Cadê a renda, ninguém sabe, ninguém viu!





Salgueiro, Flamengo (Foto: Emerson Rocha)

Olha, que vergonha a história da renda do jogo contra o Salgueiro. Claro que a questão que fica é: se houvesse o segundo jogo, o borderô do jogo teria dado o mesmo?

Seeeenta que lá vem história.

O jogo do Flamengo na quarta-feira contra o Salgueiro pela primeira partida da Copa do Brasil teve a venda 12 mil ingressos. Desses 12 mil ingressos, cerca de 3000 foram para torcedores do Flamengo que pagaram R$ 200,00 e o resto para torcedores locais, que pagaram R$ 100,00.

O regulamento da competição manda que, caso o time visitante ganhe por 2 gols ou mais de diferença, fique com 60% da renda. Se não houver essa vitória, o time da casa fica com o valor integral.

Como sabemos, o jogo foi por 2 a 0, o Flamengo teria direito a 60% da renda, porém, ao receber o borderô do jogo, teve uma surpresa: mesmo com estádio com boa presença de público, o borderô apontou um público pagante de 4900 torcedores.

O Flamengo não concordou com o número divulgado e não recolheu  sua parte na renda. O delegado do jogo, Paulo Falcão, explicou que a renda foi de R$ 570 mil e o Salgueiro já teria depositado a parte do dinheiro que caberia ao Flamengo.

O mais inacreditável nessa história foi a explicação do cara, dada ao GE: "Um ingresso para um jogo com o valor de R$100 e R$200 para o Sertão não é um preço barato. Uma renda de R$ 570 mil em um evento, não é todo dia que acontece, é um fato inédito no Sertão. Então, acho que os números refletem a posição exata e correta."

Então porque é um fato inédito no sertão, mataram quase sete mil torcedores que compraram ingresso para o jogo. Vlw Flw. 

Saudações!

Comente:



Nenhum comentário

Comente, sempre, com educação. Se você é do Twitter, do Facebook ou de outra rede social, deixe o seu contato para que eu possa agradecer.
Ah, não esqueça nunca: UMA VEZ FLAMENGO, SEMPRE FLAMENGO!

Tecnologia do Blogger.