A punição do capitão Léo







Não gosto muito de falar sobre a política do Flamengo. Primeiro porque não frequento aquilo lá. E segundo, para falar desse assunto, quase que necessariamente tem que se falar de pessoas e procuro não falar de pessoas. Simplesmente porque as pessoas passam e o Flamengo fica. Elas compõe o Flamengo mas não são o Flamengo. E aqui quem importa é o Flamengo.

Porém, essa semana saiu uma punição para o Capitão Léo, o Leonardo Ribeiro, ex-presidente do Conselho Fiscal do Flamengo por ofensas ao vice de marketing, Luís Eduardo Baptista, o Bap. Como é a segunda desse tipo (em agosto ele foi condenado a 30 dias de suspensão por agressão a sócio), cabe a aplicação do artigo 57 do estatuto do clube, que prevê a eliminação do quadro social no caso de duas punições em menos de um ano.

Ele é o principal alvo dos partidários da atual gestão nos bastidores. Lendo a entrevista que deu ao GloboEsporte.com, fala em direito de opinião e citando Cuba, disse que vai recorrer da decisão e que nunca perdeu uma votação no Flamengo. E não descarta se candidatar a presidente do Flamengo.

A punição foi comemorada nas Redes Sociais principalmente em perfis de pessoas que falam quase que o tempo todo de Flamengo. Porém, acho que ele conseguirá reverter a punição e que o "Não é agora que eles vão se livrar do Capitão Léo" estará mais presente do que nunca.

Quanto a ganhar as eleições como presidente do Flamengo, acho hipotético. Você votaria nele para presidente o seu clube?

Comente:



Nenhum comentário

Comente, sempre, com educação. Se você é do Twitter, do Facebook ou de outra rede social, deixe o seu contato para que eu possa agradecer.
Ah, não esqueça nunca: UMA VEZ FLAMENGO, SEMPRE FLAMENGO!

Tecnologia do Blogger.