Não basta procurar jogo, Diego!










O Flamengo empatou com o Santa Fe no Maracanã e o resultado foi muito ruim. Ruim porque poderia ter decidido o jogo no primeiro tempo. Ruim porque o desempenho de muitos foi ruim.

Diego foi o jogador que mais procurou a bola e foi o que mais errou. No jogo contra o Santa Fe, ninguém deve ter corrido mais do que ele. Se apresentou, correu, passou, chutou, cruzou para o gol do Dourado... Mas prendeu a bola demais, deixou de dar passes em profundidade e perdeu a bola que originou o gol dos caras.

Para o 10 do time, o craque, não basta procurar jogo. O Diego tem que parar de prender a bola, soltando-a com maior rapidez. Ele tem talento para tentar passes que possam se transformar em assistências para o gol. Talvez seja por isso que irrite tanto uma grande parte dos torcedores.

Eu prefiro ter no meu time jogador como o Diego de ontem, que não se escondeu do jogo, do que ter um Everton Ribeiro, que pouco se apresenta.

Mas para liderar uma equipe como a do Flamengo numa Libertadores, não basta procurar jogo. É preciso ser efetivo. A efetividade é que vai determinar o seu desempenho.

Saudações!


Comente:



Nenhum comentário

Comente, sempre, com educação. Se você é do Twitter, do Facebook ou de outra rede social, deixe o seu contato para que eu possa agradecer.
Ah, não esqueça nunca: UMA VEZ FLAMENGO, SEMPRE FLAMENGO!

Tecnologia do Blogger.