Leia a entrevista do Luxemburgo após amistoso contra o Shakhtar Donetsk





http://flamengo.com.br/site/upload/galeria/fotos/20150118185449_494.jpg


No primeiro jogo de 2015, o Flamengo entrou em campo neste domingo diante do Shakhtar Donetsk, da Ucrânia, em participação pela Granada Cup no Estádio Mané Garrincha, em Brasília. Mas o técnico Vanderlei Luxemburgo não gostou do que viu: a equipe ucraniana dominando praticamente os 90 minutos. Se não fosse a interferência decisiva dos goleiros Paulo Victor e Cesar, o 0 a 0 no placar sairia para dar lugar a uma derrota brasileira.

Leia a entrevista de Vanderlei Luxemburgo após amistoso contra o Shakhtar Donetsk (UCR).

Shakhtar é exemplo

- Estamos falando que jogadores que jogam há muito tempo junto. Fazer comparação é ruim. Cada um tem sua essência, sua característica. Tivemos uma proposta, mas cobrar uma movimentação como a do Shakhtar é um pouco demais. Gostei de ver o Marcelo melhor do que no jogo-treino em Atibaia. Saiu pela direita, pela esquerda, facilitou para os colegas encontrá-lo.

Característica do Shakhtar

- A mudança de direção é algo fantástico, estar sempre variando. O Shakhtar tem isso, tem um técnico há dez anos. Tem um jogador e o reserva com a mesma característica. Estou tentando fazer isso no Flamengo, ter um elenco com jogadores semelhantes. Mas é precoce qualquer avaliação.

Pré-temporada mais longa

- Com essa pré-temporada, podemos ter uma base para uma temporada toda. Brigamos tanto para ter 30 dias e algumas coisas ainda fogem da preparação ideal. Trabalhamos forte, estamos fazendo esses amistosos e ainda vamos entrar um pouco no Estadual com o trabalho para sustentar a temporada.

Formação ofensiva

- É uma formação precoce, embrionária. Algumas mudanças podem acontecer. Pude observar o time no primeiro tempo e no intervalo mudei para encaixar, para não ser tão fácil a chegada deles. Estamos no caminho certo para evolução da equipe no futebol moderno.

Retorno de Alecsandro

- O Alecsandro com aquela testa de ferro ainda vai sentir receio de cabecear, mas voltou bem.

Boa atuação dos goleiros

- O Paulo Victor já vive um grande momento desde o ano passado, e o Cesar tem um potencial fantástico. Estamos bem servidos.

Shakhtar no Brasil

- O Shakhtar está no meio da temporada. Está vindo aqui porque lá agora está -10º. Foi importante conhecer uma escola diferente, com jogadores de mudança de direção, velocidade. O Alex estava na direita, na esquerda, o Bernard, os volantes... É uma movimentação diferente e é importante entender isso aí. Quero colocar alguma coisa disso, mas estamos em outra realidade sul-americana.

Clássico com o Vasco

- Vasco x Flamengo tem rivalidade até se jogar na China. O torcedor não quer perder. Em Manaus, vai ter divisão de torcida e eu não quero perder, não. É um jogo importante, todos nós sabemos.

Comente:



Nenhum comentário

Comente, sempre, com educação. Se você é do Twitter, do Facebook ou de outra rede social, deixe o seu contato para que eu possa agradecer.
Ah, não esqueça nunca: UMA VEZ FLAMENGO, SEMPRE FLAMENGO!

Tecnologia do Blogger.