Pós-Jogo: Nosso freguês voltou!







Arereeee, o chopp do Eurico eu vou beber, eee! Estava com saudades do meu freguês, daquele que não me decepciona nunca ou, pra quem quer ser politicamente correto, do Vaskin. Adiciona aí aos 720 minutos mais 90 minutos que eles não nos vencem. Tempo demais né não?

O Flamengo entrou em campo como favorito. Além de manter a base do time de 2014, o Vasco não estava jogando com 6 reforços que chegaram agora no inicio do ano. A vitória era quase que obrigação para o Flamengo nesse jogo amistoso. Alias, de amistoso esse jogo não teve nada.

Antes do jogo começar, uma coisa que deveria se repetir em todos os estádios: o hino de cada clube foi tocado, com eles perfilados. Para que tocar hino do Brasil?  Falando o jogo, ele foi disputado com cartões amarelos demais para um amistoso, principalmente no primeiro tempo. A correria que o Flamengo aplicou, com marcação na saída de bola, não foi convertida em gol, apesar de apontar que esse pode ser um caminho tático para o resto do ano. O problema desse esquema é que os jogadores cansam bem e o time do Flamengo comprovou isso. No final do jogo, parecia que o time estava exausto.

O gol do Flamengo saiu dessa tática, de apertar a saída de bola. Num vacilo do Sandro Silva, o Everton disputou a bola com ele, ganhou a disputa, saiu na cara do gol e fez o gol da vitória, levando os torcedores que prestigiaram o Mengão na Arena da Amazônia a loucura. A nota triste desse fato foram os torcedores do Vasco xingando o zagueiro do Vasco, incusive usando a palavra 'macaco'.

Flamengo venceu o primeiro jogo do torneio e agora enfrenta o São Paulo. Será que iremos vencer o primeiro título do ano? :D

É meu maior prazer, vê-lo brilhar!

Comente:



Nenhum comentário

Comente, sempre, com educação. Se você é do Twitter, do Facebook ou de outra rede social, deixe o seu contato para que eu possa agradecer.
Ah, não esqueça nunca: UMA VEZ FLAMENGO, SEMPRE FLAMENGO!

Tecnologia do Blogger.