10 fatos sobre Vasco x Flamengo - Carioca 2013



Um4 noite de quint4-feir4 m4gic4!

Como se não bastasse ganhar do v4skin de goleada com um show do menino Rafinha, mantivemos a invencibilidade do Basquete, com mais uma vitória. Como é bom saber que não sabemos o que é derrota no ano de 2013!

Numa noite em que o desempenho dentro de campo exemplificou a "alegria de ser rubro negro", onde o zagueiro 4dvers4rio q comemorava sei l4 quantos jogos com a c4mis4 de cinto de segur4nç4, o menino que chegou ao clube pelas mãos do nosso maior ídolo foi o grande destaque do clássico que terminou com gole4d4 do Mengão!

Algumas coisas nesse jogo merecem observação:

1 - Rafinha foi o destaque do jogo, mas tem que agradecer o goleiro Felipe. A atuação dele levou o Flamengo à vitória. Digna de palmas, de pé.

2 - A zaga do Flamengo tem que melhorar (e muito) nas bolas cruzadas na área.

3 - González precisa parar de dar chutão a esmo, do nada. Calma e prudência não faz mal a ninguém.

4 - Elias joga muito. Que organizada deu no meio de campo do Flamengo.

5 - Dorival quase matou o time com a entrada do Renato Abreu. Tirou a velocidade que estava dando certo nos contra-ataques.

6 - Hernane, Nixon, Cleber Santana e Rafinha: SMUUUUUU4CK!

7 - Ibson jogou hoje o que não jogou no ano de 2012 todo.

8 - Que espetáculo foi o jogo no Engenhão. P4r4béns ao vitorioso!

9 - #DedeCadeoRafinha H4H4H4H4H4H4H4H4H4H4H4!

10 - Confere que tá rolando promoção "Compre uma marquise a 1 real e leve um copinho de água mineral de brinde!"? by @CrisMarassi

Veja as notas dos jogadores:


Noite feliz, que a rubronegrada vai dormir com uma energia que nunca deveria sair de perto da gente!

Melhor campanha da Taça Guanabara, vamos seguindo nosso caminho!

Saudações!

Flamengo Fotos 3 - Imagens de Vasco x Flamengo - Carioca 2013

Flamengo Fotos 3 - Imagens de Vasco x Flamengo - Carioca 2013
http://www.vipcomm.com.br/site/upload/flaequipe_rt_310113005.jpg

http://www.vipcomm.com.br/site/upload/flaequipe_rt_310113002.jpg

http://www.vipcomm.com.br/site/upload/flaequipe_rt_310113001.jpg

http://www.vipcomm.com.br/site/upload/flaequipe_rt_310113012.jpg

http://www.vipcomm.com.br/site/upload/flaequipe_rt_310113010.jpg

http://www.vipcomm.com.br/site/upload/flacleber_rt_310113001.jpg

O Flamengo levou a melhor no primeiro clássico do ano. Com a velocidade de Rafinha e a boa atuação de Ibson, o time aproveitou as oportunidades e venceu o Vasco por 4 a 2, nesta quinta-feira, no Engenhão. O resultado deixou o Rubro-Negro com a melhor campanha da Taça Guanabara após quatro rodadas. São dez pontos conquistados contra nove do Cruzmaltino e oito de Fluminense, Botafogo e Madureira. Conhecido como "afilhado de Zico" por ter passado pelas categorias de base do CFZ, Rafinha levou à loucura a defesa adversária e foi ovacionado pelos torcedores. Ele, Hernane, Nixon e Cleber Santana fizeram os gols do time da Gávea. Pedro Ken e Dakson descontaram para a equipe de São Januário.

A inacreditável "rubrorizada" que a torcida do Flamengo está com suposto velho Flamengo

A inacreditável "rubrorizada" que a torcida do Flamengo está com suposto velho Flamengo

É de envergonhar. E de entristecer.  Dar razão, por causa dos fatos apresentados cada vez mais pela imprensa, à pessoas que dizem que no Flamengo só tem marginas é para ruborizar qualquer flamenguista. Ruborizar de vermelho, vermelho da vergonha.

Você já leu isso aqui né?


Está documentado na policia, na justiça e nas próprias paginas infinitas da internet, o envolvimento de membros da ex-diretoria com verdadeiros bandidos que utilizavam o Flamengo como pano de fundo para sua vida dúbia.  Nem vou entrar no mérito de cada denúncia feita na reportagem da ESPN. Para completar o dia, tem a do Lance também, falando do roubo de um relógio, mas como não há comprovação como essas aí acima, nem entrarei no mérito. Nem entrarei no mérito de cada denúnica feita. As reportagens falam por si só.

Dois sentimentos, hoje, me dominam em relação a isso: a vergonha e o alívio.

A vergonha de ver coisas eu criticaria em outro time como a compra de torcida organizada, a incitação a violência, a considerar adversário como inimigo, habitando o noticiário do Flamengo é pra me deixar "rubrorizada". Emputecida. Estarrecida. Cara, é inacreditável o que estavam fazendo com o Flamengo. E ainda assim, o Flamengo resistiu. Como é grande esse tal de Flamengo.

A minha vergonha vai passar e em breve o meu orgulho estará lá no alto. O alívio desse povo não estar mais lá, não ter essas ligações estranhas com torcida organizada e a sensação que as coisas parecem finalmente estarem tomando rumo certo me faz renovar a esperança e acreditar que em breve esse arco-iris de amarelo, azul, vermelho e outras coisas vai deixar de ser suposto para ser verdadeiro.

Enquanto isso, continuarei a curtir o Flamengo com o que ele me traz de melhor: a alegria de vê-lo brilhar, seja na terra, seja no mar.

Migonianas: As escolas de samba e o futebol - algumas correlações - ou não




Apaixonado que é por carnaval, Pedro Migão, que assina essa coluna no Primeiro Penta, fala sobre as escolas de samba e o futebol, exemplificando e explicação a relação (ou não) entre eles.

Vamos ao texto...

Pedro na Portela

O leitor deve estar estranhando o título e a foto, mas a ideia é justamente esta: causar estranhamento. Afinal de contas, o leitor mais ligado em futebol deve imaginar que todo rubro negro é mangueirense, não é mesmo? Como este blogueiro torce pela Portela?

Pois é, caro acompanhante deste blog: não há correlação entre torcidas de futebol e torcidas por escolas de samba "stricto sensu". Ao contrário, a forma de determinação (em média) é totalmente diferente, não havendo muita influência da torcida por uma equipe de futebol e por escolas de samba. Fique claro que me refiro ao Rio de Janeiro, pois São Paulo há a diferença das torcidas organizadas que viraram escola de samba, que abordarei no decorrer deste post.

Normalmente a torcida por um clube de futebol, via de regra, tem três grandes influências: a familiar (principal), a fase do time em questão e a dos colegas de infância. Estudos indicam que somente por volta de sete, oito anos de idade é que a preferência por uma equipe se consolida.

Eu mesmo venho de uma família rubro negra - apesar de avô tricolor - e peguei quando criança e início da adolescência a Era Zico, das maiores conquistas do clube. Ficou fácil ser Flamengo. Por outro lado tenho um primo que, apesar de minha (hoje falecida) tia ser fanática rubro negra acabou se tornando vascaíno, pois sua infância ao mesmo tempo encontrou uma fase horrorosa do Flamengo e o maior título alvinegro - a Libertadores de 98.

O leitor há de se perguntar: e isso funciona também para as escolas de samba? Via de regra, diria que não.

A maior influência para a definição por uma escola de samba "do coração", em média, é a geográfica. Especialmente o carioca - isso não vale muito para outros estados - tende a torcer pela agremiação próxima do local onde nasceu, foi criado ou mora. A Zona Sul, que não tem uma agremiação especificamente forte - a própria São Clemente, que tem origem em Botafogo, hoje ensaia no Centro - acabou adotando a Portela anteriormente e hoje ainda a Águia e a Beija Flor.

