Retrospectiva 2013 do Flamengo em Imagens!

Retrospectiva 2013 do Flamengo em Imagens!


O ano está acabando e fazer a retrospectiva em imagens do Flamengo em 2013 foi difícil. Porém, no ano que parece que foi o primeiro ano do resto da história do Flamengo, tentamos em 11 imagens descrever como foi esse ano.


Que o ano de 2014 seja mais especial! Veeeem Libertadores!

O presente inesquecíivel!

O presente inesquecíivel!



Há umas duas semanas, minha irmã chegou para mim e falou: "arrumando umas coisas para doação, achei uma camisa velha do Flamengo. Ia dar, mas Gabriela (a filha e minha afilhada) disse que é uma relíquia. Depois ela traz aí pra você."

Gabi chegou, no dia do Natal, com a camisa na mão. A primeira reação dela: "não é uma relíquia, tia?" A minha primeira reação: "caraaaaaaaaaca, meu Deussss!" E peguei o manto que está acima como uma menina pega a boneca esperada do Papai Noel ou como o menino com o carrinho da moda. Sim, virei uma criança por alguns momentos.

A camisa é original, da adidas, que o Flamengo usou de 1988 a 1992, número 7 porque minha irmã era fã do Renato Gaúcho.  O estado do Manto? NOVA!

Depois que a Gabi viu minha alegria e conversei sobre valores, ela retrucou: já tenho crédito para os seus próximos 10 aniversários. Malandríssima que é, quer tomar todo o crédito da mãe, que abriu mão do Manto para mim.

O tempo vai passar, mas jamais esquecerei o presente de Natal/Aniversário que ganhei em 2013. Simplesmente porque toda vez que abrir o armário, verei a bendita no cabide, no devido lugar que coisas especiais merecem.

Os dirigentes do Flamengo não são retardados!

Os dirigentes do Flamengo não são retardados!
http://media-cdn.incondicionais.com.br/media/reportero/149/3/4/2/7/n_20130107143008_039_flamengo_sera_um_dos_clubes_mais_ricos_do_mundo_039_diz_wallim_vasconcellos_663205.jpg

O problema continua sendo dinheiro. Ou o pior, a falta dele. Com a mentalidade de manter contas em dias e sanear o combalido cofre do Flamengo, a diretoria está tendo muitas dificuldades para contratar  para reforçar o time. Estaos sem manchetes, mas muitos insistem a dar murro em ponta de faca.

Não adianta espernear e achar que os caras não querem contratar ou que estão de má vontade. Não contratam porque não dá. Quando foram eleitos, tinham um objetivo principal. E eles estão cumprindo.

Em muitas notícias que vemos, especulações mesmo que a imprensa faz nessa época de ano, não são poucos jogadores do elenco que podem estar em negociação com outros times. Saindo uns para chegar outros, "vagando" valores em folha salarial e tendo espaço para novos salários... Parece que essa é a estratégia de quem não pode gastar mais do que tem. Esqueça as contratações de 21 milhões de Euros por um jogador que não conquistou nenhum título com o Manto. Esqueça jogadores com salários surreais pagos com parceiros em contratos que nunca são fechados. Isso não nos pertence mais. Está com saudade da época que tinha jogador que fingia que jogava com dirigente que fingia que pagava? Vai torcer para outro time para comemorar contratações como Guinazu, Fagner ou Felipe Chinelinho.

Não posso negar que essa falta de novidades, as vezes, me causa angústia. Assim como muitos, não estou acostumada com essa falta de novidade. São quase sempre as mesmas notícias, com esse fim de ano vergonhoso de tapetão então... Tem coisa mais bandida do que ficar discutindo porque o STJD faz uma coisa a favor do Santos contra o Flamengo do PI, mas, no MESMO caso, é contra o Flamengo? Discutir o Flamengo como bode expiatório de uma cambada que tem dois pesos e duas medidas não é o fim do ano dos sonhos. É muito pior do que discutir especulação de jogadores, concorda?

Que venham as especulações, as cavadas de empresários, mas que o Flamengo não saia do prumo. Sei que os caras que lá estão sabem da necessidade de reforçar o elenco, principalmente por causa da Libertadores. Eles não são retardados, como muitos querem que o torcedor normal pensem. Mas cho, mesmo, que eles não atropelaram um planejamento por causa do mimimi de alguns. E tomara que não atropelem mesmo!

Especulem, critiquem, mas entendam que a falta de reforço hoje é um esforço tremendo para que o futuro do Flamengo seja melhor do que o presente. O Flamengo escolheu um caminho. A única coisa que peço é que São Judas abençoe!

Saudações!

#OChoroÉLivre, Tricolores!




O #OChoroÉLivre e o povo de Laranjópolis acha mesmo que esse mimimi de perseguição com a explicação que eles realmente não tem nada a ver com o rebaixamento da Portuguesa. Como se isso não bastasse, surgem teorias conspiratórias que o Flamengo pagou (HAHAHAHAHAHAHA) para a Portuguesa escalar um jogador de forma equivocada (HAHAHAHAHAHAH) para que o Flamengo não fosse rebaixado. Vamos fazer uma recapitulação de fatos que mostram que o choro dos tricolores quanto a participação do Flamengo no rebaixamento da Portuguesa (HAHAHAHAHAHA) não passa de um devaneio de quem fez do tapetão o seu ídolo maior.

A quem realmente interessava o rebaixamento da Portuguesa? Ao Flamengo?

Vamos retornar um pouco no tempo, mais precisamente as semanas anteriores à última rodada.  Algumas pessoas devem se lembrar que se articulava nos bastidores, diante da eminente queda de Vasco e Fluminense, uma tentativa de tirar pontos de Portuguesa, Ponte e Criciúma como é mostrado na matéria do dia 25/11/2013, da Espn.

Felizmente, diante da repercussão negativa daquele momento, os cartolas que planejavam  tal manobra tiveram seus planos frustrados, como nos conta essa matéria

Observe que, no final de Novembro, já era os indícios de uma tentativa de virada de mesa eram fortes. Reparem, na última matéria que o advogado do Fluminense é citado como interessado.

Agora vamos para semana que antecede a última rodada do Brasileirão. Encontramos situações bem interessantes, como a cobrança por ações nos bastidores de sócios do Fluminense ao Presidente tricolor, como nos revela essa matéria do Extra do dia 04/12.

No dia seguinte, 05/12 a Portuguesa teve a promessa que os salários quitados até o fim do dia.

Na sexta 06/12, ocorre o julgamento dos Héverton, da Portuguesa e André Santos do Flamengo. Estranhamente, sem nenhum precedente na atual Copa do Brasil, André Santos é condenado a 1 jogo de suspensão. Nenhum outro jogador expulso na atual Copa do Brasil, tendo feito seu último jogo foi condenado e/ou cumpriu no Brasileirão (creio que aí, nasceu a confusão na escalação de André Santos, por parte da diretoria do Fla) e nem vasco-versa. Teve um caso IDÊNTICO ao caso do André Santos, que o próprio STJD negou recurso ao Flamengo do Piaui contra o Santos.  Dois pesos e duas medidas, de novo?

Por outro lado, nenhum jogador tomou uma suspensão de dois jogos da forma como o jogador Héverton tomou. Não vou entrar na questão entre advogado e diretoria, mas para ficar bem claro que Héverton jogaria mesmo contra o Grêmio, independente do jogo do Flamengo. A  matéria publicada que fala dos jogadores que treinaram para o jogo e concentraram no sábado. Em relação ao time que vai a campo diante do Grêmio, o técnico Guto Ferreira terá os retornos do volante Willian Arão e do meia Heverton, que estavam suspensos, e do atacante Diogo, recuperado de lesão.

Reparem que Heverton na matéria do dia 06/12, dia do jogo do Flamengo, não esta relacionado como desfalque. Portanto, não tem fundamento o fato do jogador ter sido escalado apenas por causa do André Santos ter jogado. Ele já estava relacionado, mesmo antes do jogo. HAHAHAHAHAHA!

Bom, temos mais fortes indícios da participação tricolor na situação que apenas favoreceu o próprio:

Fluminense e CBF tem os mesmos patrocinadores, a mudança de postura do procurador no caso Tartá, o escritório de advocacia do presidente do Fluminense defende a CBF e devem ter outros que posso no momento não estar lembrando... quem quiser contribuir, fique a vontade. Como disse são apenas indícios e eles são mais concretos e fortes quanto ao envolvimento do principal beneficiado do que o próprio Flamengo.

Obrigada ao Renato Lima (twitter @renatolima7) que contribuiu com esse texto para o Primeiro Penta!

Flamengo termina 2013 com vitória na NBB

Flamengo termina 2013 com vitória na NBB

Foto: Reprodução / Facebook NBB

O Flamengo entrou em quadra nesse sábado e conseguiu a segunda vitória seguida nesse fim de ano na NBB. Desta vez, vencemos  o campeão paulista por 96 a 94 e segue embalado na NBB. Com o trio vital do Flamengo indo muito bem, Olivinha, Laprovittola e Marcelinho, a equipe comemorou a volta por cima na competição.

Olivinha conseguiu mais um duplo-duplo na competição: foram 22 pontos e 15 rebotes. Marcelinho marcou 21 e Laprovittola 19. Do lado do Bauru, o argentino Barrios foi o cestinha, com 25 pontos.

As duas equipes só voltam a jogar em 2014. Enquanto o Flamengo recebe o Macaé no dia 7, às 20h, o Bauru pega o Mogi das Cruzes no dia 5, às 11h, fora de casa.

Escalações: 

Bauru: Ricardo Fischer, Larry Taylor, Gui Deodato, Barrios, Lucas Tischer. Entraram: Ayarza, Mathias, Fernando Fischer e Andrezão. Técnico: Guerrinha.

Flamengo: Gegê, Laprovittola, Marcelinho, Olivinha e Meyinsse. Entraram: Shilton, Chupeta, Leo e Felício. Técnico: Neto.

Paulinho, "salvador de Pelaipe" tem tudo para continuar no Flamengo

Paulinho, "salvador de Pelaipe" tem tudo para continuar no Flamengo
http://ejesa.statig.com.br/bancodeimagens/f4/xz/x4/f4xzx4nwt3d29er386u8ltswq.jpg

Se teve um jogador que salvou a pele, literalmente, do diretor de futebol do Flamengo Paulo Pelaiape foi o atacante Paulinho. Vindo num "pacote" que o Flamengo fez contratando jogadores do interior paulista, ele foi o jogador que teve o maior destaque. Os outros jogadores foram Diego Silva, ex-XV de Piracicaba (ex-clube do Paulinho), Val, que defendia o Mogi Mirim, e Bruninho, destaque do Atlético Sorocaba.

Depois de um começo irregular e alternando a posição de titular e reserva, Paulinho, pelo lado esquerdo do ataque do Flamengo só não fez chover, sendo decisivo na fase final da Copa do Brasil, competição que o Flamengo ganhou o título de tri-campeão.

Acabou se transformando numa prioridade no departamento de futebol. O jogador está emprestado pelo XV de Piracicaba até 31 de maio do ano que vem. É o tempo que o clube carioca tem para acertar a compra de 60% dos direitos econômicos do atleta por R$ 1 milhão. Ele já tem um pré-contrato de três anos assinado com o Flamengo.

