14 de setembro de 2016

Flamengo lança mais um tipo de torcedor


>




Torcida do Flamengo lotou o Aeroporto Santos Dumont

Depois do torcedor de Maracanã, torcedor off-rio, torcedor coxinha, sócio-torcedor, o Flamengo lança no mercado um novo tipo de torcedor: o torcedor de aeroporto. O termo saiu do jornalista Mauro Cezar, da ESPN. E já incorporei no meu dia a dia. É fantástico!

Ontem, escrevi que eu não tinha adjetivo para descrever a torcida do Flamengo. Só advérbio, de intensidade. Foi uma linda festa!

Muitos já acham que a gente não precisa de estádio e sim de aeroporto. Mais uma vez quebramos paradigmas.  E como  toda quebra de paradigma, há gente que fica chateada. Eu entendo. Mas preciso falar para essas pessoas que o torcedor do Flamengo não liga para vocês. A gente só liga pra gente mesmo. Toda a festa feita, é pra gente, é para nos divertir. É NOSSA! Vocês já deviam ter sacado isso quando a gente canta "que torcida é essa?" para a NOSSA festa!

O torcedor não está nem aí de ser chamado de torcedor de aeroporto  porque ele faz parte da Nação. Ele não está nem aí se o cheiro que você sente é fedido: o dele é de HEPTA! Ele não está nem aí se vai ser chamado de vagabundo por estar numa terça-feira, num sol acima de 35º, num aeroporto levando o time que escolheu abraçar e levar para um jogo importante.

Espia só vídeo da FLA TV e observe a preocupação do torcedor de ser caracterizado de aeroporto, vagabundo, fedido e etc... 



Não foi a primeira vez que paramos o Santos Dumont. E nem vai ser a última. Pararemos quantas vezes forem necessárias para incentivar o time que abraçamos. Eu não estava lá, infelizmente. Mas eu já fui torcedora de Maracanã, sou Off-Rio, sou sócio-torcedora. Você acha mesmo que eu não teria um orgulho danado de ser torcedora de aeroporto da Nação? Fala sério!

Saudações!
Espero que você tenha gostado desse texto! Segue no Instagram!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente, sempre, com educação. Se você é do Twitter, do Facebook ou de outra rede social, deixe o seu contato para que eu possa agradecer.
Ah, não esqueça nunca: UMA VEZ FLAMENGO, SEMPRE FLAMENGO!

Postagens mais visitadas

Todos os posts deste blog