedor do Flamengo. Observando as fotos na página oficial do Flamengo das pessoas que passaram por essa experiência no jogo contra o Fluminense, em Brasília, é fácil perceber isso.

Uma das formas de obtenção da fidelidade num programa desse é proporcionar aos sócio-torcedores experiências que um torcedor comum não teria. É o atrativo, é o diferencial.  Faz o torcedor sorrir e os olhos brilharem. É esse tipo de sensação que faz o torcedor se manter perto do Flamengo e, claro, consumindo Flamengo.

Parabéns aos envolvidos!

Tem que ser sempre sofrido?

Tem que ser sempre sofrido?

A frase do Diego Souza no fim do primeiro tempo, depois do Flamengo ter passeado em campo e só ter feito um gol bem que poderia ser usada por mim no final do jogo. Nunca um "Graças a Deus, acabou!" fez tanto sentido após um jogo do Flamengo. Um jogo que o Flamengo sempre teve na mão e que se saísse sem os três pontos era para enlouquecer qualquer mulambo. A pressão sofrida no fim do jogo, desnecessária, é para colocar na conta da expulsão juvenil do capitão Wallace, que chutou uma bola para longe depois de uma marcação de falta.  Mas isso aqui é Flamengo e parece que tem que ser sempre no sofrimento.

O placar, 2x1, ficou barato para o Fluminense, por causa da atuação do Flamengo no jogo. Com uma boa atuação de Willian Arão e Mancuello se movimentando no meio de campo, o Fluminense não conseguia fazer a marcação com eficiência. O Diego Souza tinha razão com o alívio ao fim do primeiro tempo. Era para sair de campo com o Fluminense goleado. O gol do Willian Arão, depois de uma cobrança de escanteio deu vantagem ao Flamengo.

Com o gol do Guerrero logo no inicio do segundo tempo e com o time bem em campo, parecia que era questão de tempo para que o placar fosse ampliado. O Flamengo estava mais perto do terceiro gol do que o Fluminense do primeiro. Foi quando aconteceu a cagada da partida: o Pierre, do Fluminense, empurrou o Cuellar, iniciou-se uma confusão e o árbitro expulsou o Cuellar e um jogador do Fluminense que sofreu apenas a falta original. Ruim demais.

A atuação do time até a expulsão do Cuellar, com toques de bola rápidos e chegando bem ao gol do Fluminense, foi boa. Aliás, essa demonstrou duas coisas: como é ruim a arbitragem brasileira e que temos alguém com sangue no time. Uma expulsão nunca deve ser comemorada mas "o partir para cima do Cuellar" e a cena depois dele assistindo o jogo sem ter ido para o vestiário me fez sorrir.

Com uma grande atuação, César Martins anulou o Fred, que nas chances que teve não conseguiu finalizar direito para o gol. Wallace foi o vacilão do jogo e quase complicou as coisas para o Flamengo. Sorte nossa que o Fluminense nao tinha mais pernas e ontem não teve competência para partir para cima do Flamengo nos minutos finais. O time terminou com 9 em campo e um capitão não pode ser expulso como o Wallace foi contra o Fluminense.

Não dá para terminar esse post sem destacar a boa atuação do César Martins na zaga e forma como o Paulo Victor armou a barreira, na falta que originou o gol do Fluminense. O César Martins realmente venceu o "duelo" com o Fred. Jogu bem, sério, focado. Já o Paulo Victor, teve uma boa atuação. Fez boas defesas em chutes dos jogadores do Fluminense mas, ao meu ver, errou DEMAIS na armação daquela barreira e no posicionamento embaixo do gol. Tanto que a bola nem foi muito no canto e a curva que fez passou facilmente pela barreira armada.

O próximo adversário do Flamengo é a Cabofriense, pelo Carioca, na quarta-feira.

Vai pra cima deles, mengoooooo!

Fluminense e Flamengo em imagens

Fluminense e Flamengo em imagens


O Flamengo venceu o clássico em Brasília. Com uma boa atuação, o time fez 2x1 no Fluminense e garantiu mais três pontos na tabela.