Além de  figura importante da equipe, o atacante de 25 anos tem
potencial para gerar lucro no futuro. A maior prova disso foi o assédio de
clubes asiáticos poucos meses após sua chegada à Gávea. 

Com participações constantes sob o comando de Jorginho e Mano Menezes, Paulinho se tornou titular indiscutível com Jayme de Almeida e o parceiro ideal de Hernane. Muito veloz e de drible fácil, Paulinho também sempre foi elogiado por sua obediência tática. Em 45 jogos, fez cinco gols e deu nove assistências. 

Tentando se equilibrar nas incertezas se continuaria ou não no cargo para 2014, Paulo Pelaipe viu nesse titulo que Paulinho ajudou a conquistar o motivo para a sobrevivência no Flamengo.E no próprio Paulinho exemplo de seus acertos em contratação.


Flamengo se recupera no NBB com vitória sobre o líder

Flamengo se recupera no NBB com vitória sobre o líder

Basquete Meyinsse Limeira x Flamengo (Foto: JB Anthero/Divulgação)

O Flamengo deu a volta por cima no NBB. Depois de perder a última partida de forma inacreditável, o time do rubro-negro tirou a invencibilidade do atual líder da competição, se impôs na casa do adversário e venceu o o jogo por 88 a 67.

Contando com boa atuação do trio Gegê, Olivinha e Meyinsse e a má pontaria dos adversários, o time carioca acabou com a série de vitórias do rival do interior paulista, o Flamengo se recupera de derrota para o São José e chega à sétima vitória em dez partidas. Com 70% de aproveitamento, o atual campeão iguala a campanha do Pinheiros e já é o segundo colocado do nacional. Já o Limeira conhece sua primeira derrota em nove compromissos e cai para 94,5%, mas segue isolado na ponta do NBB.

Quem também divide a vice-liderança com Flamengo e Pinheiros é o Paulistano. Nesta quinta, a equipe contou com boa atuação de Pilar para bater o Brasília por 96 a 74 - o ala/pivô anotou 23 pontos, 12 a menos que o rival Nezinho, cestinha do jogo e destaque isolado do time da capital nacional.

Vem aí um novo Nélio e Bruno Paulo?

Vem aí um novo Nélio e Bruno Paulo?
http://www.pop.com.br/imagens/esporte/futebol/flamengo/1131465_luiz-antonio-se-diz-ansioso-para-final-da-copa-do-brasil-dificil-de-dormir.jpg

Depois de fazer um final de ano bom como titular do Flamengo, o jogador do Luiz Antonio, prata da casa mais bem sucedido dos últimos anos, entrou na justiça contra o Flamengo para deixar o clube, a 16ª vara do Tribunal Regional do Trabalho (TRT) cobrando o pagamento de vencimentos e pedindo o fim imediato do contrato que vai até o fim de 2016.

Luiz Antonio não é o primeiro e nem será o último a usar esse expediente para sair do Flamengo. Os casos mais famosos de jogadores que cresceram o olho depois de um período bom ou promessa de período bom foram Nélio e Bruno Paulo. Nélio até outro dia estava no poderoso Audax e o Bruno Paulo faz parte do elenco profissional do Lajeadense.

A justificativa do empresário que traz como fundo a desvalorização do clube com o jogador principalmente porque o jogador recebe R$ 20 mil por mês, que é o valor padrão para jovens que sobem da base, por um contrato assinado até 2016, me soa como um mimimi e uma tentativa de fazer dinheiro, igualzinho esses dois aí citados acima. O contrato não foi assinado, não está em vigor?

Nesse momento, pode esperar que vai surgir interesse de clubes de fora, igual o Mattheus, se lembra? Para subir salário, bateu o pé, surgiu o Juventus mas terminou o ano no Juniores do Flamengo e em 2014 só fará parte do elenco se não houver nenhum clube interessado.  É sempre assim e esses jogadores/empresários não aprendem a ter paciência para que haja um ganho futuro, que será bom tanto para o clube que revelou o jogador quanto para os empresários.

Segundo informações, a ação será julgada no próximo dia 15 de janeiro.  Porém, como essa ação, o tempo do Luiz Antonio no Flamengo acabou. E todo o bla bla bla de querer ser ídolo do Flamengo, com declarações inclusive após a final da Copa do Brasil não passaram de falácias.

Que o Luiz Antonio saiba  que está fazendo. E que o Porto seja seguro.

Base do Flamengo será importante no início de 2014

Base do Flamengo será importante no início de 2014
http://img856.imageshack.us/img856/6489/flajrequipe2.jpg
O investimento que a diretoria do Flamengo quer fazer no fortalecimento do elenco para 2014 passa pelos jogadores da base do clube. No primeiro momento, depois da conquista da Copa do Brasil e o direito de disputar a Copa Libertadores, parece que o Flamengo utilizará esses jogadores da base para jogar o campeoato carioca, que será paralelo a primeira fase da Libertadores.

A intenção de Jayme de Almeida é montar dois times em 2014. Um, mais forte e com os principais nomes do elenco, para a disputa da Copa Libertadores. O segundo, que terá reservas e boa parte dos atletas revelados pelo clube, para jogar o Campeonato Carioca. Essa segunda equipe será uma grande chance para atletas que não vinham tendo oportunidades, inclusive da base.

Emprestados à Portuguesa e São Paulo, o volante Muralha e o atacante Negueba já foram comunicados que permanecerão na Gávea para a disputa do Campeonato Carioca. A mesma coisa aconteceu com o meio de campo Rodolfo que estava nos juniores, mas que já figurou no profissional do Flamengo.

Além de aproveitar os atletas revelados nas categorias de base, o Flamengo espera acertar o mais rapidamente possível algumas pendências envolvendo o atual elenco. O volante Elias, que tem os direitos federativos ligados ao Sporting, de Portugal, ainda não renovou contrato, já que o clube português não pretende estender o empréstimo e só aceita uma negociação em definitivo. O pai e representante do atleta retornou de Lisboa esta semana e espera ter novidades nos próximos dias, já que está encontrando um meio termo entre os dois clubes a fim de solucionar o impasse. O Flamengo, porém, tem certa preocupação porque Corinthians e Internacional acompanham o caso com grande interesse.

Algumas peças de nome deverão ser contratadas e a lista com as posições consideradas carentes já foi entregue pelo técnico Jayme de Almeida ao diretor de futebol Paulo Pelaipe.

A ideia da diretoria é ter a maior parte do elenco fechada em 6 de janeiro, quando está prevista a reapresentação do plantel e o início da preparação para os torneios do primeiro semestre.

Mais uma renovação do Flamengo para 2014

Mais uma renovação do Flamengo para 2014

A diretoria do Flamengo renovou o vínculo contratual com o lateral direito Léo Moura por mais um ano. O jogador fica no clube pelo menos até o fim de 2014.


Léo Moura vestirá a camisa do Flamengo em mais uma Copa Libertadores

Léo Moura, de 35 anos, veste a camisa Rubro-Negra desde o ano de 2005 e ficará por mais um ano sendo um jogador bem vestido.

O jogador esteve presente no título da Copa do Brasil em 2013. O lateral tem 461 jogos e 46 gols pelo Flamengo.

Ele também foi campeão brasileiro em 2009 e faturou a Copa do Brasil em 2006, além de ter sido campeão carioca em 2007, 2008, 2009 e 2011.

Essa renovação já era esperada, principalmente por causa da liderança que o Léo tem nesse grupo do Flamengo.

Você aprova a renovação?

Fica ou Não fica 2014: Eleja os jogadores que devem ficar no Mengão em 2014!




Em 2011, eu criei o Fica ou não Fica, e falei de jogador por jogar e em 2012 eu fiz o paredão rubro-negro para ver quem ficava ou não, este ano, vocês que ´"escolherão" quem ficará ou não Flamengo.

Os nomes do elenco abaixo foram feitos com informações do site oficial do Flamengo e inclusão de alguns jogadores que sei que voltarão ao Flamengo. Se estiver faltando alguém, é só colocar no campo dos comentários que eu acrescento.

Vamos lá, votem!





VEJA AQUI OS RESULTADOS

Flamengo estreia na Libertadores dia 12 de fevereiro

Flamengo estreia na Libertadores dia 12 de fevereiro
<b>Time:</b> Flamengo <br> <b>Valor de mercado:</b> R$ 149,5 milhões <br> <b>Posição em 2013:</b> 8º <br> <b>Posição em 2012:</b> 8º

Enquanto uns comemoram vaga na série A depois de um tribunal ter dois pesos e duas medidas, o Flamengo se preocupa com o campeonato mais importante da América: a Libertadores.

O início do caminho do Flamengo em busca do bicampeonato da Libertadores  começará dia 12 de fevereiro diante do León, no México. O adversário, que conquistou o Torneio Apertura do Campeonato Mexicano, é apontado como o rival mais duro do grupo 7.

Os outros compromissos são:  Emelec-EQU, em 26 de fevereiro e Bolívar-BOL, no dia 12 de março no Maracanã.

Na quarta rodada, o Flamengo pega novamente o Bolívar, desta vez em La Paz, na altitude de 3.600 metros. O jogo seguinte também será fora de casa, contra o Emelec, em Guayaquil, no dia 2 de abril. O encerramento da participação do Rubro-Negro na primeira fase será no dia 9 de abril, contra o León, no Maracanã.

Para a disputa da competição sul-americana, a diretoria do clube espera fechar a contratação de seis reforços: um lateral-direito, um zagueiro, dois meio-campistas e dois atacantes.

Lançamento do livro "Da Lama ao Tri"

Lançamento do livro "Da Lama ao Tri"

http://www.falandodeflamengo.com.br/wp-content/uploads/2013/12/Capa-Lama_ao_Tri-1-682x1024.jpg

Um título como o da Copa do Brasil é para ser comemorado. E merece ficar registrado em blog, posts e livros.

Um livro que será lançado sobre essa incontestável conquista rubro-negra.

Hoje ocorrerá o lançamento do "Da Lama ao Tri: A Virada que Levou o Flamengo ao Titulo da Copa do Brasil 2013", onde Arthur Muhlenberg, o Urublog, descreve, com a colaboração do chargista Vinícius, a campanha do Flamengo, que superou adversários fortes, problemas internos e descrença generalizada, para, com o apoio da torcida, chegar ao título.

O evento será nesta segunda, 16/12, às 19h, na Livraria Travessa do Shopping Leblon.

Confirme sua presença no evento no Facebook

O estudante, a corneta e o STJD por Matheus Silva



http://2.bp.blogspot.com/-91KsoFKsRcM/Th-dWqHLQ2I/AAAAAAAABVQ/-AYEM2KVjP4/s1600/camisa-flamengo.jpg

Acadêmico do Direito e torcedor flanático do Flamengo que sou, não consegui me conter e decidi cornetar todo esse imbróglio em que nos envolveram. Assim, vejamos.

A redação do quase sarcástico artigo "171" do Código Brasileiro de Justiça Desportiva, alterado por ocasião da resolução CNE nº 29, de 10 de dezembro de 2009, é de clarividência solar:

Art. 171. A suspensão por partida, prova ou equivalente será cumprida na mesma competição, torneio ou campeonato em que se verificou a infração.
§ 1º Quando a suspensão não puder ser cumprida na mesma competição, campeonato ou torneio em que se verificou a infração, deverá ser cumprida na partida, prova ou equivalente subsequente de competição, campeonato ou torneio realizado pela mesma entidade de administração ou, desde que requerido pelo punido e a critério do Presidente do órgão judicante, na forma de medida de interesse social.


