A noite dos estagiários

"Estagiários" (Inutilis Rastejantis) são pessoas semi-racionais, que reconhecem ordens simples, mas não importa o quanto tentem, sempre fazem errado. São contratadas para trabalhar mais e ganhar menos que os outros membros de uma empresa ou repartição pública. Contratados para realizar o trabalho dos profissionais da empresa, para que estes tenham tempo de publicar seus artigos na Desciclopédia.

E foi cheio de estágiários, com pessoas semi racionais, que não importa o que tentem, sempre fazem errado, que o Flamengo saiu de campo neste jogo de sábado. O tim. e do Flamengo tem tanto estágiário que no lance do gol do Grêmio, com 3 zagueiros em campo, quem marcou o zagueiro adversário que fez o gol foi o Camacho, que não é estagiário. 

Camacho hoje correu como gente grande. Errou muito, mas correu muito. E isso é muito bacana, principalmente porque estou convencida que é muito melhor o Pet saindo ao 1 do segundo tempo que o estagiário Ramon, o estagiário Vinicius Pacheco, o estagiário Gil nos 90 minutos. Bota o Camacho pra correr pelo Pet que o chefe dos estagiários vai chegar ao time ideal. 

Quanto ao técnico deixará de ser estagiário quando definir o que ele quer do Flamengo. Mudar o time a cada jogo porque não pode contar com jogadores é a desculpa mais filha da puta que um incompetente pode usar. Até porque um time para ganhar alguma coisa tem que ter padrão tático. E como um trabalho tem padrão senão tem direcionamento?

No mais, apesar do empate, gostei do jogo porque começa a ficar claro algumas coisas: o Flamengo, hoje, não pode nem pensar em ficar sem o Maldonado e o Pet no time titular. 

E o Alvaro? O estagiário está de sacanageeeeeem!


Espero que você tenha gostado do texto. Aproveite e confira também:

Poste um Comentário




Próximo
« Prev Post
Previous
Next Post »
0 Comentários

Comente, sempre, com educação. Se você é do Twitter, do Facebook ou de outra rede social, deixe o seu contato para que eu possa agradecer.
Ah, não esqueça nunca: UMA VEZ FLAMENGO, SEMPRE FLAMENGO!