Luxemburgo responde a acusação do técnico do Macaé






https://esporteinterativobr.files.wordpress.com/2014/11/luxa.jpg

Antes da partida, o goleiro Ricardo Berna, ex-Fluminense e atual titular do atual campeão da Série C do Brasileiro, acusou integrantes de uma torcida organizada rubro-negra de agressão. O técnico do Macáe, numa entrevista ao Sportv, endossou a acusação do goleiro, além de citar o nome do técnico do Flamengo, Vanderlei Luxemburgo.

Josué Teixeira culpa Luxemburgo por confusão em Macaé


No fim do jogo, Luxa respondeu na entrevista coletiva:

- Não tem nada a ver. Nós treinamos onde? Na praia. Tínhamos campo? Não. Foi culpa de quem? Que culpa que eu tenho? Tinha segurança no estádio? Não. E quem mandava no jogo? O culpado sou eu? Depois do que aconteceu na Federação, com as ofensas ao presidente, podemos abrir um pouco para falar alguma coisa. Se fossemos convidados para participar de confecção de campeonato, podíamos dar a ideia de não viajarmos mais para um campo onde seja proibido o reconhecimento do gramado. Era algo que devia estar no regulamento e não está. Não tem que ser algo ditador. Acho que posso falar e não ser punido, não. Senão, o presidente da federação também deve ser punido. Ele agrediu o presidente do Flamengo e o tribunal vai chamar para perguntar qual vai ser a multa e a suspensão? Estamos em 2015, temos que criar uma situação de conforto para prática do futebol. Temos um campeonato com investimento e começamos com uma discussão que não é o futebol. O Macaé empatou com a gente porque tem qualidade. A cidade sempre recebeu bem o Flamengo. Não tem nada a ver com a cidade. Se houve invasão, que fique bem claro: eu não tive nada a ver com isso. Nunca falei para torcida invadir e pegar de porrada. Quero que fique o resultado em campo pelo que os times produziram.

A partida teve a presença de 14.550 torcedores (12.550 pagantes), com renda de R$ 262.000. Na próxima rodada, quarta-feira, o Fla recebe o Barra Mansa, às 22h (de Brasília) no Maracanã. O Macaé, mais cedo, às 19h30, desafia o Friburguense no Eduardo Guinle.

Comente:



Nenhum comentário

Comente, sempre, com educação. Se você é do Twitter, do Facebook ou de outra rede social, deixe o seu contato para que eu possa agradecer.
Ah, não esqueça nunca: UMA VEZ FLAMENGO, SEMPRE FLAMENGO!

Tecnologia do Blogger.