Os resultados também influenciam. A última pesquisa sobre torcidas que encontrei disponível, de 2008, indicava que a Beija Flor - que vinha naquele momento de cinco títulos em seis anos, 2003/04/05/07/08 - era a maior torcida no chamado "Grande Rio", ou seja, a cidade do Rio de Janeiro e Baixada Fluminense. Isso se explica facilmente pela fase da agremiação nos anos imediatamente anteriores à pesquisa, bem como de sua predominância na Baixada.

Entretanto a escola de Nilópolis, naquele momento, era a segunda torcida na cidade do Rio de Janeiro, atrás apenas da Mangueira. Os dados são de novembro de 2008 e foram fornecidos pelo Instituto GPP:

- Mangueira: 15,7%

- Beija Flor: 11,5%

- Portela: 11,2%

- Mocidade: 11%

- Salgueiro: 8,7%

- Imperatriz: 3,5%

- Império Serrano: 2,7%

- Vila Isabel: 2%

- Grande Rio: 0,9%

- nenhuma escola: 29,5%

Note o leitor um dado interessante: a quantidade de pessoas que declaram não possuir nenhuma escola de samba do coração, cerca de 30%. Isto é reflexo direto da perda do interesse verificado nos últimos anos.

Grosso modo, pode-se dizer que a Mangueira concentra parte significativa de sua torcida na região central da cidade, a Portela nos subúrbios da Central, a Mocidade na Zona Oeste e o Salgueiro na região da Tijuca - com a Beija Flor penetrando em todos os nichos. Entretanto, isto não é monolítico - além disso minha percepção indicaria que a torcida da Beija Flor, pelo menos na cidade do Rio, já foi superada de novo pela Portela. Além de imaginar que a Unidos da Tijuca, embalada pelos dois títulos recentes e pela preferência nítida dos homossexuais (basta ir à sua quadra) tenha saído do "traço" em termos de torcida.

Sobre a Tijuca, a tentativa ocorrida no final da década de 90 e início deste terceiro milênio de se vincular em termos de torcida ao Vasco da Gama acabou se revelando inócua, até porque esta correlação entre clubes de futebol e escolas de samba historicamente nunca foi bem vista pelos mandatários do samba carioca. Por isso, aliás, que nunca prosperaram as tentativas de se repetir o modelo paulista de torcidas organizadas formando escolas de samba.

A Portela é um caso interessante. Historicamente sua torcida é formada por dois grandes grupos: pela sua área de influência (Madureira galvaniza a seu redor vários subúrbios cortados pela linha do trem) e por um público da Zona Sul atraído pelos ensaios realizados na década de 70 no Mourisco, antiga sede do Botafogo no bairro do mesmo nome - e, aliás, o leitor entende agora a correlação entre a Águia e o clube alvinegro.

Mas, recentemente, apesar do longo jejum de títulos, a sua torcida vem se renovando baseada especialmente na garotada que descobre o samba através da Velha Guarda Show da escola e que por afinidade acaba se descobrindo torcedora da escola. Simultaneamente os portelenses da área de influência original vem tendo bastante sucesso na tarefa de passar o sangue azul a seus descendentes.

Eu mesmo me tornei portelense por ter sido nascido e criado em Cascadura, pertinho de Madureira. Embora tenha demorado a me definir por uma escola, só poderia ser portelense ou imperiano.

Outra diferença em relação ao futebol é que o fenômeno do "vira casaca" é mais comum - e menos execrado - que o futebol. Tenho um caso destes na minha família: meu irmão caçula, que era Mocidade e se tornou União da Ilha.

Também o amor pelas escolas de samba é menos "monogâmico", por assim dizer. Temos a nossa escola de coração mas muitas pessoas tem simpatias por outras escolas, desfilando nelas e tendo um pedacinho do coração ocupado. Costumo dizer, brincando, que a Portela é a minha "esposa" e a União da Ilha (agremiação do bairro onde resido atualmente e onde fui bem recebido pelas pessoas) minha "amante" em termos de carnaval. Com outras pessoas que conheço ocorre o mesmo.

Pedro na União da Ilha

É impensável um rubro negro dizer que tem simpatia pelo Vasco, por exemplo. É outra diferença significativa - embora o deslocamento da rivalidade regional para níveis nacionais comece a mudar isso timidamente.

Contudo, o leitor já deve ter percebido que, pelo menos no Rio de Janeiro, o fato de alguém ser rubro negro não significa ser mangueirense. Há rubro negros que torcem por todas as escolas, e até por nenhuma.

Aproveito para falar rapidamente dos enredos cariocas que abordaram clubes de futebol. O rubro negro deve se lembrar da homenagem prestada pela Estácio de Sá no ano do centenário do clube (1995), mas saiba que o "Mais Querido" outras duas vezes foi enredo nos chamados grupos de acesso" do carnaval carioca: em 1974 no antigo Grupo 3 pelo Arrastão de Cascadura (8º lugar) e em 1990 na Difícil é o Nome de Pilares, obtendo o 3º lugar no então Grupo C, quarto grupo.

Inclusive o Arrastão de Cascadura originalmente tinha as cores vermelha e preta em homenagem ao clube. Depois é que houve a troca para o verde e branco da madrinha Império Serrano, pois naqueles tempos (década de setenta) as fantasias tinham de ser em sua maioria nas cores da escola. Hoje a única escola de samba rubro negra (na verdade forçando um pouco, pois a escola é vermelha, preta e branca) é o Boi da Ilha do Governador.


O desfile da Estácio de Sá (acima) foi o último bom momento da agremiação no Grupo Especial, pois já vivia uma grande crise. Apesar de um samba mediano - que hoje é muito pouco cantado nas arquibancadas, porque não é bom - e dos problemas internos a escola ainda salvou um sétimo lugar entre 18 agremiações. Além disso a ajuda prometida pelo clube na figura do então presidente Kleber Leite não se concretizou, o que dificultou ainda mais a preparação da escola para o desfile.

Outros clubes homenageados foram o Vasco da Gama, em 1998 (vídeo ao final do artigo) no Grupo Especial, o Fluminense pela Acadêmicos da Rocinha em 2003 no Acesso A - comemorando o centenário do clube com um ano de atraso e um quase rebaixamento ao terceiro grupo - e o América pela Unidos da Ponte no Acesso B em 2004, obtendo o quinto lugar.

Obviamente que o rebaixamento da Unidos da Tijuca no ano em que comemorou o centenário do Vasco da Gama é uma deliciosa piada para nós rubro negros, mas tenho de ser justo e reconhecer que o rebaixamento foi muito mais devido a fatores políticos (o então dirigente Eurico Miranda tentando influir na entidade que comanda as escolas) que pelo desfile em si, que não foi nada demais - mas não merecedor do descenso.

Finalizo afirmando que em São Paulo o caso é um pouco diferente, pelo fato de haver três agremiações ligadas a torcidas organizadas no Grupo Especial e outras nos grupos de Acesso. A ligação entre futebol e carnaval é bem mais evidente, o que gera situações engraçadas até. Na Gaviões da Fiel não há fantasias ou alegorias verdes, cor do Palmeiras (nem na quadra se pode entrar vestindo a cor). Pois é, no ano em que a escola falou das regiões brasileiras a Amazônia era inteirinha... em azul. Pode?

No carnaval pode tudo.


Texto escrito pelo Pedro Migão.

Visite o blog dele.

Acende uma vela pro Hernane, Dorival!



Adoro esses jogos que o Flamengo ganha no último lance do jogo. Com um gol sofrido, com jogador batalhando, quase sem força então.... Meu grito de comemoração é alto, imenso! O Hernane me despertou isso. Depois de perder um gol minutos quase debaixo das traves,  fez o gol da vitória de uma maneira inusitada! (ou você esperava que aquela bola entrasse?) Assim sendo, Mengãoo conseguiu mais três pontos, a mesma quantidade de pontos que se fizesse 5 gols.

Isso não significa que eu esteja satisfeita com o que o Flamengo anda apresentando. Não estou mas acredito que estamos numa crescente de melhora. A zaga do Flamengo está bem postada, Cáceres e Léo Moura não estão comprometendo, Rafinha aparece com uma ótima opção e Hernane continua fazendo gol, que é o que importa.