Olha aí as fotos do jogo pelas lentes do fotografo oficial do Flamengo, o Gilvan de Souza

























O grande problema de se poupar o Juan

O grande problema de se poupar o Juan
http://s2.glbimg.com/rbnkSygx6PTF6O6HfAomx4R-_iA=/825x357:2562x1552/690x475/s.glbimg.com/es/ge/f/original/2016/02/19/juan.jpg

Quando saiu a noticia que o Juan não entraria em campo no FlaxFlu em jogo valido pelo Carioca 2016, muita gente reclamou, principalmente no Twitter. E desconfio que não é propriamente pela ausência do Juan mas pelo jogador que entrará em campo, o César Martins.

Cesar Martins chegou ao Flamengo no ano passado, capengou na fase ruim do Flamengo no Brasileiro e ganhou uma fama ruim com má fase da defesa,  não despertando a confiança da torcida> Provavelmente, ele não terá o seu contrato renovado no meio do ano, quando acaba seu empréstimo com o Flamengo.

Porém, o que esse episódio escancara é como o elenco do Flamengo precisa de zagueiro que possam jogar para ontem. O Juan, que anda tendo boas atuações, será poupado em muitos jogos ao longo do ano, principalmente por causa da idade. Quando foi contratado, o Flamengo sabia disso. O Juan não enganou ninguém. É necessário que ele tenha uma 'sombra', um zagueiro para ser titular do Flamengo. E olha que nem estou discutindo a titularidade do Wallace.

A discussão do Cesar Martins (ou de qualquer outro) no lugar do Juan só mostra que precisamos de um ou dois zagueiros que não venham para compor elenco tipo Antonio Carlos. Precisamos de zagueiros que faça subir o patamar do elenco do Flamengo. Isso, claro, se quisermos aumentar o desempenho do time.

Saudações!

Clássico é clássico!



O clássico dos rebelados do campeonato carioca ocorrerá longe do Rio de Janeiro. Coincidência ou não, o jogo entre os dois times que se rebelaram contra a federação carioca será em Brasília e tem tudo para ser um sucesso de público, coisa que não temos no Carioca atual. Com uma derrota e um empate, o Flamengo precisa da vitória para somar pontos na tabela.

O Mengão entrará em campo sem Juan, poupado. Para o lugar dele, vem César Martins. O resto do time é o mesmo e acho que, pelo discurso do inicio do ano do Muricy, ele anda poupando jogador de menos. 


Embora o time esteja se formando e há de se ter paciência para que isso aconteça, a falta de vontade do Flamengo em campo é uma coisa que me irrita. Torço para que o Muricy (ou qualquer outro), consiga colocar na cabeça desses jogadores que clássico não é um jogo qualquer. E, coo não é um jogo qualquer, eles TEM QUE correr mais do que correria, tem que se doar mais do que o normalmente.

Eu sei que o texto parece repetitivo, que parece que não saímos de 2015 e que é 'samba de uma nota só'. Mas enquanto eu achar que os jogadores que estão no Flamengo hoje não entendem o que os torcedores já viveram, eu vou reclamar, escrever, cornetar, espernear.

O time de lá vem de uma grande vitória em cima do Cruzeiro pela Copa Sul Minas Rio. Também vencemos pela mesma competição e espero que o time entre em campo querendo desfazer a péssima impressão que deixou no jogo contra o Vasco.

Vai pra cima deles, Mengooooo!

Ataque funciona e FlaBasquete atropela Vitória pelo NBB 8

Ataque funciona e FlaBasquete atropela Vitória pelo NBB 8
Marcelinho, com 18 pontos, e Olivinha, com um duplo-duplo de 16 pontos e 11 rebotes, foram os maiores pontuadores do Flamengo (Foto: Bruno Lorenzo/LNB)

Nada melhor do que uma boa vitória depois de uma derrota que doeu, como foi com o Basquete Cearense, por um ponto. Com o ataque afiado e apoio da torcida, o Fla Basquete venceu mais uma no NBB 8. A vítima desta vez foi a equipe do Vitória, com o placar 101 a 53 (48 a 22).

Os três dígitos no placar demonstram como o ataque do time foi bem. Alguns jogadores marcaram mais de dois dígitos de pontos. Marcelinho foi o cestinha do jogo com 18 pontos, cinco assistências e três rebotes. Além do capitão do Flamengo, ouros quatro jogadores contribuíram com 10 ou mais pontos. Olivinha anotou um duplo-duplo de 16 pontos e 11 rebotes, o americano Jason Robinson, 14, Marquinhos, 13, e Rafael Mineiro, 11. O dominicano Ronald Ramon e o pivô Rafael Mineiro marcaram nove pontos cada. 

