Léo e as lesões que o perseguem




http://imguol.com/c/esporte/2014/03/12/12mar2014---leo-do-flamengo-tenta-escapar-da-marcacao-dos-jogadores-do-bolivar-em-jogo-da-libertadores-1394678309162_615x300.jpg

O Flamengo tem dois desfalques para a próxima partida no Campeonato Brasileiro: o volante Cáceres, que foi expulso e o lateral Léo Moura, que levou o terceiro cartão amarelo. A semana começou com a expectativa de que o lateral Leo Moreira, que foi contratado o inicio do ano ao Atlético Paranaense pudesse substituir o capitão Léo Moura, mas ele se machucou.

Não é a primeira vez que o lateral se machuca esse ano. Pouco aproveitado no Flamengo, já passou por cirurgia e estava no departamento médico cuidando das mesmas dores musculares que o mandou de volta ao departamento médico. A sua última aparição com a camisa do clube foi em abril, ainda pelo Campeonato Carioca, quando Jayme de Almeida era o treinador.

É mais comum do que se pensa jogadores que voltam de lesão terem novas lesões. A falta de estímulo na musculatura no período de recuperação, a falta de ritmo e até o esforço feito podem fazer com que o jogador volte para o departamento médico. Por isso, é importante o jogador passar por um condicionamento físico especial antes de voltar a treinar com os companheiros que estão em outro ritmo.

Por causa dessa nova contusão do lateral Léo, ele provavelmente não substituirá o Léo Moura na partida contra o Chapecoense pelo Brasileirão lá na casa deles e  o Luxemburgo provavelmente deve improvisar algum jogador na posição, já que Digão foi emprestado para o América de Natal.

Para quem esperava, como eu, que o Léo Moreira tivesse boas atuações e que passasse a incomodar o Léo Moura na titularidade no Flamengo, vai ter que esperar um pouco mais. O vigor físico que precisamos na lateral direita ainda será o do Léo Moura.

Saudações Rubro-Negras!


Comente:



Nenhum comentário

Comente, sempre, com educação. Se você é do Twitter, do Facebook ou de outra rede social, deixe o seu contato para que eu possa agradecer.
Ah, não esqueça nunca: UMA VEZ FLAMENGO, SEMPRE FLAMENGO!

Tecnologia do Blogger.