No jogo de hoje, tivemos a estreia do Elias e do João Paulo. Elias teve uma atuação nota 6,0 (olha eu antecipando minha nota!), que não comprometeu e nem disse a que veio. Porém, por dois ou três passes que deu para frente, já mostrou que é melhor que Ibson e Renato Abreu e que o meio de campo do Flamengo pode melhorar. E João Paulo, já nos 20 primeiros minutos, já mostrou que sabe cruzar, então é mil vezes melhor do que Ramon. Como estava ansiosa para a estreia dele, passou no teste e já pode ser considerado titular do Mengão.

Veja as notas:



Dorival tem que acender uma vela pro Hernane para que continue com essa sorte de artilheiro. SE o Flamengo tropeçasse de novo, as cobranças iriam aumentar muito. Embora tenha certeza que o Dorival (ou qualquer outro técnico) precise de tempo para armar um time, é fato que esse time precisa de resultado ainda mais no campeonato carioca contra times pequenos.

Veja Notícias do Jogo:

Veja as Fotos do Jogo:
Veja Videos do Jogo:

Hernane mostrou o que o torcedor quer de um jogo: que só desista após o apito final do juiz. Até lá, tudo é possivel.

Acende a vela, Dorival! Que o Hernane vem mantendo seu caminho iluminado!

Próximo jogo é clássico! Vamos pra cima do Vaskin com tudo!!!

A estreia mais importante desse inicio de ano

A estreia mais importante desse inicio de ano

Dia de estreia é dia de ansiedade, seja de jogador, seja de time em campeonato. É a assim que está boa parte da torcida para ver como se sairá Elias e João Paulo, dois dos novos contratados do Flamengo para o ano de 2013. Para a terceira rodada do Carioca 2013, contra o Volta Redonda, é o que temos.

Não espero, ainda, o time do Flamengo formado. Dorival ainda vai demorar um cadinho mais de tempo para dar padrão de jogo a esse time, se ele conseguir. Mas acho que ele está cometendo um pecado capital: armar um time com três atacantes, quando é uma carência que temos no elenco.

Enquanto muita gente está querendo ver o Elias em campo, confesso que quero ver mesmo a atuação do João Paulo, lateral esquerdo que veio da Ponte Preta. Depois da burrada do Ramon na primeira rodada, sendo expulso aos 45 minutos do segundo tempo, ganhando um jogo contra o Quissamã, com uma falta no meio de campo, ficou claro que a lateral esquerda é o calcanhar de aquiles desse elenco. Uma boa atuação do João Paulo, colocará o Ramon como segunda opção, o que é um ganho de qualidade imensa para o time do Flamengo.

Jogo contra os chamados times pequenos é jogo para não perder ponto. E, contra eles, já perdemos dois. Não dar mole é fundamental!

Vamos pra cima deles, rumo à mais uma vitória!

Destino em Vermelho e Preto - Eu Apóio!

Destino em Vermelho e Preto - Eu Apóio!




O filme Destino em Vermelho e Preto é um projeto único no mundo do cinema. Enquanto vemos o mundo do futebol sendo tratado apenas com documentários, biografias,o filme Destino em Vermelho e Preto apresenta um drama urbano com o futebol nesse caso o Flamengo como protagonista.

Destino em vermelho e preto é uma obra em homenagem a todo o torcedor rubro negro que é o verdadeiro sentido desse amor rubro negro e muito futebol. Saudações rubro-negras! Contamos com o apoio Zico, Junior, Milton Gonçalves, com apoio nas redes socias já ultrapassando a 200 mil pessoas em todas as páginas de apoio ao filme.

Tem também o apoio de grande parte das embaixadas do Flamengo por todo o Brasil (são mais de 60 embaixadas com média de 5 mil sócios), onde haverá a exibição do filme com a presença de jogadores do passado. A trilha do filme feita pela Banda Cardióides com a espetacular musica Rock do Mengão.

Participe e apoie o file nas Redes Sociais.

Apoie o filme e saiba maiores informações sobre ele

O direito desagradável da reclamação

O direito desagradável da reclamação



Eis que, já no segundo jogo do ano, surge a primeira crise do Flamengo para a imprensa.

Embora a saída do Vagner Love pudesse render mais do que rendeu, acho que a aproximação dele com quem destruiu o Flamengo ultimamente foi tão latente que a argumentação para expor qualquer reclamação frente ao que vem acontecendo no Flamengo se tornou inválida. Além disso, como ele está congelando no frio da Rússia, perceberam que não crise com Vagner Love não seria "rendável".

Mas como nada é perfeito, após fazer o gol do jogo do Flamengo, o jogador Ibson, cria da casa, experiente, acostumado com diversos dirigentes, porém mimado, super valorizado e pensando que joga mais bola do que realmente joga, vai a imprensa falar de coisas desagradáveis, no intervalo do jogo. Se é desagradável pro Ibson saber que não rende o que o Flamengo lhe paga e que o clube quer que ele renda mais, imagina o quão desagradável é, para mim, saber que um jogador como o Ibson ganha o teto salarial estipulado pela nova diretoria.

Não vou questionar o fato dele não ter comemorado o gol. O gol é dele, ele comemora do jeito que ele quiser. Ele pode comemorar abrindo os braços, dando soco no ar, ir abraçar o goleiro ou simplesmente fazer do jeito que ele fez, de uma maneira discreta. Mas eu sei do jeito que eu comemorei. Soltei um "Porra, finalmente" quase que automático. E isso explica muita coisa porque foi como um desabafo de uma torcedora que espera muito mais do que o Ibson vem oferecendo.

O "reclame" do Ibson, que acha que não está sendo valorizado como deveria, eu também não posso me meter. Mas a avaliação dele é diferente da minha. Como pode ser diferente da sua. Simples assim.

Porém, é desagradável ver a falta de obediência tática do Ibson, a ansiedade que resulta em muitos passes errados e a performance de um jogador que corre muito e produz pouco. Ibson não é patrimônio do Flamengo. Ele é empregado do Flamengo e deve se comportar como tal. Ou você reclama de coisas internas aos quatro ventos para o seu empregador saber?  Eu não reclamo. Se estou insatisfeita, reclamo com a pessoa que julgo ser certa.  A quem defende que o Ibson aguentou atrasos calado, aviso que a mesma diretoria que atrasava o seu pagamento, o contratou a peso de ouro.  Dificil falar mal de quem faz isso né? Eu também entendo o Ibson!

Ibson, pelo jogador experiente e que se diz de grupo, deveria ter o mínimo de sensibilidade e senso de grupo pra saber que esse momento de transição é complicado. Instituindo o MimimIbson ao seu curriculo, só irá acelerar o pensamento dos azuis de que não vale o salário que a Patricia e sua turma fingia que o pagava.

O fato é que não gosto de ninguém falando do Flamengo, mesmo quando eles tem TODA a razão no contexto, o que, para mim, não é o caso do Ibson!

O direito da reclamação é justo para qualquer pessoa. Afinal de contas, coisas desagradáveis tem que ser mudadas, assim como jogadores que não rendam em campo.

#Lulucast 109 - Reencontro e despedida




Lulucast de volta, depois de algum tempo, com o quarteto mais esperançoso, devido ao novo rumo que o Flamengo está tomando. Feliz pelo reencontro pelo Flamengo, mas DESESPERADAS pela despedida da Lulu mais foffy do mundo!

Com @CrisMarassi, @NivinhaFla, @Cissa_Morena e @DaniSouto, o primeiro #Lulucast do ano de 2013 teve análise dos dois primeiros jogos, opinião sobre saída do Vagner Love, as contratações para 2013 e como estão indo os novos dirigentes do Flamengo.

Assiste aí:



Escuta a narração da Nivinha como Ninja:




#Lulucast disponível nos blogs:


Segue o seu caminho, Flamengo!



http://www.vipcomm.com.br/site/upload/flaequipe_loureiro_230113001.jpg

O sol queimou a moleira dos nossos jogadores. O resultado? Uma surpresa desagradável!

