Carlos Eduardo tem que jogar!




http://www.suacidade.com/sites/default/files/images/carlos-eduardo-flamengo.jpeg

Carlos Eduardo chegou ao Flamengo com o objetivo de ser o camisa 10,  o grande nome do Flamengo para a temporada 2013. Com esse objetivo, ofereceram um salário que ultrapassa a meta sugerida pela política de austeridade financeira na Gávea, "colocaram" um jogador que não jogava há quase dois anos com status de craque e acreditaram que ele poderia ser o Carlos Eduardo do Grêmio (mesmo que eu não saiba que Carlos Eduardo é esse!).

Depois de um inicio de ano horroroso, não só dele, mas do time como um todo, e com noticias que Caduzin se perdeu na noite carioca (isso foi noticiado pela imprensa e nem vou entrar no mérito da discussão da vida do cara!), eis que decretou-se (estou exagerando?) que ele não sabe jogar futebol e não serve para o Flamengo.

Vamos por partes porque essa falta de paciência com muitos jogadores já causou muito prejuízo aos cofres do Flamengo. Ou você acha que esse troca-troca de jogadores que não completam 20 jogos com o Manto é normal?  Não é normal. E, confesso, esse troca-troca me dá nervoso e acaba não criando a tão sonhada identificação com o Manto que tanto queremos dos jogadores.

Caduzin é só mais um no meio de muitos. Não foi o primeiro que veio rodeado de expectativas e não deu conta do recado e nem será o último. Porém, pelo salário que ele ganha e pelo histórico de falta de ritmo de jogo, entrar em campo e jogar é o que vai fazê-lo diminuir o prejuízo que o Flamengo já vem amargando. Ou você acha que desmotivado e no banco de reservas, ele entrará faltando 10 minutos para terminar o jogo e fará o gol da vitória?

Bota ele pela esquerda e o Gabriel pela direita, Jorginho! E faz isso por uns 5 jogos seguidos, fazendo-o jogar pelo menos 70% do jogo.  Aí sim, veremos se o investimento perdido, se ele é mais um fanfarrão que veio parar no Flamengo sabe-se lá como ou se faltava apenas ritmo de jogo. Hoje, isso é uma incógnita!

O que posso falar do Caduzin é que ele não aproveitou as chances que deram para ele. Mas será que é o suficiente para avaliar que o investimento foi feito de forma errada e rescindir o contrato, lesando ainda mais os combalidos cofres do Flamengo?

Provavelmente estou indo contra a, pelo menos, 80% da torcida que já decretou que ele é um prego e que não serve para o Mengão. E pelo que já apresentou,  pelo menos 80% da torcida está certa e eu estou errada.

Porém, continuo com a certeza que o Flamengo paga dinheiro demais para colocá-lo no banco de reservas.  Bota para suar, para se sujar e para correr.

Saudações Rubro Negras!



Comente:



Um comentário:

  1. O grande problema nessa contratação do Carlos Eduardo é que tudo leva a crer, e torço para estar errado, que se trara de jabá forte de empresário. Não é possível pagar acima do teto salarial estipulado pela nova diretoria para o cara vir se recuperar no Flamengo. Porra, se o cara nãoe stá bem, quer recuperar o seu espaço, que receba um salário compatível com as suas condições. Sinceramente, torci muito para a Chapa Azul nas eleições, mas por enquanto, a condução do futebol tem sido muito ruim e o que mais me assusta é o discurso de que estamos no caminho certo. Não aguento mais ver esse time do Flamengo jogando.
    SRN

    ResponderExcluir

Comente, sempre, com educação. Se você é do Twitter, do Facebook ou de outra rede social, deixe o seu contato para que eu possa agradecer.
Ah, não esqueça nunca: UMA VEZ FLAMENGO, SEMPRE FLAMENGO!

Tecnologia do Blogger.