Remador paralimpico é homenageado pelo Flamengo







O remador paralímpico Michel Gomes conseguiu um resultado inédito e histórico para o Flamengo. O atleta faturou a medalha de prata no Mundial do Crash-B, na categoria Troncos e Braços (TA), nos Estados Unidos.

Michel teve poliomielite durante a infância, o que deixou uma de suas pernas atrofiadas e sempre o distanciou do esporte. Há um ano e quatro meses, após começar a praticar halterofilismo por conta do sobrepeso, o atleta resolveu tentar o remo adaptado e desde então o sucesso tem sido impressionante.

A colocação é consequência da determinação do atleta e da parceria com o técnico Franquilin Oliveira, que falou sobre parceria:

- Tenho a minha parte nisso, mas eu acho que se deve mais a ele, porque fazer o que ele faz todo dia é muita força de vontade mesmo. Tenho a minha parcelinha de contribuição e fico muito feliz por isso, mas só dou o caminho pra ele. Quem faz é ele, pelo dia-a-dia sofrido que ele tem, por morar numa comunidade humilde, por ser uma pessoa muito humilde. Ele só tem a ir mais longe, nesse caminho que está trilhando, que é chegar à olimpíada. - disse o treinador para osite oficial do clube.

Em uma manhã de festa no remo da Gávea, o atleta foi recebido com fogos de artifício e recebeu, das mãos do Presidente do clube, uma camisa com o seu nome e o número 10 nas costas.

- O Michel é a cara do Flamengo. Ele representa uma história de superação e sucesso, e trabalha com Raça, Amor e Paixão. Tudo aquilo que o Flamengo encarna. Tenho certeza que esse é só o começo da história dele. Ainda teremos muitas alegrias com o Michel, não só no Flamengo, mas no remo brasileiro. - disse Eduardo Bandeira de Mello.

Comente:



Nenhum comentário

Comente, sempre, com educação. Se você é do Twitter, do Facebook ou de outra rede social, deixe o seu contato para que eu possa agradecer.
Ah, não esqueça nunca: UMA VEZ FLAMENGO, SEMPRE FLAMENGO!

Tecnologia do Blogger.