Depois de uma estreia convincente, com 2 gols de Hernane, o Flamengo tem o seu primeiro tropeço no Carioca 2013, contra o Madureira. Bola dentro para o passe do Rodolfo para o gol do Ibson e bola fora para o Felipe Dias, que num penalti quase infantil, "deu" o gol para o Madureira...

Veja o gol do Ibson

Num campo com tamanho reduzido, acanhado, com sol escaldante, ainda em ínicio de temporada, o time do Flamengo não conseguiu repetir no segundo tempo a movimentação de jogadores que teve no primeiro tempo e quando teve bom volume de jogo no ataque, a bola rondou o gol, mas não entrou. E ainda assim, não achei que o Flamengo jogou mal.  Com Renato Abreu jogando de lateral esquerdo e fazendo jogadas com o Rafinha, o melhor em campo, Flamengo teve um bom volume de jogo e não fez o gol do desempate por pouco.  Aliás, que passe do Rodolfo para o Ibson fazer o gol. E que coisa feia do Ibson fazer mimimi no microfone da televisão. Mimimi de choro bobô de quem é mimado e que reclama sem razão. Ibson tem que jogar muita bola para merecer ter o teto do salário do clube, o que não o faz hoje em dia. Simples assim.

Veja as notas dos jogadores em campo:



Sinceramente? Nada de desespero, reclamações acentuadas e desenfreadas por causa desse empate. Se quiser reclamar, reclame do Flamengo ter acabado o jogo com Léo Moura, Ibson e Renato Abreu . Se colocarem eles em um lado na balança, não há garotada do Flamengo que equilibre isso.  Outra coisa que tem que se reclamar é a forma como o Adryan bate escanteio. Se ele não acerta uma, por que ele sempre tem que bater esta joça?

Vida que segue. Pontos perdidos servem de alerta para que erros não sejam repetidos. Dorival tem algumas coisas para resolver nesse time e mesmo sabendo que esse Carioca 2013 serve de ensaio para coisas que vem a seguir, não dá pra dar mole. Isso aqui é Flamengo!

Que o Flamengo não se abale com as surpresas que existirão e continue o seu caminho, com seriedade e trabalho.


VEJA TAMBÉM:

#Lulucast 109 - Reencontro e despedida

Noticias do Jogo:
Videos do Jogo:
Fotos do Jogo:

#OpinaAí 12



O ano iniciou e como esse é o primeiro #OpinaAí do ano, fizemos duas perguntas.

A Primeira:

Ronaldo Fenomeno, Kleber Gladiador, Vagner Love são atacantes que tem nome/apelido. Qual o apelido que vc colocaria no Hernane?

A Segunda:

Depois que Vagner Love foi devolvido a Rússia, Flamengo corre atras grande atacante. Quem vc acha que o Flamengo deve contratar?

Muitos responderam, teve respostas inusitadas, mas o bom mesmo é ver geral participando! E se você não está no mural, fique atento ao nosso twitter (ou Facebook) para responder no próximo #OpinaAí

Desde já, meu MUITO OBRIGADA a quem participou!

Que bom que você entrou em campo, Flamengo!



Foi um reencontro, como em todo ínicio de ano. Saca a ansiedade quando vem um parente bacana de fora se hospedar na sua casa ou te encontrar na cidade que você vive? Ou aquela expectativa quando vai reencontrar um amigão e que você pensa: "chega logo hora tal"? Era assim que eu estava com o Flamengo. Como uma pessoa que vai reencontrar uma coisa que quer muito ver!

Sinto falta do Flamengo em campo e isso, cada vez mais,  independe dos resultados em campo. O Flamengo só é o Flamengo, para mim, pelas energias boas que traz na minha vida. Quando ele começa a trazer coisa ruim, coloco na caixinha do NMVA(nunca mais vou abrir). E assim eu sigo curtindo o Mengão, com que ele tem de MELHOR!

Ver aqueles 11 caras dispostos em campo, envergando aquele Manto e com uma torcida espetacular que pagou caro para ver um jogo contra o desconhecido Quissamã, me satisfaz a ponto de eu querer jogo do Flamengo quarta e domingo.... Vai entender!

Pouco me importa se quem entrou em campo foi juniores ou meninos subindo para o profissional. Tirando um pouquinho de trabaho que me deu para buscar fotos deles para colocar no painel de notas aqui do blog, eles eram o FLAMNEGO em campo. Como não torcer? E os meninos foram bem. Daqui a um cadinho de tempo, Nixon vai ser capaz de mudar um jogo como eu acho que o Thomaz também pode mudar, se for bem trabalhado. O Rafinha não é nenhum Neymar, mas num clube que contratou Dimba pagando luva, ele pode muito bem se encaixar para fazer a gALLera feliz. E até mesmo o Rodolfo, que era um completo desconhecido para mim (e confesso que nem a cara dele eu sabia qual era!), não foi mal. Foi o que mais sentiu esse jogo, mas não foi mal.

Algumas coisas, que acostumamos no ano passado, podem até desaparecer. Mas outras, até por serem marca do Flamengo, ficarão para sempre. Nesse jogo, destacam-se duas delas: o atacante voluntarioso mas sem grande técnica e a torcida mitando, quando chamou o Ramon de burro.

Hernane é mais um atacante que, se a torcida do Flamengo carregar no colo (como fez com Nunes, Obina...), vira ídolo. Sem ser um craque com a bola nos pés, a força de vontade e a seriedade que ele demonstra em campo é tudo que o torcedor do Flamengo gosta e precisa num momento de reafirmação de valores como estamos passando.

Quanto ao Ramon... O que o Ramon fez ontem é pra se escrever um post só dele. Mas a a torcida que estava no Engenhão foi perfeita. Ser expulso, contra o Quissamã, aos 45 minutos do segundo tempo, numa falta no ataque, só pode mesmo ter aquele coro. O "burro, burro, burro" foi perfeito!

Mas vamos as notas das atuações dadas pelo blog e por quem votou. Logo abaixo tem as fotos, os videos e as noticias do jogo.


Notícias:
Videos: 

Quarta-feira tem mais, num jogo as 17h. Nesse Carioca, como mudou o regulamento e o time que tem maior soma de pontos entra com vantagem de empate na semifinal, não perder pontos para times pequenos (inclui aí o time sem água de São Cristovão) é essencial. 

Que o Dorival comece a usar logo o que temos de melhor para dar o gostinho de como será nosso 2013. 

É o meu maior prazer, vê-lo brilhar!


Carioca 2013: uma gota no oceano

Carioca 2013: uma gota no oceano




O que é uma gota para um oceano inteiro? É assim que eu vejo, especificamente, esse Carioca de 2013.

Depois de muitas notícias sobre penhoras, gestão, dívidas, administração de pessoal, marketing, patrocinio, eis que o Flamengo entra em campo, literalmente, e passaremos a misturar os assuntos. Já estava mesmo na hora de falarmos de chutes, cabeçadas, carrinhos, golaços e performance de jogadores dentro de campo.

Embora eu queira o Flamengo arrebentando em campo como está arrebentando fora dele, a minha expectativa para esse carioca não é alta. Talvez porque eu esteja mais preocupada com o futuro se abrindo escancaradamente de forma espetacular do que com o presente que o passado esteja sendo consertado, embora saiba que o presente é importantíssimo.

Flamengo entra em campo contra o Quissamã, com um time misto, sem os reforços e com alguns jogadores que podem fazer parte do time titular durante o ano fora. Foi uma escolha que a comissão técnica fez e não acho que esteja errado. Vamos acertando um time que vem com uma nova estrutura, com novos jogadores e com uma nova filosofia fora de campo que influi no desempenho dentro de campo. A paciència parece mesmo ser a palavra da moda no Flamengo.

Estamos com um oceano à frente. E o melhor: com uma embarcação que se fortalece cada vez mais!