O Flamengo age, portanto, dentro da mais estrita legalidade. Isto porque algumas coisas não reclamam "interpretação". Coisas estas como o significado da palavra "subsequente". Subsequente é algo seguinte, imediato, ulterior. Qualquer acepção além disso é afrontar a inteligência de torcedores, espectadores e interessados.

Ora, se o Clube de Regatas do Flamengo não relaciona André Santos na partida contra o Vitória, cumpre a lei, afinal, era a tal partida subsequente, imediatamente seguinte, posterior. Dizer que deveria aguardar julgamento é devaneio tolo, artifício de quem quer atrair a atenção da imprensa para outro caso, suavizando o foco para com a sem-vergonhice que querem fazer com a Portuguesa. Não há qualquer precedente legal que regule essa estória de "aguardar julgamento". É o primeiro caso onde o Réu cumpre a pena espontaneamente e o Tribunal quer condená-lo de novo porque cumpriu antes da condenação. É nítida, então, a tentativa de atender a caprichos e interesses pessoais.

Além disso, insta salientar que condenar o atleta ao cumprimento de nova suspensão constituirá dupla punição, bis in idem, prática nefasta e muito mais afeita aos tempos de Ditadura Militar que ao processo de redemocratização.
Válido lembrar, também, que o atleta Dória, zagueiro do Botafogo, expulso contra o mesmo Flamengo em partida válida pela Copa do Brasil, quartas-de-final, dia 24 de novembro do corrente ano, atuou na partida seguinte, contra o Atlético Mineiro, dia 26, e não se tem qualquer notícia de punição ou suspensão ao mesmo. Só deverá cumprir a suspensão na Copa do Brasil do ano que vem, quando seu time for eliminado da Copa Libertadores. (Não jogou contra o Goiás em razão de ter-lhe sido aplicado o 3º amarelo neste jogo).

É preciso respeitar o torcedor e as instituições. No momento em que o país ganha ares cada vez mais transparentes, democráticos e politicamente participativos, mais uma "virada de mesa" no futebol, que é, indubitavelmente, a grande paixão nacional, é colidir frontalmente com os bons auspícios da moralidade, imparcialidade e legalidade. Insistir nessa condenação descabida e tresloucada é atrair para si o descrédito, o desgosto e a desconfiança popular com um patrimônio brasileiro.

Mas vamos ainda ao caso mais emblemático de toda a polêmica. A escalação irregular do meio-campista Heverton, pela Portuguesa, diante do Grêmio: uma intimação mambembe, desprovida sequer de uma assinatura num pedaço de papel ou de publicação oficial, prolatada na tarde de uma sexta-feira, obstaculizando a interposição de qualquer recurso a fim de que fosse revista ou convertida.

Assim, pergunta-se: quantos efeitos suspensivos foram concedidos por este Tribunal? Quantas vezes um clube foi beneficiado por este instituto pernicioso? E quantas vezes uma suspensão foi convertida em penas alternativas, como o pagamento de algumas cestas básicas por esta entidade? E agora, justo agora, setecentos e sessenta jogos depois, quando o interesse de um "grande" colide com o interesse de um "pequeno" o Tribunal quer decidir contra seus precedentes, num caso típico de venire contra factum proprium? O que justifica, então, que o atleta Rhayner, do coincidente Fluminense, tenha sido expulso na 5ª rodada e jogado na 6ª? Isso sim, na minha opinião, é que é justificar o injustificável. A dita "falência" do STJD ocorrerá, sim, se os fantasmas do tapetão e da virada de mesa voltarem a agonizar em nossos campeonatos...

É inadmissível e inconcebível que o processo de profissionalização do futebol seja enodoado desta forma, onde mais uma vez o STJD modula os efeitos de decisões ocorridas no gramado, na bola, no onze contra onze, em detrimento da moralidade e da probidade, princípios que deveriam ser norteadores da causa pública.

Fluminense, chegou o boleto. Pague a Série B.

Um abraço,
Matheus Augusto Cerqueira Silva

O preço de uma bobeada do Flamengo

O preço de uma bobeada do Flamengo
http://www.jornaldebrasilia.com.br/site/imagens/tinynoticias2012/cruzeiro_x_flamengo18_400x351_460914.jpg

O Flamengo está na 39ª rodada do Brasileirão 2013. Meio como bode expiatório, meio acidente de percurso, não conseguir, ainda, digerir a mancada do departamento jurídico em possibilitar a entrada do André Santos num jogo festivo em que nada acrescentaria a sua ausência.  E não foi por falta de aviso, já que site especializado em esportes "avisou" um dia antes do jogo.

Os prejuízos que isso causou/causa/causará ao Flamengo são incalculáveis. Desde a possível multa da adidas pela posição no Brasileiro (embora a maioria dos veículos falem sobre disso, um vice-presidente falou em Rede Social que não é como falam) a possibilidade de rebaixamento à Série B (que foi descartada porque o STJD não aceitou a denúncia do Vasco para cancelamento do seu jogo), essa semana, de inúmeras interpretações de artigos em Estatuto do Torcedor, Regras de Competições da CBF e Código da Justiça Desportiva Brasileira, foi tensa para o rubro-negro.

Entendo que a culpa principal dessa confusão toda não é do departamento jurídico do Flamengo. Embora seja extremamente competente e venha demonstrando isso em ações rápidas como a questão do Procon na final da Copa do Brasil ou "batendo" de frente em penhoras antigas e evitando maiores prejuízos ao cofre do Flamengo, não há como negar que foi uma papada de mosca. Menor do que foi a da Portuguesa que também será julgada por irregularidade na última rodada, talvez, mas é uma coisa que não pode acontecer.

Sei que não falta investimento do Flamengo em relação a esse departamento, sei que a competência deles não deve ser medida por causa disso. Acompanho futebol há anos e imaginava que a suspensão do jogador, assim como possível punição, se daria apenas na competição que isso ocorreu. Até pouco tempo atrás, até o STJD pensava assim quando não acatou o pedido do Flamengo do Piauí sobre a irregularidade de um jogador do Santos que teria sido expulso na última partida do Brasileiro de 2012 e entrou em campo na primeira partida da Copa do Brasil de 2013 (a Copa do Brasil é um campeonato que começa antes do Brasileirão).

Não acredito que o Flamengo seja punido. Assim como não acredito que a Portuguesa seja punida. Os jogos que jogadores atuaram não mudou a dinâmica do campeonato.

A minha lamentação do campeonato terminar nos tribunais é maior do que pela bobeada no jurídico do Flamengo.  Como amante do futebol, além de ser amante do Flamengo, isso é uma coisa que não tem preço!

Saudações!

A CBF e a bagunça no futebol brasileiro


Mais uma vez, num episódio de bagunça do futebol brasileiro, a CBF está no meio da situação. Embora muita gente sequer fale no assunto, não consigo ver culpada maior dessa celeuma de fim do ano do que a Confederação Brasileira de Futebol. A mesma entidade que distribui títulos de Campeonato Brasileiro para justificar o reconhecimento de um título de um campeonato que ela não teve condições de organizar porque estava falida, é a que ferra com a credibilidade do futebol.

Flamengo e Portuguesa são integrantes de um processo que, se a CBF tivesse o mínimo de competência para gerir um campeonato, não estaria acontecendo. Como é que a organizadora de um evento permite que jogadores que não tem condições de jogo entre em campo? E o pior: como é que ela, a fiscalizadora, é quem denuncia o possível erro dos clubes? Não seria erro DELA? Quem é que ganha uma porcentagem da renda do que é arrecadado do jogo para organizá-lo?

Não é possível que em pleno 2013 não haja um mecanismo para se fazer uma súmula eletrônica e simplesmente brecar a escalação de um jogador que esteja sem condições de jogo. Pouparia trabalho do próprio orgão de ter que fazer a denúncia após a infração, assim com o STJD de julgar uma coisa que poderia ser evitada. Quanto desperdício de dinheiro!

Além disso, não acredito que uma entidade, que se propõe a organizar o maior evento da Terra, não consiga se organizar para fazer um campeonato limpo, sem tribunais e ações de advogados. Não é a primeira vez que isso acontece no Brasil e, pelo andar da carruagem, não será a última. Simplesmente porque não age de forma preventiva. Não previne dos erros. A quem interessa esse bla bla bla com inúmeras justificativas para se tirar um resultado obtido em campo? 

Observe que não estou discutindo se a Portuguesa bobeou, se o Fluminense será beneficiado, se o André Santos foi expulso por outra competição e tinha que cumprir no Brasileiro.  Isso será mais uma discussão eterna no futebol, como a que Fluminense voltou para série A depois do Gama ter sido punido, a quem pertence a Taça de Bolinhas, ao título de 2005 do Corinthians e tantas outras.

O futebol brasileiro está entregue a uma instituição que vem, há muito tempo, fazendo mal a ele. Espero que nem a Copa do Mundo do próximo ano funcione como cortina para  pouca vergonha que esta acontecendo. Espero que nem  a "seleção canarinho" salve a pele desses caras.

Seleção? A minha veste vermelho e preto e tem um CRF no peito!

http://2.bp.blogspot.com/-91KsoFKsRcM/Th-dWqHLQ2I/AAAAAAAABVQ/-AYEM2KVjP4/s1600/camisa-flamengo.jpg


Como sacanear o Fluminense com R$ 0,90



É público e notório que o Fluminense tem uma dívida com o Futebol Brasileiro. Ele conseguiu ser o único time do Brasil, quiçá do mundo, a subir duas séries de acesso de uma vez, indo da série C para a série A. Logo, ele deve a série B, que não jogou.

Chegou a hora do boleto aparecer nas Laranjeiras para o pagamento. Como eles se negam a receber e já estão planejando uma nova virada de mesa, vamos fazê-los receber esse boleto. E para isso, a Nação será fundamental.Nós mesmos enviaremos o boleto para o Fluminense.

Siga os 3 simples passos:

1) Imprima o boleto de pagamento da série B





2) Coloque num envelope e preencha com o endereço do Fluminense Futebol Clube:

Fluminense Football Club
Rua Álvaro Chaves, 41
Laranjeiras
Rio de Janeiro - RJ
Cep: 22231-220


3) Envie pelos correios. 

O envelope e o envio custarão, no máximo, R$ 0,90. Não perca essa chance. Já imaginou vários boletos chegando de uma vez? kkkkkkkkkkkkkkkk!

* O boleto foi uma cotribuição bacanuda do André Guedes!

A necessidade de se reforçar as laterais do Flamengo

A necessidade de se reforçar as laterais do Flamengo
http://www1.pictures.zimbio.com/gi/Flamengo+v+Atletico+Paranaense+Brazilian+Cup+5s0mnp-MVJll.jpg

Tido como ponto forte em muitas das conquistas recentes do Flamengo, principalmente no final da década passada, acredito que, junto com o jogador que vem para vestir a "10", as laterais, tanto a direita, quanto a esquerda, sejam os grandes "problemas" do elenco do Flamengo para a próxima temporada. É preciso reforçá-las.

