A reclamação do Felipe e o uso de Redes Sociais




http://oglobo.globo.com/in/8523256-ac2-2ad/FT500A/2013052881972.jpg

Antes do jogo contra o Coritiba, o goleiro Felipe usou uma Rede Social para expressar o seu descontentamento contra as inúmeras viagens que o Flamengo vem fazendo. Para quem não se situou, o Flamengo tem optado por fazer fora do Rio os jogos que seriam no Rio de Janeiro.  Foi assim com jogos no Campeonato Brasileiro, inclusive contra o Coritiba, que foi a reclamação pontual.

Essa reclamação do Felipe deve ter acendido a luz amarela nos bastidores da Gávea. Posso estar enganada, mas para uma diretoria que usou atos como tirar a camisa em comemoração de gol e reclamação em substituições para justificar demissão de jogador, o uso de uma Rede Social para externar um posicionamento contrário a determinação do clube não deverá passar em branco.

Em muitos casos, o uso de Redes Sociais tem causado desconforto na relação clube x jogador e isso não é exclusividade no Flamengo. Felipe não foi o primeiro e acredito que não será o último jogador a "criticar" uma diretoria por atitude tomada. O grande problema disso é causar um desconforto interno no clube, de forma desnecessária. Ou o Felipe (ou qualquer outro jogador) acredita que o clube vai deixar de cumprir um planejamento (no caso do Flamengo, jogar fora do Rio de Janeiro) por causa de reclamação de empregado do clube, numa Rede Social?

Felipe (e qualquer outro jogador) é empregado do Flamengo e sabia que viagens faziam parte de um contrato, principalmente durante o Campeonato Brasileiro, que tem jogos no país quase todo.  Como é um dos líderes do elenco, inclusive sendo escolhido pela fornecedora de material esportivo do Flamengo para servir de modelo para peças publicitárias do próprio clube, poderia ter mais zelo pela sua imagem com a torcida, princiaplmente. Já deveria ter aprendido que esse tipo de coisa só serve para uma coisa: ser lembrado, num futuro próximo, como ato de rebeldia. Além disso, desgasta a imagem com uma parte da torcida.

Não acho a reclamação desnecessária. Está insatisfeito, procure melhorar para ficar satisfeito. Mas há coisas que devem ser resolvidas internamente para não dar margem para, no futuro outras coisas serem resolvidas internamente. Até porque se um jogador expõe o clube que joga numa Rede Social, dá margem para o clube e/ou torcedor expor o jogador no futuro, que pode ser próximo.

Casos como esses só coloca em discussão até quando um clube (no caso empregador) pode orientar o uso de Rede Social para seus jogadores (empregados). E isso não é uma defesa do Flamengo, que o Flamengo tem que implantar uma ditadura, que não pode falar mal e bla bla bla.  É apenas um pensamento do quanto jogador pode expor um clube em cima de uma opinião sobre um fato. O quanto uma opinião/reclamação feita pode influir no resultado de um jogo (e não estou dizendo que isso influiu no resultado desse jogo, porque não influiu), o quanto pode desagregar o grupo e o quanto pode arrebentar com a relação jogador/torcida.

É uma preocupação que o departamento de futebol e/ou marketing do clube tem que ter.

Afinal de contas, do que adianta trabalhar para se manter uma boa imagem se, num tweet, um funcionário coloca tudo a perder?


Comente:



Nenhum comentário

Comente, sempre, com educação. Se você é do Twitter, do Facebook ou de outra rede social, deixe o seu contato para que eu possa agradecer.
Ah, não esqueça nunca: UMA VEZ FLAMENGO, SEMPRE FLAMENGO!

Tecnologia do Blogger.