O pontapé inicial para o "Zico 60 anos"

O pontapé inicial para o "Zico 60 anos"

Vamos fazer história para quem ajudou a construir a nossa.

Não fique de fora da maior homenagem do esporte mundial.

O Rei Zico merece ganhar de presente O BRASIL PINTADO DE VERMELHO E PRETO pela Nação Rubro-Negra.


Foto: Saiba mais sobre o Projeto Zico 60 Anos no release abaixo.

Bora participar?

Flamengo Notícias 2: Reforços, despedidas e patrocínio e pagamento de impostos!

Flamengo Notícias 2: Reforços, despedidas e patrocínio e pagamento de impostos!



Com a semana movimentada com a saída e chegada de jogadores, o Flamengo se prepara para o ano de 2013 e seus próximos anos com muita noticia sobre administração, imposto e marketing. 

Só uma noticia não sai nunca do noticiario: as vitória do basquete do Flamengo na NBB!

Vamos à elas?

18/01Flamengo está bem acima dos demais no NBB, diz técnico do Suzano
18/01Cléber Santana agora está perto de acertar com o Avaí
18/01Wallace está ansioso para vestir a camisa do Flamengo'
18/01 Entrevista com o empresário Carlos Leite, falando do Flamengo
18/01 Presidente do Criciúma afirma que Cleber Santana se desligou do Flamen..
17/01 Confira a integra da comunicação do Porta-Voz da Patricia Amorim
17/01 Amaral e Cáceres disputam vaga no time titular do Flamengo
17/01 Leonardo Moura revela ansiedade para início do Campeonato Carioca
17/01 Quem é o Wallace, novo zagueiro do Flamengo para 2013?
17/01Veja quem é o novo reforço do Flamengo para 2013
17/01Perícia conclui que obra no clube causou incêndio acidental no ginásio..
17/01Dorival comanda mais um coletivo no Fla com Amaral entre os titulares
17/01Torcedor do Flamengo, tenha paciência
17/01Rafael Alcântara, meia do Barcelona, deseja voltar um dia ao Flamengo
17/01Pai ressalta a vontade do meia Ibson em permanecer no Flamengo
17/01Nixon sabe que tem oportunidade única no Flamengo
17/01 Saiba detalhes do acerto entre Peugeot e Flamengo
17/01Veja quem é o novo patrocinador do Flamengo em 2013
17/01Nota Oficial - Clube paga 8 milhões em impostos atrasados de Refis e T..
16/01Liedson pode ir para o Porto, diz imprensa portuguesa
16/01Hernane diz que seria uma honra jogar com Kaká
16/01Como está a situação de Carlos Eduardo e Ibson no Flamengo
16/01Pelaipe espera definir futuro de Liedson em '48 ou 72 horas'
16/01Gabriel fala em sua chegada ao Flamengo
16/01Nova política da diretoria do Flamengo irá atingir torcidas organizada..

Flamengo Videos 3: Love, FlaBasquete, apresentação de reforços e jogos antigos!

Flamengo Videos 3: Love, FlaBasquete, apresentação de reforços e jogos antigos!




A semana de trabalho foi intensa. Começou com a saída do Vagner Love, treinamentos para acerto de time, jogadores preocupados com a estreia no estadual e o FlaBasquete arrebentando na NBB, com vitorias e e mais vitorias!

De brinde, ainda te alguns jogos antigos do Flamengo para você relembrar. Vamos aos videos dessa semana?

17/01Vetereno em estaduais, Léo Moura quer garantir Carioca para o Fla
17/01Apresentação: Gabriel e João Paulo
17/01Léo Moura usa experiência para aconselhar mais jovens do elenco
16/01 Rafinha é apadrinhado por Zico e já foi comparado a Neymar
16/01 Flamengo 4 x 3 Grêmio - Copa do Brasil 1993
16/01Djalminha relembra a conquista do Flamengo na Copa São Paulo
16/01Flamengo 5x3 América(RJ) [Taça Guanabara 1991]
16/01Flamengo 2 x 1 Botafogo - Campeonato Carioca 2000
15/01Novo Presidente do Fla fala sobre a revelação de craques e torcida rub..
15/01Flamengo vence São José por 83 a 75 e consegue sua 11ª vitória
15/01Luiz Antonio - O Volante Que Tem Cara de Atacante.
15/01 Iranildo, o Xuxu da Gávea fala de sua passagem pelo Flamengo
15/01 Novidade, Rafinha garante: 'não sou nenhum craque'
15/01 Love: Flamengo Está Tentando Moralizar O Clube
15/01Cerro Porteño 2 x 3 Flamengo - Copa Mercosul 1998
15/01Os 41 pontos de Marcelinho Machado na conquista da Liga Sul-Americana ..
15/01Flamengo Campeão Novo Basquete Brasil 2009
15/01Flamengo Campeão Liga Sulamericana de Basquete 2009 - Espn Brasil
15/01Flamengo 2 X 0 Mesquita - Campeonato Carioca 2008
15/01 Imagens do embarque de Vágner Love, que voltou para o CSKA da Rússia
15/01 Quem herda vaga de Love? Hernane, Liedson e Nixon estão na briga
15/01 Ramon diz que saída de Love não foi surpresa
13/01Vagner Love se despede do Flamengo e nega briga com diretoria
13/01 Elias: 'Se o Corinthians venceu tudo em 5 anos, o Fla também pode'
12/01Fla-Ego: Pai de santo já havia previsto saída de Love do Flamengo

Quer ver videos sempre atualizados?

Acesse a página do FLAMENGO VIDEOS!

Destaque RN: Petkovic

Destaque RN: Petkovic


Maio de 2001, gol do penta-tri. Dezembro de 2009, conquista do Hexa. Pet como destaque das duas conquistas.

Poderia muito bem citar essas duas datas para exemplificar a história do Pet com o Manto Rubro Negro. Não sei se estaria sido econômica na citação, mas na grandiosidade e na importância, pode acreditar que não. O sérvio mais rubro negro de todos os tempos!

Quando chegou ao Flamengo, comprado por uma importância aproximada de U$ 6,5 milhões, graças a parceria do clube com a ISL, Pet recebeu honras de estrela, até mesmo pelo seu histórico recente no Brasil, e obviamente, pelo seu potencial. Estreou numa partida contra o Santos, válida pelo Torneio Rio-São Paulo de 2000, e assim como tinha feito na primeira partida vestindo a camisa do Vitória, Pet marcou gol e deu show, sendo um dos protagonistas da goleada aplicada pelo Fla no time paulista (4 a 1).

Comandado por Paulo César Carpegiani, Pet dava mostras claras de que não demoraria a assumir o posto de querido da maior torcida do Brasil, e as evidência se concretizaram, é claro, graças ao poder de fogo e boas atuações do jogador, a prova disso, é que, Pet marcou dois gols nas suas duas primeiras partidas vestindo o Manto Sagrado, além disso, o Flamengo só foi perder uma partida com o iugoslavo em campo depois de dez jogos, entretanto, aquela derrota foi dolorosa, e acabou mexendo com a estrutura do Mais Querido do Brasil.

Naquela ocasião, o Flamengo foi goleado pelo Vasco da Gama na decisão da Taça Guanabara de 2000, com show do recém-egresso do clube, Romário. Foi durante aquela partida que Petkovic conheceu exatamente a proporção da rivalidade entre Flamengo e Vasco, e, se não pensou ali em um revide, mais tarde pareceria que sim.

Apesar da derrota para o rival, e não tendo estado em campo nas partidas finais do Campeonato Carioca 2000, Pet formaria o elenco que triunfou contra o clube de São Januário e se sagrou bicampeão estadual, ao repetir o campeonato do ano anterior, ainda sim, pode-se dizer que Petkovic não estava satisfeito.

Ainda no ano de 2000, Pet jogou num time recheado de estrelas, entre elas, Denílson, Alex, e o desafeto Edílson. Outro que na época ainda surgia como promessa, era o atacante Adriano, que mais tarde se tornaria um dos maiores jogadores do futebol mundial e ganharia a alcunha de Imperador. Apesar de toda a constelação, o time do Fla não foi bem na Copa João Havelange e também fracassou na tentativa de conquistar o bicampeonato da Copa Mercosul, guardando as esperanças rubro-negras para o ano de 2001.



