Abençoado pelo Rei e prestigiado pela Nação, Léo Moura se despede






Duas coisas me chamaram atenção no amistoso que selou a despedida do Léo Moura do Flamengo: a presença, emocionada, do REI Zico para entregar a placa de homenagem ao jogador e os mais de 30 mil torcedores presentes no Maracanã.

Zico, o  maior ídolo da história do Flamengo, participou da homenagem ao Léo Moura antes do jogo contra o Nacional. Entrando de mãos dadas com o neto, Zico  entregou uma placa a Léo Moura, em homenagem aos dez anos que o lateral-direito esteve na Gávea. A cerimônia, que durou cerca de dez minutos, teve um abraço emocionado em Léo Moura, que retribuiu o carinho e levou a torcida presente no Maracanã ao delírio. Zico estava emocionado. Talvez por saber o privilégio de se despedir em casa, no Maracanã, com a torcida do Flamengo ao seu lado.

Os mais de 30 mil presentes no Maracanã numa noite de quarta-feira às 22h demonstraram, em forma de presença, o quanto Léo Moura está no coração de MUITOS torcedores. O setor Norte do Maracanã teve todos os ingressos vendidos. Filas se formavam desde cedo para compra de ingresso. O coro de 'Leo Moura eterno'  foi lindo. As palmas, a emoção de quem estava no estádio também. "Valéo", "Não vi Leandro, mas vi Léo Moura", "Léo Moura, te amo!", "Obrigado, Léo Moura"... foram algumas das frases que podiam ser vistas pelas cadeiras do Maracanã. Muitos torcedores levaram cartazes e faixas em homenagem ao lateral. Houve também quem optasse pelos adereços para homenageá-lo, como perucas em formato de moicano.

A despedida do Léo Moura teve o enredo completo: vitória, emoção, bênção e muita história para contar.


Comente:



Nenhum comentário

Comente, sempre, com educação. Se você é do Twitter, do Facebook ou de outra rede social, deixe o seu contato para que eu possa agradecer.
Ah, não esqueça nunca: UMA VEZ FLAMENGO, SEMPRE FLAMENGO!

Tecnologia do Blogger.