Agora, o Fla Basquete viaja para Barquisimeto, na Venezuela, sede de uma das semifinais da Liga das Américas, onde os campeões de 2014 enfrentarão Brasília, no Correcaminos, do Panamá, e no Guaros de Lara, do país anfitrião, de 26 a 28 de fevereiro.

Pelo NBB 8, o Flamengo só volta a jogar no dia 4 de março, em São Paulo, contra o Pinheiros.

Menos uma dívida do passado indo embora!

Menos uma dívida do passado indo embora!
http://zh.rbsdirect.com.br/imagesrc/13314315.jpg?w=640

Menos um! Acho que esse deve ser o sentimento do torcedor do Flamengo em relação ao acordo que o clube fez com o Ronaldinho Gaúcho. O processo estava na faixa dos R$ 55 milhões segundo alguns veículos de comunicação. Como o acordo foi feito por R$ 17 milhões e será usado o ato trabalhista, não haverá 'prejuízo' no planejamento financeiro do clube.

Essa dívida é mais uma daquelas do passado que não permite que o Flamengo seja maior do que é. Mais uma que os que passaram pelo Flamengo deixaram no clube. Contratado a peso de ouro, a saída do Ronaldinho foi feita de uma forma tão amadora que é impossível não ter raiva por causa dessa dívida. Independente da postura do ex-jogador do clube e há muito o que se discutir, a dívida existia e pelo menos R$ 30 milhões foram economizados de dívida total.


Para relembrar o caso, o Ronaldinho entrou na Justiça por falta de pagamento. O Flamengo era presidido por Patrícia Amorim. A Traffic, empresa de J. Hawilla, também tinha parte nos vencimentos do jogador. Ela deveria pagar uma fatia dos seus rendimentos, mas não pagou. O Flamengo achou por bem assumir a dívida para manter o jogador no elenco. Ronaldinho fez 74 jogos com a camisa do Flamengo. Seus vencimentos mensais eram de R$ 1,2 milhão. Ele marcou 28 gols e foi importante para a campanha do time no Brasileiro de 2011 e para a Campeoanto Carioca. Ronaldinho fez 21 gols naquela temporada.

O trabalho da turma do Bandeira tem sido árduo para limpar essas sujeiras do passado. Colocar a casa em ordem não tem sido fácil. Mais um belo trabalho do Jurídico do clube, que tem a intenção de ZERAR as ações trabalhista no ano de 2016.


Raça, Rebeca. RAÇA!

Raça, Rebeca. RAÇA!
http://img.estadao.com.br/thumbs/550/resources/jpg/7/2/1428168094227.jpg

Talvez nunca a palavra RAÇA faça tanto sentido como para Rebeca Andrade, atleta da Ginástica Olímpica do Flamengo. Ela, que tem apenas 16 anos e que sofreu uma ruptura do ligamento cruzado anterior do joelho direito em Junho do ano passado, passou 5 meses se recuperando. E mesmo voltando aos treinos recentemente, ela vai participar da sua primeira competição depois da lesão, a etapa da Copa do Mundo de Baku, no Azerbaijão.

Ela vai ser colocada aos poucos nas competições e tentará atuar nos quatro aparelhos no evento-teste de abril, última chance de o Brasil conquistar vaga por equipes na Olimpíada. Principal esperança da ginástica feminina brasileira, o Brasil precisa da pontuação dela para tentar a classificação.

A recuperação de Rebeca não foi fácil. Desmotivada, ela ganhou peso. Porém, deixou as férias de fim de ano para depois, focou na recuperação, perdeu peso e desde janeiro treina com os outros integrantes da seleção.

A intenção da comissão técnica é deixá-la em totais condições para o evento-teste em abril, quando quatro vagas por equipes para os Jogos Olímpicos estarão em disputa. Na competição, Rebeca deverá participar dos quatro aparelhos. "Vou dar minha vida por essa vaga", prometeu a atleta.

Raça, Rebeca. RAÇA!

Com ajuda do O Mundo Olimpico.