Certamente 2001 foi o ano de Pet no Flamengo, e a marca mais evidente foi eternizada em apenas um gol, contra aquele mesmo Vasco, que um ano antes houvera goleado o Fla, na decisão da Taça Guanabara. Finalista do Campeonato Carioca, e candidato ao quarto tricampeonato carioca da sua história, o Flamengo partiu para o último jogo do certame em desvantagem. Derrotado por 2 a 1 na primeira partida, o Flamengo precisava ganhar por dois gols de diferença para se sagrar tri estadual diante do Vasco, que houvera perdido para o Fla nos dois anos anteriores, e formara um grande time. E o time de São Januário esteve bem perto do título, ao terminar a primeira etapa da decisão com a partida empatada.

Na segunda etapa, porém, os desafetos Petkovic e Edílson brilharam e jogaram com bastante sincronia, deixando o Flamengo a um gol do campeonato até os 43 minutos do segundo time, quando Pet partiu para cobrar uma falta sofrida na entrada da área e paralisou o Maracanã por alguns minutos, que se findaram ao balançar da rede defendida pelo goleiro vascaíno Helton.

Não bastasse aquele título, Pet ainda deu ao Fla, também com outro memorável gol de falta contra o São Paulo, a Copa dos Campeões, título de ordem nacional, e que creditou o clube a participar da Taça Libertadores no ano de 2002. Foi ainda naquela ocasião que apareceram os primeiros rumores da naturalização de Petkovic, já que àquela altura, o país desejava vê-lo vestindo a camisa da Seleção Brasileira, porém isto acabou nunca acontecendo.

Em 2002, ano díficil para o futebol do Flamengo, Pet partiu e dividiu a torcida do Flamengo. É que o meia deixou a Gávea e foi justamente para São Januário, a fim de defender o mesmo Vasco da Gama, que um ano antes tombara aos pés do gringo. A polêmica transferência, como não poderia deixar de ser, causou tremores, e parte da torcida rubro-negra demorou a digerir a mudança de Pet.


Em 2009, já no ínicio do ano, o meia Petkovic aparecia em tablóides como possível reforço do Flamengo para o decorrer da temporada, contudo, a informação era sempre negada por membros da diretoria que consideravam o jogador experiente por demais e por isso, fora dos planos. O fato é que naquele ano o clube disputava e mais tarde ganharia o penta tri campeonato carioca da sua história, e ainda era viva a lembrança da quarta conquista conquistada heróicamente a partir da belíssima falta cobrada pelo sérvio no ano de 2001.

No dia 19 de maio daquele ano, Dejan Petkovic se reuniu com a diretoria do Mais Querido do Brasil e sagrou sua volta ao clube através de um acordo que além de reforçar o clube, saldaria dívidas antigas com o meia e que atormentavam a saúde financeira do Flamengo.

No ínicio contestado por parte da torcida, que de certa forma, ainda não compreendia bem as transações de outrora, que acabaram levando Pet aos rivais Vasco e Fluminense, o estrangeiro, que na época já acumulava 36 anos de idade, entrou no elenco com o propósito inicial de apenas compor, no entanto, algumas contusões e falta de peças de reposição, acabaram pondo o sérvio em campo.

O fato é que um Pet um tanto diferente apresentou-se na sua segunda passagem pelo Fla. Mais maduro, líder em campo, afável com os companheiros, o jogador acabou reconquistando a torcida rubro-negra como um todo, e mostrando todo o seu potencial, agora traduzido em atuações menos vigorosas, porém também bem mais sóbrias e técnicas. Em sua ótima fase pelo clube, em outubro de 2009 superou Sidney Pullen e se tornou o terceiro estrangeiro que mais marcou gols com a camisa do Flamengo.

Foi peça fundamental na conquista do Campeonato Brasileiro 2009, sendo o seu primeiro campeonato brasileiro conquistado.

Depois de faturar o primeiro Campeonato Brasileiro da sua carreira, Petkovic foi mantido no Flamengo para a temporada 2010, quando encerraria seu contrato com o Mais Querido do Brasil. Tratado como peça fundamental para os planos do bicampeonato da Taça Libertadores da América, o sérvio enfrentou sérios problemas no ínicio da temporada.

Preterido algumas vezes do time titular pelo técnico Andrade, Pet que não obtinha a mesma performance do Hexa, acabou sendo colocado em xeque junto com o restante da equipe que amargou a derrota do Campeonato Carioca 2010 e a traumática eliminação para a Universidad do Chile pela Taça Libertadores. Todavia, por força da então presidente Patrícia Amorim, o meia teve seu contrato renovado e foi mantido com a equipe para o restante do Campeonato Brasileiro daquele ano.

O mau rendimento do Flamengo em 2010 e a chegada de Vanderlei Luxemburgo no mesmo ano, bem como seu projeto de rejuvenescimento da equipe acabou tirando Pet do elenco no ano de 2011, e o sérvio iniciou seu projeto de despedida dos gramados. Assim, na terceira rodada do Brasileirão 2011, Petkovic se despediu dos gramados contra o Corinthians e, demonstrando ótima forma, foi ovacionado num Engenhão lotado de rubro-negros apaixonados pelo futebol do mais brasileiro dos sérvios.



Literalmente, #ValeuPet.

Cadastre-se no Nação Rubro Negra, programa de relacionamento do Novo Flamengo!



No "apagar das luzes" da gestão Patricia Amorim, foi lançando um programa de sócio torcedor que visada dar vantagens a rubro negros que se associassem. O programa "Nação Rubro Negra" prometia benefícios a quem se cadastrasse.

Patricia não foi eleita, o lançamento poderia ter sido em vão se os Smurfs não tivessem dado continuidade ao programa, prometendo, porém, muito mais vantagens!

A chamada do site é:
"O Nação Rubro-Negra é o programa de relacionamento oficial do Flamengo com seus fãs e torcedores, e tem como principal objetivo oferecer benefícios exclusivos a você, apaixonado pelo Mengão, que não vive sem seu clube de coração.

Só quem faz parte da Nação é um legítimo Cidadão Rubro-Negro.

Cadastre-se já!"

Eu já fiz o meu cadastro, claro! E você está esperando o que para fazer o seu?

Acesse o site e cadastre-se!

Migonianas: O laranja, os xiitas e a metáfora do copo




Mais uma coluna do Pedro Migão:

No momento em que escrevo, temos aproximadamente as duas primeiras semanas da nova diretoria do Flamengo, que tomou posse dia 27 último e que assumiu efetivamente o mandato no dia 2 de janeiro.

A primeira coisa que se observa é que, embora o Presidente Eduardo Bandeira de Mello esteja aparecendo “em todas as fotos” das ações tomadas, basta se observar de forma mais atenta que, como eu havia previsto, o comando efetivo das decisões não está nas mãos dele – ou passa muito pouco.

Fica claro que, como eu mesmo no Ouro de Tolo e em redes sociais havia dito antes das eleições, que o poder é exercido, efetivamente, pelo presidente da SKY Luiz Eduardo Baptista – o BAP. Além dele, pelo ex-candidato Wallim Vasconcelos. Ainda que um esteja na Vice Presidência de Marketing e outro na de Futebol, para mim está claro que são os dois que efetivamente detém o poder hoje.

Por isso, o “laranja” do título. Pessoalmente é algo que não me agrada, mas se foi o arranjo institucional encontrado para que os objetivos fossem alcançados, não é a primeira nem a última vez em que isso acontece. Não há “burla à lei”, no caso o Estatuto, então esta é uma questão menor.

Sobre as ações destes dias, para mim está claro que não havia noção do buraco financeiro do clube. Se a ideia é gastar menos e pagar as dívidas, pessoalmente acho admissível ficar um ou dois anos com times modestos para “arrumar a casa”.

