Exemplo a ser seguido!





Craque do time, contratação do ano, jogador que o time está invicto com ele em campo é substituído com 40 minutos do primeiro tempo depois da expulsão do Márcio Araújo. O que poderia ter se transformado numa crise foi apenas uma opção do treinador que o jogador substituido nao concordou mas respeitou.

Respeitou porque é diferenciado. Diego é diferenciado e rechaçou qualquer tentativa de mimimi pela substituição. Quando o jogo acabou, foi cumprimentar jogador por jogador na entrada do vestiário.

Não é preciso concordar em tudo com o treinador mas o respeito a hierarquia deve existir. Espero que sirva como aprendizado. E exemplo!

Saudações!

Olha aí a entrevista do Diego pós-jogo que está lá no canal do blog no Youtube:





Comente:



Nenhum comentário

Comente, sempre, com educação. Se você é do Twitter, do Facebook ou de outra rede social, deixe o seu contato para que eu possa agradecer.
Ah, não esqueça nunca: UMA VEZ FLAMENGO, SEMPRE FLAMENGO!

Tecnologia do Blogger.