Segundo o site oficial e o senso comum, o Flamengo tem quatro laterais: Léo Moura, Digão, André Santos e João Paulo. Eventualmente, há a presença de um junior para ajudar na composição de treinos e etc. Está bom para você? Para mim não está.

É grande a possibilidade do Léo Moura ser mais poupado em 2014 do que foi em 2013. No final do ano, com o Flamengo disputando duas competições de forma paralelea, o Léo, mesmo sendo destaque do time, era o primeiro da relação de poupados para os jogos. Se antes o Luiz Antonio era utilizado na lateral, (falei disso na época que ele deveria ser colocado na sua posição de origem) depois que ganhou a vaga de titular no meio de campo, o Digão foi escalado na posição do Léo Moura. E as atuações do garoto que veio da base foi aquém das expectativas. Lento, mesmo com um bom porte para ser lateral, não conseguiu desenvolver defender nem atacar com eficiência, com cruzamentos sendo quase nulos. Depender do Digão para partidas que o Léo não possa jogar é arriscar demais. É preciso peça para a reposição nessa posição.

A lateral-esquerda, com André Santos e João Paulo sofre com o mesmo problema, porém o João Paulo é um melhor substituto do que o Digão. E isso não significa muita coisa.  Em alguns jogos, o André Santos, que começou a sua atuação no Flamengo como meio de campo, foi poupado e o João Paulo entrou no lugar. menos mal que João Paulo era titular antes do André ser colocado na lateral. Mas a eficiência do André Santos, principalmente em cruzamentos ofensivos foi importante em alguns períodos do Flamengo. Pesa a favor do André ter 5 anos a menos que o Léo Moura. Porém, acho que a lateral esquerda precisa de um jogador com uma qualidade maior que o João Paulo, que marca muito mal.

Com um artilheiro como o Hernane, de área, as laterais do Flamengo não podem ser obsoletas. Quantos gols o Flamengo fez, principalmente nesse fim de ano, com bolas cruzadas na áreas?

Tão importante quanto o cara da 10 que não temos, a vinda de jogadores que possam somar as laterais do Flamengo só fortalecerá nosso elenco!

#LuluCast 116 - Feliz 2014, seus série A!





Para fechar bem o ano de 2013, resolvemos fazer um Lulucast para falar do nosso Tri, do ano e do rebaixamento dos nossos rivais nesse final de ano épico para o rubro-negro.

Com @NivinhaFla, @Cissa_Morena, , @DaniSouto e com @BrunaLugatti e @ClaudiaSimas como convidadas, o #Lulucast 116 falou do ano de 2013, rebaixamento dos nossos rivais e expectativas para 2014.

Foi longo, mas estávamos com saudades!

Assista e comente!

Parte 1:



Parte 2:



Curta a página do Lulucast no Facebook

Siga o perfil do Lulucast no Twitter

#Lulucast disponível nos blogs:


Passo a passo para doação no Anjo da Guarda Rubro Negro

https://lh3.ggpht.com/-vAGbhKbekKI/UqLAVAK-1bI/AAAAAAAAHNY/ss3VRBXVXyM/s640/Anjo_da_Guarda_Rubro_Negro_Flamengo_Blog_Ser_Flamengo_Tulio_Rodrigues.jpg
O Flamengo, mais uma vez, precisa de você, integrante da Nação, na reconstrução e fortalecimento dos Esportes Olímpicos. Por isso lançou o projeto ANJO RUBRO NEGRO, no qual todos os rubro negros poderão destinar parte de seu imposto de renda devido a projetos incentivados do Mais Querido. Os esportes contemplados são: REMO, BASQUETE, VÔLEI, NATAÇÃO, GINÁSTICA ARTÍSTICA, JUDÔ, FUTSAL, NADO SINCRONIZADO, PÓLO AQUÁTICO e TÊNIS. Você pode transferir 6% do seu Imposto de Renda para os quatro projetos incentivados do Mengão. Para isso, basta acessar o site www.flamengo.com.br/anjodaguarda e escolher um projeto. Em menos de 5 minutos você conhece todos os projetos, simula os 6% do seu IR e emite o boleto de doação. Pronto, você já será um Anjo da Guarda Rubro-Negro!  
Olha aí o passo a passo:
1 - Você acessa www.flamengo.com.br/anjodaguarda

2 – Todos os projetos estão lá descritos. Você escolhe para qual deseja contribuir.

3 – Usa o simulador e calcula quanto é 6% do seu Imposto Devido

4 – Emite o boleto e depois paga no banco ou casas lotéricas

5 – Um recibo será enviado para você e na Declaração Anual de Ajuste você declara a doação, de forma similar a uma despesa médica.


PRONTO! VOCÊ AJUDOU O MENGÃO SEM GASTAR A MAIS! USANDO O QUE VOCÊ JÁ PAGARIA DE IMPOSTO DE RENDA! (LEI Nº 11.472, DE 2 DE MAIO DE 2007)

PRINCIPAIS DÚVIDAS:

1 – Para onde vão os recursos?

A doação pode ser para um ou mais projetos, que você escolherá. Por enquanto, estão disponíveis quatro projetos para doações envolvendo todos os esportes olímpicos do C.R. Flamengo. Em breve, a doação para o projeto do Centro de Treinamento do futebol de base estará também aberta. Qualquer contribuição é fundamental, desonera o clube como um todo (incluindo o futebol) e contribui diretamente para que cerca de 1.500 atletas e profissionais de diversos esportes possam continuar a sua luta de representar o clube Mais Querido do Mundo.


2 – Os 6% incidem sobre qual base?

Sobre o imposto de renda devido total. Inclusive sobre o IR que você já pagou na fonte durante o ano. Por exemplo, se você paga R$ 1 mil na fonte todo o mês (e não tem despesas médicas), em treze salários o desconto terá sido de R$ 13 mil. 6% de R$ 13 mil = R$ 780, é o que você poderá contribuir, a ser deduzido integralmente de seu IR a pagar em abril.


3 – Recebo restituição de I.R. e não tenho ajuste a pagar em abril. Posso contribuir?

 Sim. De qualquer maneira, você tem uma base de imposto devido (que é inferior ao de imposto pago, por isso a restituição). Se o imposto devido for de R$ 13 mil, como no caso acima, você pode contribuir com os mesmos R$ 780 e receberá esse valor a mais na restituição.


4 – Como descontar a contribuição na declaração de ajuste em abril?

Você receberá por correio regular e e-mail o comprovante de pagamento vindo do Ministério dos Esportes. Na declaração em abril, você deve acessar a seção Pagamentos e Contribuições, acessar o código 43 e preencher os dados relativos.


5 – Qual é o valor mínimo e máximo valor de contribuição?

Por questões de custo operacional, o menor valor de contribuição é R$ 100. Não há valor máximo, existe apenas o limite de desconto no IR de 6% sobre o imposto devido. No caso descrito, se a pessoa quiser contribuir com R$ 5 mil, poderá fazê-lo sem problemas. Ele receberá o recibo nesse valor, mas só terá o desconto de R$ 780 na declaração de ajuste em abril.


6 – Informações finais: A dedução da contribuição (como qualquer outra) somente é possível na declaração pelo modelo completo. Importante: A data final para a contribuição é 27/12/2013.

O FLAMENGO PRECISA DE VOCÊ, QUE NÃO VAI GASTAR A MAIS POR ISSO. O FLAMENGO É O ÚNICO CLUBE DO RIO A TER UM PROGRAMA COMO ESSE! VAMOS MOSTRAR A FORÇA DA NAÇÃO RUBRO-NEGRA! CONTE COMIGO MENGÃO!


Prêmios para Elias e Hernane

Prêmios para Elias e Hernane
Premio Craque do Brasileirão - Elias (Foto: Mauro Horita)

Foi um dia de prêmios, para coroar um ano que, se não foi brilhante, foi muito bom. Com um final de ano fantástico, o Flamengo não só trouxe alegria para a sua torcida, como teve alguns jogadores como destaque nos prêmios distribuídos no fim do ano por revistas e sites especializados.

Elias ganhou o prêmio de melhor volante do Campeonato Brasileiro pela CBF e do Bola de Prata (premiação da revista Placar e ESPN), com Nilton do Cruzeiro. A permanência dele no Flamengo está muito bem encaminhada por 4 anos. 
O jogador elegeu o ano de 2013 como especial e revelou a felicidade ao ver o Maracanã lotado gritando o seu nome. Depois da dificuldade enfrentada com o pequeno Davi, internado com pneumonia em alguns momentos decisivos do Flamengo na Copa do Brasil, e com atuações decisivas, como foi no jogo contra o Cruzeiro na Copa do Brasil Elias merece toda a reverência do torcedor rubro-negro.

Artilheiro do Flamengo, Hernane leva Chuteira de Ouro do Brasileiro 2013

Hernane teve um ano de ouro. Talvez pensando nisso, o prêmio "Chuteira de Ouro" do Bola de Prata foi para ele. Ele terminou em segundo lugar na artilharia do Brasileirão, mas foi artilheiro do Estadual e da Copa do Brasil. A boa fase do atacante e seu papel fundamental no desempenho do time em 2013 valeram ao atacante o prêmio de Craque da Galera, promovido pelo GloboEsporte.com.  Grato ao Jayme, que o colocou para jogar, o artilheiro do Brasil, com 36 gols, caiu na graça da Nação.

Os 36 Gols do Hernane "Brocador" pelo Flamengo 2013

Dois destaques, dois premiados num Flamengo que ninguém esperava tanto sucesso. O fim de ano espetacular tem que ser comemorado. Assim como o prêmio desses jogadores.

Saudações!

Wellington Silva: o visionário do ano!

Wellington Silva: o visionário do ano!
http://l.yimg.com/bt/api/res/1.2/AinQieOY4kDKzxS5SZFUOg--/YXBwaWQ9eW5ld3M7Y2g9MjM2Mjtjcj0xO2N3PTM1NDM7ZHg9MDtkeT0wO2ZpPXVsY3JvcDtoPTQyMDtxPTg1O3c9NjMw/http://l.yimg.com/os/274/2013/03/11/ODR20130130139-1--jpg_202349.jpg

Em 2012, o time do Flamengo começou a se equilibrar quando um certo lateral, magrinho, com uma história de ser cobrador de van, começou a se destacar e o técnico teve que colocar o Léo Moura no meio de campo para não barrá-lo. O lateral estava "engolindo" o capitão do time e ídolo do clube e a titularidade no ano seguinte era questão de tempo.

Acabou o ano e o certo lateral, que o Flamengo comprou uma parte do passe dele, não renovou o contrato com o clube. Saiu sem dar satisfação ao então diretor de futebol do Flamengo, o Zinho. Preferiu o Fluminense, o então Campeão Brasileiro e que iria jogar a Libertadores de 2013. Ao ser apresentado ao Fluminense, falou que jogador tinha que pensar alto. Falou em seleção e que estava jogando no melhor time do Brasil.

Lateral visionário. Mirou na Libertadores e acabou na série B. Quis chegar a Seleção Brasileira mas entrou em campo para o jogo que rebaixou o Fluminense.  Não sei quantos jogos ele jogou na Libertadores e nem quero saber. Mas sei que teve tantas lesões que durante algum tempo nem o banco de reservas frequentou.

