Ser Flamengo: o título que eu não acreditava







No PENTA TRI, o ano que eu tive medo de perder o título para o Botafogo foi em 2007. O time deles tinha um futebol envolvente, com Lucio Flavio, Jorge Henrique, Dodô e Zé Roberto estavam numa fase ótima enquanto no Flamengo tinha um meio de campo que poderia ser formado por Jailton e Clayton. Lembra-se disso? E você reclamando, hoje, do Muralha! Botafoguenses confiantes, tive paciente botafoguense apostando comigo, acredita?

Quando o Botafogo fez o segundo gol, virando o jogo, devo ter olhado pro céu e chamado por São Judas. Devo ter virado pra ele e falado: pro Botafogo, São Judas?

Foram alguns minutos de sofrimento para que, num chute, de um certo camisa 10, de um certo menino da Gávea, de um certo Renato Augusto, entrasse de maneira certeira no gol do Botafogo, empatando um jogo que, sinceramente, eu não esperava. Comemorei MUITO esse gol. Comemorei porque estava tudo pra eles. Se eles ganhassem, Jorge Henrique seria craque, Cuca seria revolucionário da motivação esportiva por não ter levado o time pro vestiário no intervalo, Bruno não teria a história mágica que teve no Flamengo e Renato Augusto não teria sido o jogador mais caro que o Flamengo vendeu pro exterior.

Mas o Mengão ganhou com Léo Moura e Juan dando aula como laterais devem jogar, com Souza colocando o Botafogo no seu lugar, com Bruno consolidando o lugar de goleiro mais especial no coração da galera e com Jailton e Clayton num meio de campo.

Muitos títulos ou até mesmo jogos personificam o que é a essência do Flamengo que, muitas vezes, me faltam palavras para descrever.  Mas, te garanto: a sorte, a vitória, o entusiasmo, a raça, a disposição, o inacreditável não acontece à toa.  Nunca aconteceu, não acontece e nunca acontecerá!

Esse título não foi o que mais comemorei. Mas, com certeza, foi o mais improvável e aquele que, com certeza, mais ganhei apostas!

Relembra aí:



Tenho certeza que você também tem o seu jogo inesquecível. Mande para o email blog@primeiropenta.net que a gente publica na seção "SER FLAMENGO"



Comente:



Nenhum comentário

Comente, sempre, com educação. Se você é do Twitter, do Facebook ou de outra rede social, deixe o seu contato para que eu possa agradecer.
Ah, não esqueça nunca: UMA VEZ FLAMENGO, SEMPRE FLAMENGO!

Tecnologia do Blogger.