A bobagem de falar em fracasso para o Mattheus




http://4.bp.blogspot.com/-T4w3oxD3Urg/UQ74vuIbkII/AAAAAAAABZk/_hpVZbF7SwA/s1600/01dez2012---mattheus-meia-do-flamengo-carrega-a-bola-durante-o-classico-contra-o-botafogo-no-engenhao-1354401838340_615x300.jpg


Li uma reportagem no UOL que me deixou boquiaberta. Falava da volta de alguns jogadores ao juniores do Flamengo, como foi amplamente noticiado. Para quem não associou, Mano Menezes mandou de volta Thomas, Rodolfo, Luan e o Mattheus. Além disso, colocova o Mattheus como fracassado. E isso motivou esse post, já que acho muito escroto (perdão a palavra, mas não achei outra melhor) fardar um garoto de 19 anos ao fracasso.

Independente da sua (ou da minha) opinião sobre o futebol do Mattheus ou  qualquer outro garoto, é muito cruel colocar o fracasso como companheiro de um profissional tão novo. Se contar que a vida PROFISSIONAL do Mattheus começa aos 20 anos (quando estoura a idade limite de ser Junior), a infelicidade de se falar em fracasso ou qualquer outra coisa do genero beira a crueldade, como já falei.

Não vou entrar no mérito se essa volta, não só do Mattheus como dos outros, é justa. Isso cabe ao profissional que dirige o Flamengo e que é muito bem pago para tal. Concordar ou discordar é opinião de cada um. A minha opinião é que o Flamengo inchou demais o elenco e estava na cara que, para diminuir o elenco, sobraria para os garotos da base. É assim quando o elenco está com pouco jogador e chama-se garotos da base para completar o que falta. Sempre foi assim e sempre será. Ou estou errada?

Os jogadores criados da base do Flamengo sofrem uma pressão, ao meu ver, exagerada para vingar logo no profissional. A esperança do surgimento de um novo Zico está sempre rondando esses garotos. Quantos já não sugiram com o apelido de "novo Zico?". Não é possível que num time como o de 2011, campeão da Copa São Paulo, só presta o Luiz Antonio, como já ouvi falar. Não é possivel que vários treinadores de seleções de base do Brasil não entendam nada de futebol e só torcedor que entenda.

Apesar de saber que esse vai e volta entre junior e profissional é comum, tomara que esses garotos tenham a cabeça no lugar para trilhar um caminho de sucesso, como merecem. Treinam, dão duro e tem sonhos, como todos nós.

Colocar verbo no passado ou associar algo que se transforma em adjetivo nada legais para garotos que não completaram 20 anos me soa tão cruel quanto perseguir jogador na sua vida particular.

Vida longa a esses garotos e a jogadores que levam o Flamengo a sério. E que saibam diferenciar o que é fracasso, o que é dificuldade e o que é degrau para se atingir o que quer.

Saudações.



Comente:



Um comentário:

  1. Muita gente esquece que Zico só vingou mesmo com 23 anos...todo mundo que viveu na época sabe disso...tem toda a razão...

    ResponderExcluir

Comente, sempre, com educação. Se você é do Twitter, do Facebook ou de outra rede social, deixe o seu contato para que eu possa agradecer.
Ah, não esqueça nunca: UMA VEZ FLAMENGO, SEMPRE FLAMENGO!

Tecnologia do Blogger.