O prêmio de visionário do ano não poderia ser para outro jogador. Enquanto o Flamengo vai para a Libertadores em 2014, campeonato que o ex-futuro lateral direito da Seleção Brasileira queria tanto jogar, com o capitão ex-barrado voando em campo, o lateral visionário vai jogar a Série B, provavelmente na reserva.

Boa sorte, visionário. E cuidado com a série C.

Rafinha emprestado ao Bahia. É uma boa?

Rafinha emprestado ao Bahia. É uma boa?
montagem Rafinha e Feijão (Foto: Editoria de Arte)
Saiu a notícia no Globo.com sobre uma possível troca entre Flamengo e Bahia entre promessas para o próximo ano. O Tricolor baiano receberia Rafinha e em troca mandaria o volante Feijão para Gávea. A negociação para o empréstimo de um ano teve início na última semana, e as partes estão confiantes em um acerto em breve.
Rafinha teve um início de 2013 muito bom no Flamengo. Arrebentou com Dedé num jogo contra o Vasco,  teve o gol mais bonito da competição contra o Figueirense mas acabou não sendo muito utilizado pelos técnicos no resto da temporada.  Jorginho, Mano Menezes e Jayme de Almeida preferiram outras opções e em alguns jogos ele nem ficou no banco de reservas.  Foram três gols em 44 partidas que entrou em campo.
A pergunta que fica, não só para Rafinha mas para outros meninos que sobem para os profissionais da divisão de base do clube é: o quanto um empréstimo é válido para o amadurecimento desses jogadores?  Já tinha debatido isso aqui no blog no post "O estouro e a base do Flamengo". O Flamengo tem um grande desafio com os meninos que foram campeões da Copa São Paulo de Futebol Junior, pois a maioria deles está no elenco profissional.

A informação (da Globo.com) que se tem do Feijão é que ele  é cria das categorias de base do Bahia e foi integrado ao elenco profissional após a Copa São Paulo de Futebol Júnior deste ano. Aos 19 anos, o volante participou de 27 partidas na temporada, 20 como titular.
É uma troca de um garoto pelo outro. Se o Flamengo não tiver que pagar diferença de salário (e isso geralmente acontece porque os garotos do Fla recebem um salário mais alto que os garotos dos outros times), pode ser uma alternativa a mais para um ano que precisaremos de elenco e jogadores diversificados.
Vamos ver como as coisas se desenrolaram. A temporada de trocas, especulações, reforços e contratações está apenas começando.
Saudações!

Esse fim de ano é nosso, mulambos!

Esse fim de ano é nosso, mulambos!
Flamengo x Cruzeiro (Foto: Rossana Fraga/ LANCE!Press)

Jogo de entrega de faixas, um dia depois de relembrar o nosso Hexa. Tem como ser mais feliz? Tem porque no domingão TEEEEM! Sabe o povo chato que aproveita qulaquer deslize do Flamengo para dar uma sacaneada? Pois bem, mais do que nunca, como sempre, iremos à forra!

Flamengo entrou em campo contra o Cruzeiro para receber e entregar as faixas de tri-campeão com o time titular, exceto as ausências por causa de suspensão e Felipe que foi poupado. As substituições que houveram diz tudo como o Flamengo terina o ano: em frangalhos fisicamente. Substituições obrigatórias por causa de contusão e Bruninho se arrastando em campo exemplificam bem essa situação. Que ano difícil!

Além das substituições feitas por causa de contusão, com Paulo Victor fora e Felipe poupado, a estreia do goleiro que veio da base e agrega valor na beleza do Flamengo acabou sendo a grata surpresa da noite. Com defesas importantes e sensacionais, César garantiu o empate e recebeu até aplauso de adversário depois de defender uma cobrança de falta. Justo e merecido. Defendeu muito. Lendo esse texto, você sabe quantas defesas ele fez? Nem eu! Assista esse video e relembre as defesas!

Festa linda, mais de 40 mil pessoas no Maracanã para a despedida de um time que a torcida abraçou. Abraçou porque deixaram muito suor em campo, honraram o Manto e escreveram mais um capítulo lindo dessa relação antológica entre Flamengo e Nação. Esse casamento que pode até passar por crises, mas juntos, são muito mais fortes.

Nao estou satisfeita com a posição do Flamengo no Brasileirão. Fiquei com a sensação que poderíamos ter chegado mais na frente. Mas estou MUITO satisfeita com o título, claro!, da Copa do Brasil e esse reaquecimento da torcida com o time. Ficou claro o quanto o Maracanã é importante nessa relação. E quanto o Maracanã é nossa casa.

Escrevi, lá no dia 19 de Janeiro, na estreia do Carioca desse ano, que ele seria uma gota num oceano. Passamos por marolas, ondas gigantes e atravessamos até Furacão. Agora, o oceano está na calmaria, depois de um ano de trabalho intenso da diretoria e jogadores. Na calmaria, o oceano é mais bonito e mais fácil de navegar.

Terminaremos o campeonato na segunda folha da tabela, mas com a sensação de dever cumprido. E essa sensação depois de alguns anos de sofrimento é boa demais. É um UFA com caps lock!

Abra o sorriso, mulambo. Esse fim de ano é nosso!!!!

O estouro e a base do Flamengo

O estouro e a base do Flamengo

http://www.flamengo.com.br/site/upload/noticias/201102162143052816_ampliada.jpg

Com alguns jogadores que estouram a idade dos juniores, o Flamengo terá que integrá-los no elenco profissional do time, que tem apresentação marcada para 8 de Janeiro.

A categoria de juniores, que é a porta de entrada do profissional, tem o limite de idade de participação de até 20 anos.  Os juniores são a última categoria de base da carreira de um jogador. É a fase que precede sua ida para o time profissional ou o seu abandono do futebol. São permitidos atletas de até 19 anos nas competições desta categoria. A exceção da Taça OPG, que aceita inscritos que tenham até 20 anos de idade. Como jogadores que chegam a essa idade não podem mais jogar na categoria, ou vai para o profissional ou é emprestado pelo time de origem.

O Flamengo tem Igor Sartori, Rodolfo, o zagueiro Fernando e o meia Fernandinho, que atingirão o limite de idade nos juniores e terão de ser promovidos ou emprestados. Eles também participaram do grupo principal em 2013, em algum momento com algum treinador.

O que se sabe é que Rodolfo, o queridinho das Redes Sociais, vai retornar ao grupo principal em 2014.  O técnico Jayme de Almeida já falou que tem planos para a promessa e ele se apresenta dia 8 de janeiro no Ninho do Urubu.

Esse estouro de idade com jogadores que ainda estão em formação prejudica a evolução dos meninos. Os que conseguem se manter no Flamengo, muitos fazem figuração, como o Frauches que entra só quando o reserva do reserva não joga. Outros nem aparecem, como é o caso do atacante Lucas, já que os técnicos preferem trabalhar com Adryan/Nixon/Rafinha, que quase sempre habitam o banco de reservas. As exceções no elenco atual do Flamengo são Samir e Luiz Antonio.

Esses jogadores que sobem não tem como ter rendimento bom imediato porque além de deixar de participar de jogos completos, tem uma mudança significativa de ritmo de jogo, com jogadores mais fortes e habituados ao profissional. Se eles jogassem sempre, eles só iriam começar a jogar futebol profissional com 2,3 anos de prática, imagina jogando eventualmente. Você sabe quanto tempo o Zico demorou para começar a jogar bola depois de estar nos profissionais do Flamengo? Se o Zico, que é O Zico, demorou esse tempo, imagina esses meninos que vêem na concorrência com jogadores que chegam tipo "pacotão interior paulista", as chances de entrar em campo dimuída.

Paciência é o que tem que ter com essa garotada da ase que estoura no Flamengo. Porque se fizerem negociação e o menino jogar bem por outro time, a dor de cotovelo será imensa!

O mimimi eterno de técnicos de futebol

O mimimi eterno de técnicos de futebol
http://s2.glbimg.com/5N2yvbCvzUaqPG-uzT53hbinEHz-tvKCqNmgw3N05T4DJdMQQD9sQhls9myjaG3u/s.glbimg.com/es/ge/f/original/2013/04/26/jorginho-andrade-alexandrevidal-flaimagem_1.jpg

Certos ex-técnicos do Flamengo deveriam ser proibidos de falar sobre o clube depois que saem dele. Até porque, para ter um holofote a mais, precisam falar do Flamengo. Que sina, Mengão. Que sina!

Primeiro foi o Andrade. Ou você lê sem nenhum incomodo os "desabafos" antes de algum momento importante? O último, na véspera da final da Copa do Brasil, falando que foi traído já em 2010. Mas ele já não tinha falado sobre isso? Eu fico imaginando o que sente o Juan, quando o ex-treinador dele fala que ele era o mais chatinho em 2009. Na verdade, Andrade não precisa viver a sombra do que viveu em 2009 em no inicio de 2010. Andrade não é ídolo do Flamengo. Ele é MUITO ídolo. Daquele tipo que merecia ter a "6" eternizada porque jogou demais. Lutou demais. Ganhou titulo demais. Fez tanto que nem ser campeão brasileiro pelo Vasco manchou sua linda história no Mengão.

Talvez pensando no desempenho que o Andrade teve no Flamengo, a diretoria do Flamengo contratou Jorginho para ser técnico do time em 2013. Deve ter pensando na história que teve como lateral no clube e também dele ter sido auxiliar do Dunga na seleção que foi a Copa de 2010. Do Jorginho, agradeço a saída do Alex Silva e a do Canelada (entendo a importância do Renato em alguns momentos do clube mas acho que era a hora dele sair!). E não é que o Jorginho vem com o mesmo discurso que o Andrade, numa que foi traído e que "ainda vai contar tudo". O cara está na Ponte Preta, na final de um campeonato inédito para o clube que paga o salário dele e ele fala do Flamengo. Depois da  entrevista maldita insinuando que o Flamengo gosta de mandar em arbitragem, ele nunca deveria ter vestido qualquer uniforme do Flamengo. Mas, com um rendimento discutível como técnico, diz que vai contar tudo. Mas não esqueço da posição que ele deixou o time no Brasileiro: penúltima posição.

O que fica de lição nessas duas histórias é: quem faz muito mimimi acaba com a paciência alheia.

Saudações!

Especulações no Flamengo para 2014

Especulações no Flamengo para 2014
http://imguol.com/c/esporte/2013/11/28/27nov2013---leo-moura-ergue-a-taca-de-campeao-da-copa-do-brasil-de-2013-apos-vitoria-do-flamengo-sobre-o-atletico-pr-1385604400884_490x290.jpg

Chegou a hora das especulações no futebol brasileiro. Sim, isso não acontece só com o Flamengo. Todos os times tem torcedores ávidos por qualquer informação que possa ser o futuro reforço que vai fazer a diferença no ano de 2014. Os apuradores, jornalistas ou não, pegam a posição carente de cada time (ou as vezes nem isso) e escolhem jogadores que teriam disponível no mercado. Se houver uma declaração de algum dirigente falando algo positivo do jogador, vira quase reforço.

Não há site de notícia de futebol que não tenha aumento em suas visitações em posts específicos sobre esse assunto. Não há jornalista/apurador/torcedor que não tenha número de seguidores em twitter, por exemplo, aumentados depois de soltar um "acho que vem coisa boa por ai para o Flamengo."

