Vitória maiúscula





Que atuação! Que jogo! Que vitória!

Quando eu digo que com a Nação ao lado do time, tudo fica mais fácil... Dificilmente essa união não traz vitória para o Flamengo.

Nem em todo meu otimismo que muitas vezes é exagerado, eu imaginaria uma atuação como essa do Flamengo. Determinado, motivado, incentivado e incendiado, o Flamengo dominou o time que era o grande líder do campeonato, saiu do Engenhão com os três pontos, na primeira folha da tabela e elevou a auto-estima do torcedor!

Falando do jogo, time sem Ibson, com Amaral ao lado de Cáceres e atacantes funcionando, o Flamengo de Dorival dominou o Atlético de Cuca. Ronaldinho não conseguiu jogar, o zagueiro dos caras facilitou nossa vitória e o melhor jogador em campo, o lateral direito Wellington Silva, jogou no nosso lado.

Falando da torcida, que show! Que espetáculo. Que altruísmo para esquecer que o time vem mal das pernas e apoiar como se fossemos líderes do campeonato.

Uma vitória com a cara do Flamengo que pode ser qualificada com três palavras: raça, amor e paixão.

Mengão, confesso que estava com saudades desse jeito que só você me faz sorrir.



Comente:



Nenhum comentário

Comente, sempre, com educação. Se você é do Twitter, do Facebook ou de outra rede social, deixe o seu contato para que eu possa agradecer.
Ah, não esqueça nunca: UMA VEZ FLAMENGO, SEMPRE FLAMENGO!

Tecnologia do Blogger.