A inacreditável "rubrorizada" que a torcida do Flamengo está com suposto velho Flamengo





É de envergonhar. E de entristecer.  Dar razão, por causa dos fatos apresentados cada vez mais pela imprensa, à pessoas que dizem que no Flamengo só tem marginas é para ruborizar qualquer flamenguista. Ruborizar de vermelho, vermelho da vergonha.

Você já leu isso aqui né?


Está documentado na policia, na justiça e nas próprias paginas infinitas da internet, o envolvimento de membros da ex-diretoria com verdadeiros bandidos que utilizavam o Flamengo como pano de fundo para sua vida dúbia.  Nem vou entrar no mérito de cada denúncia feita na reportagem da ESPN. Para completar o dia, tem a do Lance também, falando do roubo de um relógio, mas como não há comprovação como essas aí acima, nem entrarei no mérito. Nem entrarei no mérito de cada denúnica feita. As reportagens falam por si só.

Dois sentimentos, hoje, me dominam em relação a isso: a vergonha e o alívio.

A vergonha de ver coisas eu criticaria em outro time como a compra de torcida organizada, a incitação a violência, a considerar adversário como inimigo, habitando o noticiário do Flamengo é pra me deixar "rubrorizada". Emputecida. Estarrecida. Cara, é inacreditável o que estavam fazendo com o Flamengo. E ainda assim, o Flamengo resistiu. Como é grande esse tal de Flamengo.

A minha vergonha vai passar e em breve o meu orgulho estará lá no alto. O alívio desse povo não estar mais lá, não ter essas ligações estranhas com torcida organizada e a sensação que as coisas parecem finalmente estarem tomando rumo certo me faz renovar a esperança e acreditar que em breve esse arco-iris de amarelo, azul, vermelho e outras coisas vai deixar de ser suposto para ser verdadeiro.

Enquanto isso, continuarei a curtir o Flamengo com o que ele me traz de melhor: a alegria de vê-lo brilhar, seja na terra, seja no mar.


Comente:



Nenhum comentário

Comente, sempre, com educação. Se você é do Twitter, do Facebook ou de outra rede social, deixe o seu contato para que eu possa agradecer.
Ah, não esqueça nunca: UMA VEZ FLAMENGO, SEMPRE FLAMENGO!

Tecnologia do Blogger.