Pós-Jogo: São Paulo x Flamengo - Brasileirão 2012






Ah, se o Flamengo de hoje aguentasse os 90 minutos de um jogo de futebol profissional. Enquanto teve pernas, enquanto o preparo físico deixu, jogamos um jogo com orientação tática e disposição. Não sei se por conta da fragilidade do São Paulo que não tem um time formado ou é alguma evolução do Flamengo como time. O fato é que, pra variar, perdemos com gols vindos de falhas individuais. E quando é assim, complica e muito.

Levar uma goleada nunca é fácil. Digeri-la então, é impossível. Não acho o time do Flamengo tão ruim o quanto pintam, mas é fato que há jogadores que estão em péssima fase e que não merecem estar como titulares do Flamengo. Mas o que esperar de um time que tem o Léo Moura como capitão?

Veja as fotos do jogo

Veja os gols desse jogo

Ibson está em péssima fase, sem nenhuma noção de posicionamento em campo. Com isso, corre que nem um desgovenado e erra mais do que o Negueba em campo. Léo Moura é o maior chinelinho dos últimos tempos do Flamengo. Burocrático e preguiçoso, mostra dia após dia que a renovação do contrato dele é uma temeridade. O que falar do Vagner Love, jogador que eu aodro pela sua identificação com o Flamengo? Virou um muro, o "the wall": todas as bolas que vao para ele, voltam. Voltam para a defesa do adversário.

As falhas individuais do Paulo Victor, do Welinton e do Gozanlez é só o retrato do Flamengo de hoje. Um Flamengo que tenta se ajeitar, depois de passar meses num caminho errado.

Ta desanimado, rubro negro? Quem disse que ser Flamengo é fácil?

Veja as notas:







Comente:



Nenhum comentário

Comente, sempre, com educação. Se você é do Twitter, do Facebook ou de outra rede social, deixe o seu contato para que eu possa agradecer.
Ah, não esqueça nunca: UMA VEZ FLAMENGO, SEMPRE FLAMENGO!

Tecnologia do Blogger.