As barrigadas são constantes. Talvez a mais épica tenha sido a do Gilberto Silva, que foi anunciado como reforço do Flamengo em pleno Jornal Nacional. A do  GloboEsporte.com o Thiago Neves chegando em Londrina e três dias depois ele anunciando contrato com o Flor não fica atrás. As desse fim de ano, você pode acompanhar aqui.

O fato é que, com Libertadores, reforços devem chegar. Como a política de contratação não mudou porque o objetivo continua sendo manter o Flamengo equilibrado em suas despesas x receitas, não creio em grandes nomes (lê-se tambem grandes salários), tipo Giuliano (que parece que ficará mesmo na Ucrânia) ou Zé Roberto (que renovou contrato com o Grêmio). Não acredito em Mariano, que não viria para ser reserva de luxo do Léo Moura, nem do Julio Cesar, a não ser que ele diminua o salário que ele ganha na Inglaterra.

O Flamengo precisa se reforçar para a Libertadores. Não tem como ficar com Digão como reserva do Léo Moura, num ano que ele pode jogar menos, Gabriel portando a 10, como se fosse organizador do time, uma lateral esquerda a mercê dos bons cruzamentos do André Santos e de um reserva como o João Paulo. Para a Libertadores, mais do que sorte e peças se encaixando,  precisamos de qualidade. E qualificar esse grupo do Flamengo é necessário.

Especulações para 2014, "vem nimim". Mas vem sem Kaká, sem Juan, sem Forlan. Vem com nome que eu possa discutir, gostando ou não, para render assunto.

Agora é a sua vez. Quem você gostaria no Flamengo em 2014?

Paulo Pelaipe - anjo ou demônio?

Paulo Pelaipe - anjo ou demônio?
http://imgsapp.esportes.opovo.com.br/app/noticia_128033434835/2013/10/28/2655997/Pelaipe-Trreino-Flamengo-Bruno-LANCEPress_LANIMA20130628_0071_30.jpg

Talvez seja uma das discussões entre torcedores do Flamengo mais acalorada e mais cheia de argumentos para todos os lados, os que são a favor e contra Paulo Pelaipe.

Paulo Pelaipe, ou Pelaipe, é o diretor de futebol do Flamengo que foi contratado pelos Smurfs para fazer parte da reconstrução do clube. Vinha com referência, para os torcedores, o trabalho feito no Grêmio, um clube que contratou um montão de medalhão, jogadores conhecidos, e não ganhou nada.

Chegando ao fim do ano, com o titulo da Copa do Brasil, parece que Pelaipe ganhou uma sobrevida para continuar em 2014. Os mesmos veículos que davm como certa a saida dele, agora falam com maior moderação sobre o assunto.

A limpeza que foi feita no futebol do Flamengo, com a dispensa de jogadores que custavam caro e que tinha dívida ainda da gestão passada, como era o caso do Ibson e Vagner Love e a contratação de reforços quase sem dinheiro e que deram certo como Wallace e Paulinho são os maiores argumentos de quem acha Pelaipe um "anjo". Não há quem não o defenda com a premissa de que "contratar com dinheiro é mole, que ver fazê-lo sem dinheiro."

Por falar em contratações, as contratações improváveis deram certo. As que tinham tudo para darem certo, não vingaram. Flamengo foi buscar a promessa do Brasileirão 2012, pagou "caro" pelo Gabriel e se viu envolvido numa investigação do Ministério Público sobre a negociação. Gabriel não vingou, assim como Val, o principal "nome" no trem caipira que aportou na Gávea mais ou menos no meio do ano. Carlos Eduardo, a aposta mais alta e contestada, não disse a que veio. Num ano que o dinheiro foi prioridade, parecia uma afronta o salário mais alto do elenco ser de um cara que penou para entrar em forma.

E aí é que começam os argumentos de quem acha o Pelaipe o "demônio". Além de contestar o investimento feito por Carlos Eduardo, enumeram os jogadores do mesmo empresário no elenco, as trocas de técnicos e da sorte que teve com a escolha do Jayme, a ineficiência de Bruninho, Val, Diego Silva. E fica a pergunta: e se Wallace e Paulinho não tivessem arrebentado nesse final de ano?

Flamengo ainda não definiu se Pelaipe fica para 2014.

E aí, ele é anjo ou demônio? Fica ou não fica para 2014?

Ofertas do Black and Red Weekend, mulambos!


E aí, mulambo? Tem se divertindo muito? Tem, né? Eu te entendo. Ô se entendo. A gargalhada está mais fácil, o povo de lá do lado da força anda cabisbaixo e você está com todas as gozações possíveis e imagináveis na ponta da língua. É bom demais ter o Flamengo na nossa vida. CURTA-O, CURTA-O, CURTA-O!

Mas se você acha que essa sua vida de trollador está perto do fim só porque a quarta-feira está se distanciado, vou te informar, desde já, que você está enganado(a).  Se ontem foi a Black Friday, hoje começa o Black and Red  Weekend.  Vem comigo que te explico!

É público e notório o desespero dos secadores para ter um fim de semana digno. Enquanto o povo da turma que chora acaba com as unhas e dedos tentando se agarrar a um grupo que não lhe pertence, o povo da floricultura e da marquise anda tentando fugindo de um grupo que lhes pertencem.  Então, para você aproveitar o seu Black and Red Weekend, resolvi descrevê-lo como ele será:



Manhã/Tarde de sábado e domingo:

Não desperdice a oportunidade que a Black Friday não deu. Por acaso, você já mandou mensagem de BOM DIAAAAAAAA ou BOA TAAAAARDE ou BOOOOOA NOOOOOITE para todos os antis? Já mostrou para seus amigos o quanto você é legal e atencioso (a)? Aproveite a manhã de sábado para "zapear" seus contatos (seja em telefone, em rede social ou agenda  de papel) e mostrar todo seu lado sociável. Oportunidade única, estilo Black Friday.

Verifique, por gentileza, se há manto disponível. Separe-o. Tire o atraso do sono, compre comida para o Black and Red Weekend.

Noite de sábado - 19:30 - Oferta 1 do Black and Red Weekend
"NEGOCIE SUA DÍVIDA"

Os flores entram em campo. HAHAHAAHAHAH! A favor deles, um time que pensa no mundial e com jogadores que não colocarão a perna em dividida. Saca a maria mole do saco de Cosme e Damião? Será o Atlético Mineiro. A nossa possível sorte é a perebice imaculada do time da floricultura. Se não fosse o Rafael "Tatoo" Sóbis" nesse bando, a gente já estava comemorando o rebaixamento desses eternos devedores de série de acesso. Tem como ser menor do que esses pélas? Tem, infelizmente.

Tarde de Domingo - 17:00 - Oferta 2 do Black and Red Weekend
"DENOREX"

Nada é menor que o Fluminense, a não ser o Botafogo. O time que acha, mas não é. O time que do acha que vai, mas nunca vai. É igual a Denorex, parece grande, mas é. Até o Val é campeão da Copa do Brasil, mas o Faísca, nééééécas de pitibiriba. Triste sina da estrela solitária, que de tão solitária já deprimiu e só chora. Os chorões, vulgo cavalo paraguaio, enfrentam o Coritiba, que luta contra o rebaixamento. Na casa deles. Com a torcida daquele jeitinho. Tá certo o Botafogo em pensar na Sul Americana. Protege o coração do técnico e não cria expectativa. Mais vale uma Sul Americana na mão do que uma Libertadores voando. Vooooou, vooooooou, voooou, voooooou!  Valentões da Internet, agora chooooooooora!

Tarde de Domingo - 17:00 - Oferta 3 do Black and Red Weekend
"VAI CAIR"

Se um é pouco, dois é bom, três é demais, não poderia de oferecer a oferta "vice pra sempre". Apesar de parecer ter a missão mais fácil da tarde/noite com um jogo com ingresso só mais caro que promoção da Marquise a R$ 1,00, o Vaskin enfrenta o lanterna do campeonato, no Maracanã.  Sei lá, mas se o Naútico jogasse com o sub-15, traria os três pontos pra Recife. Fico imaginando com deve ser a vida do vascaíno... Deve ter saudades da época que o Vakin era sempre vice do meu mengão. Ali, a segunda divisão ainda não os rondava. A eles, só um recado: O VASCO VAI CAAAAAAAAAAAAAAAIRRRRRRRR! Segura a fila da marquise, rapaziada!

OFERTA ESPECIAL - BRINDE DO WEEKEND

No mesmo horário que a turma que tenta fugir da segunda divisão entra em campo, tem o Brinde do WEEKEND: Mengão em campo. Flamengo entra em campo para nada mesmo, mataaaaaaando o Renato Gaúcho de inveja que sempre quis brincar no Brasileirão. Nós vamos brincar no Brasileirão, contra o Vitória, no Barradão. Vitória briga por vaga na Libertadores não podemos dar mole. Mas, vem cá, você tá preocupado com isso? Vai caçar os nomes na agenda de telefone, do celular, no faceboo, no raio que o parta, vai!

O fim de ano perfeito está se aproximando. Uma etapa, com a gente campeão da Copa do Brasil já foi. Falta agora o Bosta fora da Libertadores, Vaskin e Flor rebaixados.

AI AI AI AI AI AI AI AI... ESTÁ CHEGANDO A HORA!

Uma noite para entrar na história do Flamengo

Uma noite para entrar na história do Flamengo


Foi épico. Recorde de publico e de renda, quebrando tabús e refazendo uma relação entre torcida e time que o Flamengo tinha perdido.  No ano da volta do Maracanã, o Flamengo, o campeão, voltou! Foi a redenção de um time que, desacreditado, foi esculachado. Foi a redenção de um clube que tenta, com a força do seu maior patrimônio, o que será o maior título da sua história: a sua própria recuperação financeira, moral e administrativa.

Ninguém disse que seria fácil. E não foi a toa que na semana de um título nacional que não tínhamos desde 2009, recebemos a notícia que foram pagos mais de R$ 80 milhões em passivos, da dívida do clube. Mais do que o título da Copa do Brasil, mais do que comemorar os gols, eu agora comemoro as vitórias do Flamengo fora de campo. Podem dizer que nem CND nem borderô entram em campo, mas eles ajudaram, e muito, a noite épica que tivemos no Maracanã.

E que noite maravilhosa! A comunhão entre time e torcida, a fé que a Nação tem em 11 homens que portam o Manto e o imenso amor que faz pessoas se deslocarem milhares de quilometros para estarem mais perto disso tudo não dá para ser esquecido, não dá para ser ignorado. É para ser festejado e MUITO!

Que a noite de hoje entre na história do clube não só pelo título conquistado. Que a noite de hoje entre na história do Flamengo como a solidificação de um novo Flamengo, da caracterização de um novo caminho que foi escolhido e ainda tem muitos frutos para dar. Que esse título seja apenas o início de uma bonita estrada. A estrada que vai nos levar para as maiores alegrias que o Flamengo pode nos dar.

Há quase um ano, um povo azul que se fundiu ao vermelho e preto cantava, com o coração cheio de esperança num futuro bacana, "o campeão voltou". Naquela segunda-feira, era impossível não acreditar que num futuro melhor.

O futuro chegou e a esperança se concretizou. Seja bem-vindo de volta, nosso Flamengo campeão.

Dia 27 de novembro - o dia da redenção rubro-negra!

Sabendo que era impossível e/ou improvável, Flamengo foi lá e fez!

Sabendo que era impossível e/ou improvável, Flamengo foi lá e fez!


