Meu grande desafio com o Flamengo




http://spc.fotolog.com/photo/44/63/22/tata__7/1224865793840_f.jpg

O desempenho do time de futebol não vem me agradando. Para uma gestão que prometeu ser campeão do mundo, tendo inclusive o nome da chapa com esse titulo, não ganhar uma Taça Guanabara em cima do Nova Iguaçu é estar mesmo muito aquém do que foi prometido. Muito aquém do que queremos para o Flamengo.

Ao querer um Flamengo mais forte, um time que jogue com um mínimo de organização para que atinja o objetivo da vitória, muitas vezes saio do eixo da coerência  e a incoerência vem de um desequilíbrio. Então, o meu grande desafio com o Flamengo esse ano é não perder a coerência.

Vai ser um desafio e tanto. Como não me contaminar com essa onda de pessimismo que vem, brasileiro após brasileiro, fazendo com que os torcedores do próprio Flamengo falem em rebaixamento cada vez mais cedo?  Como não questionar matéria de jornalista que diz em grupo privado, em tom de ameaça, que é bom o Flamengo começar a ganhar, porque está insatisfeito com medidas tomadas pela comunicação do clube?  Como não ficar com a pulga atrás da orelha com as dezenas de versões para as contas apresentadas com mistura de conceitos contábeis divulgadas amplamente nas redes sociais?  Como não achar que, com o desempenho que os jogadores vem tendo, o certo mesmo é tentar dois ou três jogadores mais caros para ver se o time engrena de vez e deixar de lado toda a responsabilidade financeira pregava nos últimos tempos?

Embora esteja cedo para falar em rebaixamento, até porque não acho o elenco do Flamengo ruim, não há como estar satisfeito com o rendimento. Assim como não há como contextualizar qualquer declaração envolvendo o Flamengo chamado de 'clube lixo', ainda mais seguida de uma ameaça surreal.

Quanto à reforços e às contas, sempre que tenho uma dúvida procuro quem entende. Todas as minhas duvidas e questionamentos são esclarecidos e a pulga atrás da orelha pula de mim e vai para algum vascaíno que vai ser rebaixado no fim do ano.  A austeridade financeira não será abolida, não teremos dois ou três jogadores para tentar melhorar o time e tenho que me conformar. O estrago financeiro ainda é muito grande para pensar em sonhar com craques vestindo o Manto. Sim, estamos pagando pela irresponsabilidade do passado. Não cobre a atual diretoria. Cobre a quem deixou o clube com uma dívida de mais de meio bilhão de reais.

Então, o meu grande desafio é manter a coerência. E, claro, não me deixar contaminar com as baboseiras escritas e faladas diariamente por aí.

Saudações Rubro-Negríssimas!


Comente:



Nenhum comentário

Comente, sempre, com educação. Se você é do Twitter, do Facebook ou de outra rede social, deixe o seu contato para que eu possa agradecer.
Ah, não esqueça nunca: UMA VEZ FLAMENGO, SEMPRE FLAMENGO!

Tecnologia do Blogger.