Pós-Jogo: Em dois lances, a explicação do Flamengo atual!




Avaí x Flamengo - Campeonato Brasileiro - Gol irregular (Foto: Reprodução/TV Globo)

Flamengo perdeu mais uma no brasileiro A segunda em três jogos. E mais uma vez, o desempenho geral do time deixou a desejar. Se no primeiro tempo faltou o passe final, mesmo com maior domínio de bola, no segundo tempo não teve nem possibilidade do passe final. A bagunça tomou conta do time.

Com um time bem modificado em comparação ao que vinha entrando, Marcelo entrou no lugar do Bressan, Armero no do Anderson Pico, Cáceres no de Anderson Pico e Marcio Araújo no lugar do Almir, gostei do Flamengo no primeiro tempo. Melhor organizado do que nos outros jogos, com jogadores guardando posição, fico evidente que faltava o ultimo passe para o Flamengo chegar ao gol. Os impedimentos do Everton, os passes errados na intermediária de ataque do Flamengo mostram essa dificuldade.

A entrada do Paulinho no lugar do Everton me deu esperança que esse o Flamengo chegaria a vitória, mas o time piorou de rendimento. Tomando um gol do no inicio do segundo tempo, até teve poder de reação fazendo o gol de empate logo depois. Mas foi só isso. Claramente mal treinado, como um time de pelada, dois lances que aconteceram no segundo tempo demonstram o quanto porque esse Flamengo que entra em campo recebe tantas criticas da torcida: a reação dos zagueiros no gol do Avai e o último lance, a cabeçada do Paulinho.

O gol do desempate do Avai foi irregular mas a forma como o Marcelo não foi na bola, esperando a anulação do gol foi inacreditável. É uma mistura de falta de atenção com péssima mania de querer apitar o jogo que não pode acontecer. Nesses lances, lembro de uma declaração do goleiro Julio Cesar que diz que a bola não deve entrar nem quando o jogo está parado porque dá azar. Não sei se dá azar, mas a bola não pode entrar, em jogo ou não.

O gol do empate do Flamengo poderia ter saído no último lance do jogo. A falta bem cobrada do Luiz Antonio teve uma defesa sensacional do goleiro do Avai mas a falta de tesão do Paulinho, que entrou MUITO MAL, na cabeçada que era para ter estourado o gol adversário, é o tipo de coisa que não dá para perdoar. Todo xingamento é pouco!

Esse time do Avai quase foi rebaixado do campeonato catarinense e é claro que o Flamengo tinha que ter vencido, mesmo na casa do adversário. Não dá para exigir menos de qualquer time que entre em campo para representar o Clube de Regatas do Flamengo. E quem está entrando em campo tem que entender isso. TEM QUE ENTENDER!

A nossa próxima partida é quarta-feira, contra o Náutico, pela Copa do Brasil, no Maracanã. É outra competição, espero que a energia seja outra, com o pouco de organização que eu vi no primeiro tempo.

Comente:



Nenhum comentário

Comente, sempre, com educação. Se você é do Twitter, do Facebook ou de outra rede social, deixe o seu contato para que eu possa agradecer.
Ah, não esqueça nunca: UMA VEZ FLAMENGO, SEMPRE FLAMENGO!

Tecnologia do Blogger.