Deu a lógica. Num jogo que o Flamengo levou do jeito que quis e definiu nos últimos momentos, o titulo da Copa do Brasil é nosso. Tri-campeão. Flamengo era favorito, jogou melhor o primeiro jogo, fez a melhor campanha do campeonato e jogava em casa com a torcida do seu lado. Qual era o seu medo, mulambo?

Isso aqui é Flamengo. Certamente, dentre muitas coisas que isso significa, a facilidade em ganhar algo não está no rol de coisas que combinam com ele. Será que está aí o grande segredo dessa paixão rubro-negra que fez um país parar para ver um jogo de futebol?  Será que aí está o motivo de quem não faz parte dessa Nação sempre tenha impressão que o "hoje não" é mais corriqueiro que o normal porque, no fim, o "é campeão"?  Ah, o Flamengo que desafia a lógica e, por desafiá-la, deixa mulambos mais apreensivos que o normal.

Difícil explicar a lógica do Flamengo. Se eu te falasse, em julho, que o Flamengo seria campeão nacional com zagueiro de 18 anos, Hernane artilheiro de Campeonato, jogador vindo da base como craque do jogo final, Elias fazendo gols decisivos e com um técnico colocado de emergência no cargo, você me internaria no hospício, né?  Nem o mais fanfarrão dos rubro-negros, daqueles que apostam em 3x0 em jogo decisivo ou que diz que Obina é melhor que Eto, seria capaz de ter tamanha criatividade para fazer essa combinação. Pois é, o Flamengo foi lá e fez essa combinação dar certo e transformar em título. A lógica do Flamengo é fazer o improvável, é testar a nossa fé para nos fazer sorrir logo depois.

O Flamengo, fazendo o improvável, levou milhões de rubro-negros espalhados pelo mundo ao êxtase. E eu, que sou mais uma nessa linda Nação,  não sou diferente. Estou felizona. Mesmo. São em momentos como esse que o canto no "é meu maior prazer, vê-lo brilhar" fica mais gostoso de cantar, que o vermelho e preto fica mais usual e que meu orgulho fica aumentado. Não sei se sou Flamengo por causa das alegrias e da emoção indescritível que ele me faz sentir. Só sei que é bom demais ser Flamengo e fazendo o impossível, como foi nesses últimos dois meses, a minha felicidade só aumenta.

É bom demais ser campeã. É bom demais se emocionar com o Flamengo. É bom demais SER FLAMENGO!

A cretinice na montagem na faixa de Tri-Campeão do Flamengo

A cretinice na montagem na faixa de Tri-Campeão do Flamengo
https://pbs.twimg.com/media/BZ85DDPCAAEYKOA.jpg

Não vi a polêmica da montagem das faixas acontecendo. E esperei mais de 24 horas depois de saber do ocorrido para escrever alguma coisa. Sabe por quê? Por que torcedor, de cabeça quente, perde a razão. Como sou torcedora, não estou imune a isso, escrever de cabeça fresca é sempre melhor.

As notas oficiais, tanto a loja que foi tirada a foto, quanto o site que a publicou  negaram a autoria dessa montagem ridícula e cretina. Embora a gente não saiba quem fez a montagem, a gente sabe o motivo: provocar o bla bla bla que só o Flamengo provoca, ainda mais em final de Campeonato. É pública e notória a intenção de muitos à atribuição ao Flamengo um favoritismo a fim de gerar um oba-oba e desestabilizar o próprio time/clube na final, que é importantíssima para o seu futuro.

Porém, a montagem em questão beneficia mais o site do que a loja. Como o site sobrevive de visitas e quanto mais polêmica, maior a quantidade de acesso. No caso, o site ganhou em triplo: na notícia, no desmentido da polêmica e num editorial que usou a loja como escudo.

Não foi a toa que o site que publicou a montagem lançou um desmentido e o editorial. Diria até que esse site está mais sujo que poleiro de galinha. E que continue assim.

Quanto a loja, teve o seu bônus (embora eu acredite que o ônus foi maior!). Uma matéria, no mesmo site, teve uma foto bacanuda com o nome da loja, mais parecendo uma propaganda como qualquer outra coisa.

Como não vi nenhuma foto de jogador de Fut 7 com a faixa de tri-campeão, o site não assumiu e acredito (minha opinião!) que a loja teve mais ônus que bônus, essa polêmica serviu para abrir os olhos dos torcedores (e dessa blogueira) para a intenção de matérias publicadas, principalmente em semana decisiva de campeonato. Hoje, mais do que nunca, o questionamento se faz necessário para que a idéia de alguns (no caso, o adesivo da faixa), não seja colocada como opinião de muitos (os torcedores do Flamengo).

Olho aberto, Nação!

Troca de ingressos com horários estendidos: bola dentro do Flamengo

Troca de ingressos com horários estendidos: bola dentro do Flamengo
http://imgs-srzd.s3.amazonaws.com/srzd/upload/f/l/flamengo.torcida.cb.620.jpg

A venda de ingressos parece mesmo ser um calcanhar de aquiles desse 2013 do Flamengo. Mais o que a venda, a necessidade de busca deles, pois não dá para imprimir em casa, como a grande maioria dos eventos que você faz a compra online, faz torcedores penar em filas, muitas vezes, inacreditáveis.

A bola dentro do Flamengo na troca de ingressos para torcedores (ou sócio-torcedores) diz respeito a modificação do horário para tal. Se antes havia uma reclamação que a troca só poderia ser feita em horário comercial (ou quase isso), agora o clube, além de disponibilizar um posto permanente de troca de ingressos, na Gávea, que ficará aberto até as 18h de quarta-feira, dia da decisão da Copa do Brasil, estendeu o horário em vários outros postos para facilitar a vida do torcedor.

Tomara que o clube comece a entender que quanto mais facilitar a vida do torcedor em relação ao ingresso (e isso vai além do preço dele), maior será a possibilidade desse torcedor frequentar jogos do Flamengo, não só em finais como a que acontecerá nesta quarta-feira, contra o Atlético-PR, no Maracanã.

Os problemas que houveram e que geraram filas na sede do clube ou em outros lugares são inevitáveis, enquanto houver essa coisa de trocar ingresso e não poder imprimir em casa. Chateia, aborrece, atrasa, mas acontece sendo a venda fosse organizada ou não. Porém, tem gente que trocou ingresso no Maracanã, agora a pouco, sem fila.

Além da Gávea, outros 23 postos de troca de ingressos estão disponíveis para a torcida do Flamengo. De acordo com o site do clube, quem não puder retirar seu ingressos, deve mandar um representante com uma carta escrita a próprio punho pelo comprador autorizando a retirada, o comprovante de compra e uma cópia do documento de identificação. É obrigatório a apresentação do cartão de crédito utilizado para a compra ou de uma cópia.

Parabéns por entender e disponibilizar os mais diferentes horários para troca de ingressos.

Saudações!

Flamengo está pronto para a final da Copa do Brasil

Flamengo está pronto para a final da Copa do Brasil
http://www.flamengo.com.br/site/upload/galeria/fotos/20131120222440_174.jpg

O Flamengo venceu o Corinthians pelo Campeonato Brasileiro e tirou um peso das costas, podendo se preocupar apenas com a final da Copa do Brasil. Decisão essa que teremos força máxima, ou quase máxima. A única ausência, que ainda não foi confirmada, pode ser o zagueiro Chicão. Porém, ele foi substituído tão bem pelo Samir (que voltou depois de um período se recuperando de contusão), que, para muitos torcedores, não chega nem ser um desfalque.

Astral lá em cima, lojas de material esportivo vendendo produto oficial "a rodo" e até uma faixa bandida fora de hora de tri-campeão já pintou por aí.  É mesmo difícil segurar rubro-negro numa final. A empáfia, aquele ar superior que todos nós temos fica mais evidente. O torcedor, aquele que sempre paga a conta, pode fazer o que quiser. O que não pode é a euforia de fora de campo passar para dentro do campo. Dentro dele, como o jogo não começou, não ganhamos nada. Começar o jogo como campeão não significa que o acabaremos como campeão. E é o final que importa, não o começo.

Flamengo é favorito. Não por ter faixa pronta, não por ter o resultado "favorável" do primeiro jogo, não pelo oba-oba dos torcedores. O Flamengo é favorito porque fez a melhor campanha da Copa do Brasil, porque se mostrou um time copeiro e com destaques que vão fazer a diferença nos 90 minutos finais de um campeonato que resgatou o que tem de mais lindo e que só quem é Flamengo entende. Se nem sempre ganha o favorito, eu, sempre, serei mais Flamengo numa final do que qualquer outro time.

A nossa esperança está com Felipe, Léo Moura, Wallace, Samir (Chicão), André Santos; Amaral, Elias, Luiz Antonio e Cadu; Paulinho e Hernane. Sem mistérios, sem dramas, sem bla bla bla.

Estamos prontos. Time na ponta da língua, confiança em cada gargalhada de zoação emitida e, acima de tudo, muita fé em São Judas Tadeu. Calça a chuteira, Santo!

VAMOS FLAMENGO! VAMOS SER CAMPEÕES, VAMOS FLAMENGO!

O quanto os desfalques podem prejudicar o Basquete do Flamengo

O quanto os desfalques podem prejudicar o Basquete do Flamengo


No sábado a tarde, o Flamengo perdeu a sua primeira partida no NBB, para o Pinheiros que estreou o jogador Leandrinho, que volta de recuperação de lesão. Nem a boa fase do argentino Laprovittola foi capaz de impedir nossa derrota.

O que ficou marcado foi os desfalques que tivemos para esse jogo. Além de Benite que se machucou contra o Palmeiras e ainda não tem previsão de volta, o Flamengo tem a ausência dos importantíssimos Marquinhos e Marcelinho, que se recuperam de lesão.

Fico imaginando um time que é montado no inicio de temporada e tem três desfalques desse tipo. Contrata-se mais jogadores ou espera os três jogadores, de seleção, se recuperarem para o restante da temporada? Quem poderia ser substituto do Marquinhos, grande destaque da conquista passada ou do Marcelinho que, embora muitos torçam o nariz, é um grande ídolo do basquete rubro-negro?

Como a grana é curta e parece que Marquinhos e Marcelinho estarão em breve em quadra, o Flamengo não contratará mais ninguém.  Porém, ainda deve passar por algumas dificuldades até conseguir suprir esses desfalques.

Provavelmente, esse inicio de NBB não será igual àquele que se passou!

Saudações!

Dia difícil para os peregrinos do rebaixamento à Série B

Dia difícil para os peregrinos do rebaixamento à Série B
Paulinho comemorando gol pelo Flamengo (Foto: Bruno de Lima)

Os peregrinos que já começam o Campeonato Brasileiro já falando em rebaixamento tiveram um duro golpe depois da vitória do Flamengo sobre o Corinthians. Matematicamente, o Flamengo não tem mais chance de ir para a segunda divisão e agora é só se concentrar na final da Copa do Brasil.

Num dia chuvoso, quase 30 mil pessoas foram ao Maracanã ver o Flamengo, com gol improvável de Paulinho (num chute fora da área), marcar o gol da vitória. Vitória essa que foi garantida, mais uma vez, pelo goleiro Felipe, fazendo defesa salvadora quase no último lance do jogo, no chute do emerson Sheik.

