Paulo Pelaipe - anjo ou demônio?




http://imgsapp.esportes.opovo.com.br/app/noticia_128033434835/2013/10/28/2655997/Pelaipe-Trreino-Flamengo-Bruno-LANCEPress_LANIMA20130628_0071_30.jpg

Talvez seja uma das discussões entre torcedores do Flamengo mais acalorada e mais cheia de argumentos para todos os lados, os que são a favor e contra Paulo Pelaipe.

Paulo Pelaipe, ou Pelaipe, é o diretor de futebol do Flamengo que foi contratado pelos Smurfs para fazer parte da reconstrução do clube. Vinha com referência, para os torcedores, o trabalho feito no Grêmio, um clube que contratou um montão de medalhão, jogadores conhecidos, e não ganhou nada.

Chegando ao fim do ano, com o titulo da Copa do Brasil, parece que Pelaipe ganhou uma sobrevida para continuar em 2014. Os mesmos veículos que davm como certa a saida dele, agora falam com maior moderação sobre o assunto.

A limpeza que foi feita no futebol do Flamengo, com a dispensa de jogadores que custavam caro e que tinha dívida ainda da gestão passada, como era o caso do Ibson e Vagner Love e a contratação de reforços quase sem dinheiro e que deram certo como Wallace e Paulinho são os maiores argumentos de quem acha Pelaipe um "anjo". Não há quem não o defenda com a premissa de que "contratar com dinheiro é mole, que ver fazê-lo sem dinheiro."

Por falar em contratações, as contratações improváveis deram certo. As que tinham tudo para darem certo, não vingaram. Flamengo foi buscar a promessa do Brasileirão 2012, pagou "caro" pelo Gabriel e se viu envolvido numa investigação do Ministério Público sobre a negociação. Gabriel não vingou, assim como Val, o principal "nome" no trem caipira que aportou na Gávea mais ou menos no meio do ano. Carlos Eduardo, a aposta mais alta e contestada, não disse a que veio. Num ano que o dinheiro foi prioridade, parecia uma afronta o salário mais alto do elenco ser de um cara que penou para entrar em forma.

E aí é que começam os argumentos de quem acha o Pelaipe o "demônio". Além de contestar o investimento feito por Carlos Eduardo, enumeram os jogadores do mesmo empresário no elenco, as trocas de técnicos e da sorte que teve com a escolha do Jayme, a ineficiência de Bruninho, Val, Diego Silva. E fica a pergunta: e se Wallace e Paulinho não tivessem arrebentado nesse final de ano?

Flamengo ainda não definiu se Pelaipe fica para 2014.

E aí, ele é anjo ou demônio? Fica ou não fica para 2014?



Comente:



Um comentário:

Comente, sempre, com educação. Se você é do Twitter, do Facebook ou de outra rede social, deixe o seu contato para que eu possa agradecer.
Ah, não esqueça nunca: UMA VEZ FLAMENGO, SEMPRE FLAMENGO!

Tecnologia do Blogger.