Um treino cheio de novidades





O argentino Canteros, em treino do Flamengo no Ninho do Urubu

Mudança por necessidade. Não estou falando da mudança de técnico no Flamengo. Estou falando da provável escalação do Flamengo contra o Chapecoense, no domingo, às 16h. Sem Léo Moura e Cáceres, suspensos, e Paulinho, poupado da atividade, o treinador lançou Luiz Antonio, Muralha, Canteros e Gabriel na equipe titular. Parece que o time do Flamengo começa a ganhar uma cara.

O time foi armado com Paulo Victor, Luiz Antonio, Marcelo, Wallace e João Paulo; Muralha Canteros e Mugni; Everton, Gabriel e Alecsandro.

Luiz Antonio foi improvisado na lateral direita, uma vez que Léo, substituto do Léo Moura, sentiu novamente dores musculares na coxa direita. Com isso, Canteros ocupou a vaga como segundo homem de meio de campo e Muralha ficou como primeiro homem, no lugar de Cáceres. Na frente, Gabriel foi posicionado ao lado de Alecsandro, já que Paulinho não treinou.

Para quem reza para que os medalhões continuem de fora, uma boa notícia: Felipe e Elano nem mesmo disputaram o coletivo na equipe reserva. O primeiro é atualmente o terceiro goleiro, enquanto que o segundo negocia a saída do clube. Mesmo caso de André Santos, que não treina desde a última semana e aguarda o acordo para assinar a rescisão.

Parece que o futebol do Flamengo vai seguindo um caminho rumo à organização. Com as coisas definidas e sem melindre, o clube vai colocando em campo o que tem de melhor para fugir da incomoda situação da tabela. O time vai criando uma cara, com jogadores em suas posições, desempenhando funções que sabemos quais são. É o primeiro passo para que as boas atuações (e vitórias) voltem ao clube.

Saudações!


Comente:



Nenhum comentário

Comente, sempre, com educação. Se você é do Twitter, do Facebook ou de outra rede social, deixe o seu contato para que eu possa agradecer.
Ah, não esqueça nunca: UMA VEZ FLAMENGO, SEMPRE FLAMENGO!

Tecnologia do Blogger.