O dia em que eu entendi o Rafinha do Santos!







O jogo de maior renda da história do futebol brasileiro tinha que ter muitos atrativos mesmo. Afinal de contas, quase R$ 7 milhões de renda é só para quem é especial. Quem não é especial, tem uma renda de R$ 36.410,00, como foi a da estreia do atual campeão brasileiro, super poderoso e time de guerreiros.

O jogo Santos e Flamengo tinha uma "atmosfera" tão bacana que até o Neymar escolheu fazer a despedida do Brasil num jogo em Brasilia. E vou te contar ua coisinha: a despedida foi do Neymar mas o show foi da Nação.

Brasilia se vestiu de vermelho e preto, levou milhares de torcedores para a (quase) estreia do novo estádio Mané Garrincha, um ídolo Botafoguense que era rubro negro e assistiu a uma bela atuação do time do Flamengo.

Parece que a roupagem nova inspirou nossos jogadores. Com um modelo diferente do que foi apresentado na quinta-feira porém mais bonito, com a logo da Caixa abaixo e o "X" no ombro preto e cinza, os jogadores do Flamengo ocuparam bem o espaço em campo e dominaram o jogo. Pena que faltou o gol e que me deixou com a nítida sensação de dois pontos perdidos. Mas a gente recupera lá na frente. É só continuar jogando com a seriedade que jogou hoje!

Veja as atuações dos jogadores e opiniões específicas no video:



Olhando a festa da galera, o estádio novo em folha e o Flamengo bem vestido em campo, pela primeira vez devo ter compartilhado o mesmo sentimento do Rafinha do Santos: a lágrima que desceu lá, desceu cá!

Mas eu entendo o Rafinha do Santos, ops, Neymar. Admirar a força e a beleza da Nação que faz de qualquer lugar do Brasil a sua casa além de estar bem vestido, de Manto novo, é para emocionar mesmo.

Próximo jogo do Mengão é contra a Ponte Preta e já estou esperando que esse time que me deixou satisfeita melhore cada vez mais.

É meu maior prazer, vê-lo brilhar!


Comente:



Nenhum comentário

Comente, sempre, com educação. Se você é do Twitter, do Facebook ou de outra rede social, deixe o seu contato para que eu possa agradecer.
Ah, não esqueça nunca: UMA VEZ FLAMENGO, SEMPRE FLAMENGO!

Tecnologia do Blogger.