Flamengo ganha uma fonte de receita

Flamengo ganha uma fonte de receita

Há algumas notícias que saem do Flamengo que tenho até orgulho de escrever sobre elas. A última notícia desse tipo foi o patrocínio que fecharam com o PES 2016. Segundo o site oficial do clube, o selo do PES 2016 estará no video usado pela comunicação do Mais Querido para divulgar a escalação do Flamengo nos jogos em 2016, além de outros posts ilustrados durante as partidas.

Não deve ser o valor do patrocínio master mas é uma NOVA forma de se obter receita para o clube e usar os canais em mídias sociais que o clube tem para isso é importante.

Parabéns aos Departamentos de Marketing e a Comunicação do clube por essa novidade.

Fla Basquete perde por 1 ponto para o Basquete Cearense

Fla Basquete perde por 1 ponto para o Basquete Cearense

Flamengo Basquete Cearense NBB (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)

O Flamengo, jogando em casa, não conseguiu a vitória sobre o Basquete Cearense, pelo NBB. Com uma cesta do Duda a poucos segundos do fim, eles ganharam pela diferença de 1 ponto. O placar do jogo foi 67 a 66. Pelo baixo placar, dá para perceber que o nosso ataque não funcionou bem no jogo.

O ex jogador do Flamengo, o Duda, foi o grande destaque da partida com 23 pontos. Pelo Flamengo, Robinson fez 14 pontos.

Atual vice-líder do NBB, atrás apenas do Bauru, o Flamengo volta a jogar no sábado, às 17h30, contra o Vitória, novamente no Tijuca.

Gol do Everton contra o America MIneiro, pela Copa Sul Minas Rio

http://imguol.com/c/esporte/9b/2016/02/17/jogadores-do-flamengo-comemoram-gol-de-everton-contra-o-america-mg-na-primeira-liga-1455760138289_615x300.jpg

O Flamengo venceu o América Mineiro pela segunda rodada da Copa Sul Minas Rio, organizada pela Primeira Liga. Com a vitória, o Flamengo assumiu a liderança e está próximo da classificação para as semifinais.

Olha o gol do jogo, na cobrança de penalti do Everton:



Sai pra lá, 2015!


http://www.lance.com.br/files/article_main//uploads/2016/02/18/56c5272949650.jpeg

Quantas vezes forem necessárias, mandarei 2015 para longe da vida do Flamengo. Principalmente depois de atuações horrorosas como a de ontem. Nem na pelada dos coroas do meu bairro teria um jogo tão ruim. Até porque na pelada do bairro tem sempre aquele cara que joga melhor que os outros. E o nosso cara só entrou no final do jogo.

Além de entrar sem vontade, o Flamengo entrou em campo bagunçado de um jeito que deu até raiva. Para um time como o de ontem, não há inicio de trabalho, inicio de ano, torneio preparatório. A bagunça de um time que jogadores não tem posição, nem função e a falta de vontade imperando me fazendo lembrar 2015, tirou meu humor vendo o jogo. Menos mal que saímos com a vitória, os três pontos foram para a tabela e estamos na liderança do grupo na Copa Sul Minas Rio.

As notas das atuações do jogo contra o América MG


A preguiça do Jorge anda me irritando, a incompetência do Gabriel e do Márcio Araújo e toque se bola para trás andam me irritando. Porém, a entrada do Cirino e do Willian Arão deu uma movimentada maior nas jogadas de ataque do Flamengo. Com eles se movimentando, o volume aumentou mas não foi o suficiente para amplicar o placar, que foi feito com um gol de penalti marcado pelo Everton.

Nosso próximo adversário é o Fluminense pelo campeonato carioca. O jogo será em Brasília, no domingo.

Saudações! 

Parabéns, Didico!

http://www.blogsoestado.com/marciohenrique/files/2016/01/adriano-imp.jpg

Hoje é aniversário do Adriano, o Imperador. Artilheiro do último título brasileiro do Flamengo, em 2009, a impressão que eu tenho é que ele estará, para sempre, nos corações dos rubro-negros.

Para comemorar, bora relembrar os 19 gols que ele fez no campeonato que o Mengão foi campeão?

Todos os gols do Adriano pelo Flamengo no Brasileirão 2009 - 19 gols -

3 vitórias do Flamengo sobre o América MG


http://2.bp.blogspot.com/-9mHPatyqEWU/Tn25PP4ZhtI/AAAAAAAAb20/iydswpbhZ2Y/s1600/fla+x+america-mg.jpg


O Flamengo enfrentará o América Mineiro logo mais pela Copa Sul Minas Rio. ara entrar no clima bom e trazer a enrgia da vitória, separei três vitórias recentes contra eles.