Entretanto, por mais que saiba que a questão financeira foi o fator primordial, para mim pessoalmente está claro que as dispensas da equipe de natação e, recentemente, do jogador Vágner Love tiveram um cunho político. Parece-me claro que a “caça as bruxas” a que me referi no artigo escrito logo após as eleições irá acontecer.

No futebol, especificamente, está claro que ao menos no primeiro semestre os grandes líderes e estrelas do time serão aqueles a quem chamo de “Milicianos” – Renato, Léo Moura e Ibson. Por mim sequer teria renovado com os dois primeiros, que estão muito longe do apogeu e não admitem ir para o banco. Ou seja, irá se repetir o problema dos meses finais de 2012, onde os três eram pesos mortos no time – mas intocáveis.

Resta saber como será feita a reposição do ataque com a recente saída de Love. Tenho para mim que o técnico irá se abster de uma das vagas de atacante a fim de arrumar lugar para o recém contratado Elias e manter o “Trio Ternura” no meio de campo. Aguardemos.

A propósito, ficou claro que a nova diretoria não queria a permanência do técnico Dorival Júnior, mas optou por tentar forçar que o técnico e demitisse, a fim de não pagar a multa rescisória. Pessoalmente achei péssima a condução do caso, e acho que Dorival não chegará ao Brasileirão no cargo.

Este é um bom exemplo do que chamarei aqui de “curva de aprendizado” da nova diretoria. São todos executivos renomados em suas áreas de atuação, mas que nunca haviam trabalhado com o futebol – que possui uma dinâmica própria. Até este aprendizado se encerrar, erros serão inevitáveis.

Outro bom exemplo foi a recente medida que restringiu o acesso dos funcionários de escalões mais baixos ao andar da presidência do clube. Isso nas empresas que eles dirigem é costumeiro – para não se misturar com a “ralé” – mas em um clube pode gerar problemas futuros – afinal de contas os funcionários convivem com os sócios.

Faço uma ressalva: acho que é uma impropriedade dizer que toda a dívida do clube é de responsabilidade da ex-Presidente Patrícia Amorim. A gestão financeira do clube no mandato dela foi caótica, mas já existia uma grande dívida anterior – gerada em mandatos de ex-presidentes que estão apoiando e integrando via prepostos a atual diretoria.

Os xiitas são aqueles rubro negros, participantes e apoiadores da diretoria, em especial nas redes sociais. Endeusam tudo o que a nova diretoria faz e, ainda que apontemos erros inequívocos, se saem com um “eles sabem o que estão fazendo e você não tem a informação”. Censuram, gritam, constrangem, ofendem e tornam absolutamente impraticável se expressar opinião em espaços públicos.

Resumindo: tornou-se uma seita à moda dos seguidores de Jim Jones, ou, utilizando-me da ciência política, baixou o “centralismo democrático” típico dos partidos comunistas.

O colunista do Ouro de Tolo Aloisio Villar, não sem uma dose de sarcasmo, escreveu recentemente que se os integrantes da diretoria entrarem na piscina haverá um genocídio por afogamento. Mais ou menos por aí...

Reflexo desta postura absolutamente messiânica é o apoio cada vez mais explícito que vejo nestes integrantes e apoiadores a medidas de banimento da imprensa do clube. A posição é de que “basta o site oficial” e que a imprensa deve ser proibida de entrar no clube e estabelecer contatos com jogadores e comissão técnica fora das dependências.

Note o leitor que quando se anunciaram as restrições de acesso ao Ninho do Urubu – bastante razoáveis, diga-se – vários destes xiitas comemoraram em redes sociais como se o Flamengo tivesse sido campeão mundial de futebol. Inclusive ofendendo e constrangendo jornalistas, o que é lamentável.

Esta é uma posição dos seguidores, mas como escrevi no texto anterior a nova diretoria não é exatamente receptiva a críticas. Não vai demorar para alguma restrição acontecer, mas não agora.

Resumindo, temos a questão do copo.

Como qualquer diretoria novata, há erros e há acertos, cabe ao leitor determinar se prefere ver o copo meio cheio ou meio vazio. Como sou um homem de gestão – especialmente financeira – acho que o copo está meio cheio nestes primeiros dias. Alguém que somente pense em futebol vai achar o copo meio vazio.

Amigos, é isso.

Acesse o Ouro de Tolo, o blog do Pedro!

Flamengo Videos 2: Elias, Copinha, Pré-temporada, Fla Basquete invicto e saída do Love!

Flamengo Videos 2: Elias, Copinha, Pré-temporada, Fla Basquete invicto e saída do Love!



Semana do Flamengo foi de treinamento, eliminação na Copinha, recorde no Fla Basquete e jogadores falando de elenco, apresentação de contratação e despedida de u ídoo da torcida. 

Perdeu alguma coisa? Não viu o que os jogadores falaram?

Escolha o vídeo e assista!

13/01Vagner Love se despede do Flamengo e nega briga com diretoria
13/01 Elias: 'Se o Corinthians venceu tudo em 5 anos, o Fla também pode'
12/01Fla-Ego: Pai de santo já havia previsto saída de Love do Flamengo
12/01Os 10 gols mais bonitos da campanha do hexa
12/01Elias diz porque escolheu o Flamengo
12/01Lances de Vagner Love - O Artilheiro do Amor 2010 2012
12/01Gols: América-SP 2 x 2 Flamengo - Copinha 2013
12/01Flamengo empata por 2 a 2 com América-SP e está eliminado da Copinha 2..
12/01Fla-Ego: Olha a onda! Cleber Santana leva caixote em praia no Rio
12/01Dorival explica que Fla terá pré-temporada mais longa
12/01Dorival analisa reforços e elogia velocidade de Elias
11/01Fluminense 1 X 3 Flamengo - 2º Turno Carioca 1960
11/01Flamengo vence o Joinville e bate recorde de vitórias consecutivas no ..
11/01Elias, novo reforço do Flamengo, chega ao Rio de Janeiro
11/01Renato Abreu elogia novos reforços do Flamengo
10/01Muralha enche a bola da base
10/01Flamengo pode alcançar marca histórica no NBB
10/01Lances do João Paulo, novo lateral do Mengão!
10/01Lances do Gabriel, novo jogador do Flamengo, em 2012
10/01 Gabriel: Da várzea à pedra preciosa do Bahia (matéria ESPN)
10/01Gols do Elias, novo jogador do Flamengo
10/01Golaço do Elias, novo contratado do Flamengo
09/01Flamengo 1 x 1 Seleção do Uruguai - Amistoso 1995
09/01Zagueiro dá cabeçada, é expulso e bate no árbitro (Santos-AP x Flameng..
09/01 Ibson garante que Fla corre por fora no Estadual

Acesse a página do Flamengo Videos!

Flamengo Fotos 2 : Treinos, Fla Basquete invicto e reforço chegando!

Flamengo Fotos 2 : Treinos, Fla Basquete invicto e reforço chegando!

"Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas". Parte II

"Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas". Parte II

Eduardo Bandeira de Mello e Vagner Love Flamengo (Foto: Fred Huber / Globoesporte.com)


Quando o Love chegou no Flamengo em Janeiro de 2012, escrevi um texto com esse titulo acima. Por isso que esse texto agora é a parte II.

Nesse texto, mais do que comemorar a volta do Love, eu comemorava a energia que ele trazia de querer jogar  e se orgulhar de jogar no Flamengo. E continuo com essa mesma impressão. A energia realmente foi ótima. Pena, mesmo, que ao longo de 2012, o Love tenha trocado essa energia de querer jogar no Flamengo pelo apoio irrestrito a ex-mandatária do Flamengo.

O apoio é do Love e quem sou eu para questionar isso. Mas uma das coisas mais coerentes que li, rapidamente, foi escrita no Twitter, pela Cris Marassi. "A coisa ficou russa pro Love desde que ele decidiu apoiar a campanha da Paty. Nem foi tão bom enquanto durou. #AdeusLove". Não ganhou nenhum titulo, terminou o ano brigando com a bola e com a torcida insatisfeita com o apoio a uma presidenta que era impopular!

