Raul Plassmann: o grande "poder" de um ídolo!






Um grande ídolo tem muitos "poderes". E quando ele tem uma linda história em dois times que se enfrentam, a rivalidade pode ser deixada de lado para homenageá-lo. Na tarde de domingo, no Flamengo e Cruzeiro, jogo que o Mengão venceu o líder do campeonato, o ex-goleiro Raul Plassmann experimentou esse super poder.  Ídolo nos dois clubes, ele recebeu, antes do jogo, uma homenagem justa pelos serviços prestados.



Raul completou 70 anos no último dia 27 de setembro e ganhou um mosaico especial no estádio, além de os jogadores de ambos os times entrarem em campo com uma camisa amarela, marca registrada nos tempos do ex-número 1. Os jogadores do Flamengo entraram em campo com a camisa 1 para homenagear o ídolo. Os do Cruzeiro entraram com a camisa 70. O telão do Maracanã exibiu imagens de Raul nos tempos de Raposa e Rubro-Negro. Em entrevista após a homenagem, o ex-goleiro exaltou a importância dos dois clubes em sua carreira.

Raul foi campeão do mundo pelo Rubro-Negro em 1981 e conquistou a Libertadores e o Brasileiro pelas duas equipes.

Não é a primeira vez que o Flamengo homenageia ídolos aniversariantes antes dos jogos no Maracanã, Uma ação bacana que aproxima o torcedor e faz os mais novos saberem quem são os responsáveis por essa linda história rubro-negra.

Vida longa aos ídolos!


Comente:



Nenhum comentário

Comente, sempre, com educação. Se você é do Twitter, do Facebook ou de outra rede social, deixe o seu contato para que eu possa agradecer.
Ah, não esqueça nunca: UMA VEZ FLAMENGO, SEMPRE FLAMENGO!

Tecnologia do Blogger.