Bora assistir?





Festa capixaba e estreia de gringo




O Flamengo vai até o Espírito Santo para jogar a segunda partida da Copa Sul Minas Rio, organizada pela Primeira Liga. Desta vez, o adversário é o América Mineiro e trará a estreia do colombiano Cuellar na cabeça de área. Sabe o que isso significa? Que caso Willian Arão jogue, estaremos livre, por enquanto, do Márcio Araujo no meio de campo do Flamengo.

Não sou o tipo de torcedora que acha tudo o que o Márcio Araujo faz ruim. Ele tem a sua importância como motorzinho marcador que todo o time precisa ter. Só que ele tem dois grandes problemas: não dá continuidade nas jogadas que rouba as bolas e esta (quase) sempre correndo atrás da bola E isso da a impressão que ele é incansável. Saudades de cabeças de áreas que sabiam se posicionar e corriam pouco em campo.

Pela provável escalação, o Muricy começa a poupar alguns jogadores do time titular do Flamengo. Embora a pressão seja enorme para que isso não aconteça, jogar quarta e domingo em inicio de temporada pode 'cansar' musculatura para o resto do ano e provocar lesões.



Nesse time, a única mudança que deve ter é se o Willian Arão, com problemas particulares, não conseguir viajar para o Espirito Santo. Aí, Márcio Araujo entraria no lugar dele. Espero que a entrada do Cuellar dê mais qualidade a saída de bola do Flamengo, principalmente se o Arão não jogar. Everton e Gabriel devem dar uma correria maior do que Cirino e Emerson na transição. resta saber se teremos oportunidades para que isso aconteça.

Hoje é dia de festa para a mulambada capixaba e espero que eles tenham uma grande atuação do Mengão.

Vai pra cima deles, Mengoooooo!

Se eu gritar PEGA O VACILÃO, não fica um 'mermão'!



Não costumo desejar coisas ruins para os outros. Mas eu gostaria que os jogadores do Flamengo sentissem o meu emputecimento depois de uma derrota como a que foi hoje, contra o Vasco. O emputecimento de uma torcedora que viu o seu time o jogo todo pelo empate e no final levar o gol da derrota num lance imbecil. O emputecimento de uma torcedora que não entende porque o técnico não substitui jogador num calor de sei lá quantos graus. O emputecimento de uma torcedora que não quer que o time repita a mesma falta de tesão do ano passado. E mesmo que eles sintam o que eu senti o meu emputecimento, que é MEU, tenho a certeza que o padrão não mudará. Não com essa turma blasé que se acostumou a pedir impedimento em bola na área, se jogar em lances para simular faltas e a não compreender a importância de se lutar para ganhar jogos como o que foi hoje.

Tenho quase certeza que gritaram PEGA O VACILÃO no lance do gol do Vasco. O Jorge, que deve ter feito a sua pior partida como profissional do Flamengo não teve o Juan para cobri-lo, como foi o jogo inteiro. Fato esse que fez do zagueiro o melhor jogador em campo, diga-se de passagem. Juan cortou tanta bola na defesa do Flamengo que se tivesse essa estatística, certamente estaria nos dois dígitos.

Falando em melhor em campo, olha aí as notas das atuações do time:



Com o calor que estava no Rio de Janeiro, Muricy, que morreu com duas substituições, também foi um vacilão. Simplesmente não tentou mudar o panorama do jogo. Poderia citar o Jorge e Willian Arão com atuações muito ruins, a bola não chegando no Guerrero e o Emerson foi mal no jogo, inclusive deixando de marcar jogador (e nem acho que isso deveria ser função dele) antes dos 15 minutos do segundo tempo. Não dá para usar o fator inicio de temporada para justificar o entrosamento do time e descartar na hora de não fazer substituição e preservar parte física do time.

Espero que os vacilões de hoje, não sejam os vacilões de amanhã e que eu não tenha que usar mais esse termo para qualificar time do Flamengo.

Sabe a ladainha de calor, pressão no estádio, arbitragem, Ferj, Eurico? Não há desculpa para vacilões. Para vacilão, não tem blablabla.

Saudações!