Vagner Love foi responsável pela chegada calorosa que recebeu, com apoio quase unânime da torcida e é o responsável pela saída fria, como a Rússia, que está tendo. A devolução ocorre por que o Flamengo não tem condições de pagá-lo. Fruto da irresponsabilidade do ex-vice de finanças que fez um negócio sem condições cumpri-lo.

Se essa saída é política, justamente por causa disso acabei de escrever, eu não sei e acho que só o tempo dirá.

Mas o Vagner Love é mais um exemplo do quanto Antoine de Saint-Exupéry tem razão. E o que cada um é responsável por aquilo que cativa!

A inacreditável azulada do suposto novo Flamengo na trica de contratações!

A inacreditável azulada do suposto novo Flamengo na trica de contratações!

Não me venha com chorumelas! Não me venha com o discurso que nenhum grande jogador foi contratado, nem que é obrigação dos caras contratarem porque prometeram um grande time. Não me venha dizer que se recusa a comemorar contratação de João Paulo, lateral esquerdo desconhecido, mas que nunca o viu jogar.

Numa quinta-feira para rubro negro nenhum colocar defeito, o Flamengo anunciou a contratação do meio de campo Elias, ex-corinthians, o meia Gabriel, revelação do Bahia e do lateral esquerdo João Paulo, do Mogi Mirim. Além disso, acertou salários atrasados do futebol e do basquete e manteve invencibilidade na NBB batendo recorde. Ê quinta-feira boa, sô!

Na verdade, a azulada que o suposto novo Flamengo é explicada muito mais do que a simples contratação de três jogadores pontuais para o elenco que tempos. Inclua aí nessa azulada inacreditável o pagamento de salarios atrasados, não só do futebol  mas também do basquete, além da contratação de um jogador paraguaio para o Basquete. Deu produção, deu resultado, o Flamengo contrata. Quem disse que os Smurfs só querem ver futebol?

Mais conhecido dos três reforços, Elias jogou muito bem no Corinthians. Joga numa posição aonde temos jogadores em excesso, é verdade. Mas já pensou quem é o titular da posição que ele jogaria? Pois é, eu prefiro o Elias! Jogador rápido, que aparece bem no ataque e que tem inteligência em campo. O futebol está carecendo muito de jogadores que pensem!

Só pela comoção da torcida do Bahia, me animei com a vinda do Gabriel. Não lembro dele em campo, mas há pessoas que acompanhando o Bahia que falam muito bem do futebol do garoto. O Bruno, leitor do blog, atesta que foi uma boa contratação e que o garoto tem futuro. Preciso dizer que, desde já, conta com o meu apoio?

O menos conhecido da trinca de reforços, mas que vem para uma das posições mais carentes do nosso elenco, o lateral esquerdo João Paulo chega com uma caracteristica muito importantes: contrato de dois anos bem amarrado para posíivel saída. Para quem acabou de perder para o Fluminense um lateral porque fez um contrato de seis meses sem garantia nenhuma pro Flamengo, é mais uma azulada para a turma dos Smurfs.

Como se não bastasse tudo isso, mais dois comentários sobre duas notícias para o seu dia ficar ainda mais azul: não há mais atraso salarial nos profissionais do Flamengo (basquete e futebol) e Flamengo fará força para o pagamento sair dia 5 de cada mes e não dia 25, como é feito hoje em dia.

E que depois dessa azulada inacreditável, ninguém sinta falta do povo da Chapa Amarela. Amarelada no suposto novo Flamengo só mesmo a renovação do Léo Moura, que ainda não consegui digerir!

Um brindes aos azuis!

Mundo Flamengo: Flamengo, Aspirinas e Urubus

Mundo Flamengo: Flamengo, Aspirinas e Urubus



Essa página dentro do Primeiro Penta já existia, mas não uma categoria especifica como a que está se criando hoje. Nessa categoria, falarei dos parceiros do blog com o intuito da internet ficar cada vez mais rubro negra! Quanto mais gente escrevendo, mais textos de qualidade podem surgir. Quanto mais textos de qualidade surgirem, mais alto nível será a discussão sobre o Flamengo.

O blog escolhido para inaugurar o Mundo Flamengo é o da Nívea Richa, uma amiga espetacular que o Flamengo me deu: o Flamengo, Aspirinas e Urubus.

Nivea Richa é uma rubro negra daquelas que frequenta o Engenhão. Mais conhecida como Nivinha, já participou do Fala Nação  e é uma das integrantes do quarteto que faz o Lulucast, o podcast feminino sobre o Flamengo após os jogos.

Gosto do que a Nivinha escreve. Tem um português impecável, os textos são de fácil entendimento, sem enrolação e do tamanho que tem que ser para um blog de uma torcedora que se dispôe a falar do Flamengo.  Além de ser a "menina torcedora do blog da Globo.com", Nivinha tem uma linha debochada que quem acompanha o Lulucast sabe e tem uma sensibilidade para falar do Flamengo que merece elogios. Passa o seu recado direitinho!

Além do Lulucast, que é postado lá também, a presença de vídeos como o do paulista falando do que é ser Flamengo, do presidente falando no dia da posse ou de eventos oficiais do Flamengo é um diferencial bacana.

Não conhece o Flamengo Aspirinas e Urubus?  Acesse aqui!

Maria Corneta: Isso tudo aí é obrigação!

Maria Corneta: Isso tudo aí é obrigação!




Eu estava com um texto pronto. Tenho que aprender que esse negócio de internet, o certo é pensar e publicar. Mas não é por isso que minhas idéias sobre esse suposto Flamengo vão ficar guardadas comigo.

Pagaram os salários atrasados, né? Não fizeram mais do que a obrigação. Estão no poder, estão movimentando o dinheiro, estão falando no nome do Flamengo. Então, minha gente, É OBRIGAÇÂO! Não tem o time lá de basquete, que muitos dizem ser o orgulho da Nação? Tem que pagar. Flamengo tem que ser só futebol. Mas, já que insistem com isso, tem que pagar. Mesma coisa é  futebol. Não tem os jogadores? Tem que pagar. Se não pagarem, vão ficar lá fazendo o que? Tomando banho na piscina no clube?

Agora, querer que eu bata palma para contratação de João Paulo é demais pra mim. E para o Corinthiano que estava esquecido lá em Portugal? Mais um volante para coleção do Dorival! E para uma promessa baiana que só me faz lembrar o Vander, aquele cadavérico que veio e não disse a que veio?  Tenho mesmo que bater palma para isso? Tenho que achar que são excelentes e que esses caras estão trabalhando?  Estão trabalhando nada, estão fazendo a obrigação. O aplauso de vocês está valendo muito pouco!

Aí, até no basquete a diretoria está fazendo a obrigação com contratação. Mas eu nunca vi time paraguaio de basquete. Por que foram contratar logo um ala paraguaio? Deve ser pra trazer muamba de lá! Vamos averiguar!

Estou preocupada mesmo é com o elenco do Flamengo. Vocês já viram quem é o TERCEIRO goleiro do Flamengo? Sem o Cesar, que está operado do ombro, é um jogador da base que ninguém nunca ouviu falar. Temos Felipe e Paulo Victor, que juntos não valem um né?  E na lateral direita? E na lateral esquerda? Meu Deus, contratem o Dátolo para fazer dupla de ataque com o Love!

Eu apóio o Flamengo, sou rubro negra, mas vou bater palma pra maluco? Lugar de aplauso é no teatro!

FOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOM!

=======

Essa coluna nada mais é do que uma SÁTIRA, uma BRINCADEIRA à uma parte da torcida que critica a tudo e a todos, nos momentos mais imprevisíveis. O que é escrito nessa coluna NÃO REFLETE, necessariamente, a minha opinião e é a linha de racíocinio de perfis em Redes Sociais para comentar sobre o Flamengo, sempre cornetando. Durante a semana, pegarei as opiniões deles e colocarei aqui. Portanto, a MARIA sou eu, Dani Souto, mas a CORNETA não é minha.