Nessa orientação tática que o Jayme deu ao time do Flamengo, se houvesse na direita a mesma força ofensiva da esquerda que temos com o Paulinho na direita, seria muito mais fácil de criar jogadas de ataque. No jogo de hoje, durante muitos momentos o Cadu foi bem, mas a falta de velocidade e o arranque para partir para cima faz com que o jogo do Flamengo fique bem mais lento. E isso irrita a torcida.

Jogo morno, quase sem emoção mais que os três pontos vieram. Chegamos a 48 pontos e afastamos, definitivamente, o perigo do tal rebaixamento, que é igual caviar... nunca fui, nunca vi, eu só ouço falar.

Vamos focados para o jogo do ano, a final contra o Atlético Paranaense, pela Copa do Brasil. O título será nosso!


No ritmo do argentino que dá show, Flamengo vence Palmeiras no NBB

No ritmo do argentino que dá show, Flamengo vence Palmeiras no NBB
Basquete NBB Palmeiras x Flamengo (Foto:  Fábio Menotti/Ag. Palmeiras)

Sabe aqueles jogadores que ignoram a pressão da torcida adversária? Fi assim que o argentino Laprovittola se comportou em muitos arremesos dados no jogo contra o Palmeiras pelo NBB 6. No ritmo dele, o Flamengo venceu mais um jogo na temporada 2013/2014, desta vez por 84 a 71. O argentino, claro, foi o cestinha do jogo com 30 pontos.

Embora o placar do jogo engane, com a diferença de 3 pontos, o Flamengo teve uma certa dificuldade no primeiro tempo (primeiro e segundo quartos), onde o jogo foi disputado ponto a ponto. No terceiro quarto, que muitas vezes o Flamengo entrava desligado, foi a vez do Palmeiras bobear. Assim, o Flamengo abriu 10 pontos. Com essa diferença, que ora aumentava, ora diminuia, o Flamengo levou o jogo até o final, com uma atuação excelente do argentino que vem dando show.

A nota triste da partida ficou com a lesão do Benite, com uma torção no joelho que pareceu ser grave.

O próximo jogo do Flamengo, que tentará a uqarta vitória na ocmpetição é contra o Pinheiros, sábado, as 16h. Parece que o Leandrinho estreará no time deles.  A partida, que terá transmissão ao vivo do SporTV.

A covardia e a violência contra torcedores do Flamengo no Paraná

A covardia e a violência contra torcedores do Flamengo no Paraná


Atlético PR e Flamengo fizeram um jogo bacana na primeira partida final de Copa do Brasil. Disputado, leal e com respeito em campo, os torcedores que foram ao estádio puderam ver duas equipes disputando um título na bola. E a torcida do Flamengo... Ah, essa dá show em qualquer lugar que vá.

Muitos torcedores saíram do Rio para o jogo e desde cedo era possível ver os aeroportos (do Rio e de Curitiba) com rubro-negros desfilando seu amor pelo Mengão. E, quando eu fico sabendo de histórias de violência e covardia em saída de estádio, passo a admirar ainda mais esse pessoal que, literalmente, está com o Flamengo aonde ele estiver.

Infelizmente, antes e depois do jogo contra o Atlético PR, os torcedores foram vítimas de emboscada pela torcida deles, com direito a chuva de pedras e agressão a senhor no meio do caminho. E a polícia? Bem... A polícia do Paraná chegou depois dos torcedores passarem por apuros para escoltar os torcedores até um local seguro.

"...os caras vieram na covardia, com pedra, pau etc. Foram pra cima do povão, senhor de idade, mulher. Depois chegou uma escolta." 


"Deram porrada em pai de familia na frente dos filhos... Bateram em pessoas q foram apenas torcer."

Até poderia colocar mais mensagens com relatos de quem passou pelo perrengue, mas o que adianta?  Não venha me dizer que a polícia não sabia que isso poderia acontecer, que não tem como coibir isso. Essa historinha de que policia não pode agir contra marginais era na década de 80 que não se tinha uma gama de aparato tecnológico e técnicas de segurança. Em pleno 2013, acredito muito mais em preguiça do que qualquer outra coisa. É mais fácil colocar um cara que ganha R$ 2000, (se ganhar!) com um escudo para proteger torcedor do que focar em estratégias de segurança pública.

O que os torcedores (?) que fizeram isso esquecem é que tem o jogo de volta. E eles serão 7 mil dentro de universo que terá mais de 60 mil pessoas. A proporção é igual mas a diferença é enorme. O que eles não entendem é que despertaram, num monte de torcedor, a sede da vingança, da pancadaria e da "volta". Entendeu o por que marginais tem que ser mantidos fora de estádio?  Simplesmente, se transforma numa história sem fim. Aí o pai de familia que está no Rio de Janeiro a trabalho, mas quer levar o filho ao Maraca para ver o Atlético, fica a mercê desta guerra inútil de torcida e que foi provocada pela torcida do Atlético ontem.

Mas eu entendo. Os torcedores do Flamengo que foram ao estádio ontem deram show, calando um estádio com uma torcida apreensiva e boquiaberta que viu o Flamengo se impor como gigante que é. O que eu espero é que a torcida do Flamengo se comporte bem e que o mico da final fique para essa cambada de marginal que envergonha o futebol brasileiro com covardia e violência nos estádios.

Vamos pra cima deles, Nação. Na bola. No grito. Nas palmas. Porque assim, o Flamengo é muito mais forte e ninguém nos derrotará.

Jogando como time grande, fica mais fácil!

Jogando como time grande, fica mais fácil!
 Flamengo empata com Furacão e consegue vantagem para segundo jogo (Foto: Felipe Gabriel/ LANCE!Press)

Cara, como é bom ver o Flamengo numa final. Como é bom ter esse friozinho na barriga, a sensação de que uma furada é maior do que ela é e comemorar um gol como se fosse o do título. Ah, Mengão, estava com saudades disso!

Flamengo foi até a "casa" do Atlético PR para a primeira partida da final da Copa do Brasil e, graças a São Judas Tadeu, tudo o que falaram durante a semana não se concretizou. O Furacão não foi a campo, marcou mal, cansou no meio do segundo tempo, foi anulado pelo Flamengo, a torcida deles foi engolida pela nossa e a pressão do caldeirão não aconteceu.

O que eu vi nesse jogo foi a inoperância do Flamengo no ataque, não conseguindo armar uma jogada de contra-ataque, perdendo a oportunidade de encerrar esse confronto na casa deles. Porém, não há como negar que foi um belíssimo resultado.  O time do Flamengo não se "apoquentou", jogou como time grande e deixou o coração dessa torcedora aqui cheia de esperança no título na próxima quarta-feira.

Não há nada ganho. Não há nada perdido. Os últimos 90 minutos dessa decisão serão jogados no Maracanã lotado, com 65, 70 mil pessoas impulsionando esse time que tem surpreendido muita gente. Jogando como time grande, sou MUITO mais o Flamengo. Somos favoritos, temos a melhor campanha do campeonato. Vitória simples ou empate em 0x0 o título é nosso. O regulamento é esse e podemos, aos 45 minutos do segundo tempo, jogar com ele.

Quanto aos torcedores que estiveram no estádio hoje, que fantástico. Que sensacional. Que magnífico. Um dia eu ainda encontrarei palavras para descrever o que é isso.

Não desça da posição que alcançou, Mengão. Sonhando alto, como time grande e tendo postural como tal, o caminho fica mais fácil e o tri fica mais perto.

Vamos para cima deles, Mengo!!!

5 motivos para acreditar na vitória contra o Altético-PR


Eis que está chegando a hora da grande decisão da Copa do Brasil. Foi suado, foi sofrido, mas quase desacreditado o Flamengo chegou a uma final de Campeonato Nacional. Confesso que, esperando um ano de reconstrução, essa final é uma grata surpresa. A conquista do título será excepcional.

Pela frente, temos o Atlético Paranaense, um time que, assim como o Flamengo, não chegou nessa final a toa. Com uma programação diferente, iniciando a temporada com time sub-23 e com o time dos profissionais fazendo uma pré-temporada decente, nesse fim de ano em que todos os times estão capengando das pernas, o Atletico parece que sobra em campo. Eles estão lá em cima da tabela do Brasileirão e estamos no meio. Será que, por causa disso, é impossível vencer na casa deles, num estádio que colocará pressão em cima do Flamengo desde o ínicio? Não, não é! Acredito que é possível conseguirmos essa vitória que será importantíssima para o jogo de volta, no Maracanã.

http://3.bp.blogspot.com/-udI7J_-ADU4/Ulf9KZl0GMI/AAAAAAAAcqU/EDfEz3JmqCw/s1600/leo+moura+amaral+hernane+elias.jpg

Sabe por quê?

- Elias pode não estar jogando nada em jogos comuns, mas em jogos decisivos ele vem  estraçalhando os adversários. Não tem como esquecer o gol em cima do Cruzeiro e o segundo gol no Goiás, que tranquilizou aquele jogo que poderia se complicar, principalmente porque eles começaram ganhando. Contra o Atlético-PR é jogo decisivo. É hora do Elias aparecer e fazer a festa da galera.

- Amaral vem combatendo, de uma forma incrível, todos os destaques dos nossos adversários. Ele vem ganhando a maioria dos embates e, com a seriedade que lhe é peculiar, é difícil não acreditar em outra boa atuação. Sem os destaques deles anulados, resultado para nosso lado fica menos difícil de acontecer.

- A zaga do Flamengo, nos últimos jogos, vem surpreendendo muita gente com a bola atuação. Wallace e Chicão parece que se acertaram e, para ficar perfeito, basta tomar cuidado com a bola aérea, que foi nosso calcanhar de aquiles contra o Goiás.

- Podem falar o que quiser, mas os laterais do Flamengo, vitoriosos, podem fazer a diferença. Léo Moura com sua disposição pontual e André Santos com a precisão nos cruzamentos podem fazer a diferença. Experientes, sabem muito bem a hora de atacar/defender e trazem equilíbrio a defesa.

- A "dupla" de ataque, formada por Hernane e Paulinho, aprontando a correria que já foi vista nessa Copa do Brasil (como esquecer o jogo contra o Botafogo?), são muito perigosos. Paulinho é um cara que não desiste nunca, típico mulambo "encarnado" e Hernane é o homem-gol, que está doido para fazer gol fora do Maracanã. Como não acreditar que ele fará um golzinho?

http://imguol.com/c/esporte/2013/09/25/25set2013---andre-santos-comemora-ao-lado-de-paulinho-dir-depois-de-abrir-o-placar-para-o-flamengo-contra-o-botafogo-na-partida-de-ida-das-quartas-de-final-da-copa-do-brasil-1380159505651_1920x1422.jpg

Listei 5 motivos e poderia listar mais alguns. Poderia falar da força que o Flamengo tem em qualquer final que disputa, poderia falar que os jogadores parecem estar fechados com o técnico, mas isso já é tão Flamengo, tão evidente que é como vestir o Manto. O adversário deve tremer ao saber que enfrentará o tie rubro-negro com CRF no peito.

Vamos para cima deles, Mengão. Vamos com seriedade, minimizando erros e com a alegria que está na sua história. O Atlético Paranaense não é nenhum bicho papão. E, se fosse, a pergunta que não quer calar é: você tem medo de bicho papão?

Saudações!