Pós-jogo: Olímpia x Flamengo Libertadores 2012






http://www.flamengo.com.br/site/upload/galeria/fotos/20120329020520_13.jpg

O título do #Lulucast do jogo de ontem resume bem o que foi o jogo contra o Olímpia no Paraguai. Enquanto o Flamengo não aprender que Libertadores não é Campeonato Carioca ou Copa do Brasil em termos de campo do adversário, arbitragem, ritmo de jogo e importância, cotinuaremos jogando um futebol meia boca que permite que adversáro mediano faça 3 gols em 14 minutos, que não tem esquema tático e o pior: não empolga uma torcida que está doida pegar esse time do colo pra levar ao título.  Em um jogo MEQUETREFE, com MUITAS falhas individuais principalmente nos gols dos caras e SEM ESQUEMA TÁTICO, fomos batidos por um time que não tem nada demais, não tem sequer um craque.

Já no post pré jogo falei que os jogadores do Flamengo precisavam aprender como se jogar Libertadores. O juiz não marca falta que no Carioqueta marca-se, os jogadores adversários não estão preocupados se vão machucar adversários e a torcida não é torcida que pede Negueba no meio do segundo tempo. Lá, os caras apoiam os 90 minutos transformando o estádio em um caldeirão. Para o adversário, num inferno.  Para um time sem esquema tático, um derrotado.

E ontem, as individualidades, ao invés de salvarem o Mengão, o jogaram para a derrota. Para mim, a falta do David Braz e a falta de cobertura do Luis Antônio foram determinantes no primeiro gol, a furada do González com o pulo de libélula do Willians para o segundo gol e a mal posicionamento dos cabeças de área numa bola na entrada da área pelo terceiro gol.

Veja os Melhores Momentos desse jogo

Veja as imagens (fotos) dessa partida

Estamos em terceiro no grupo, a dois pontos de quem está na nossa frente e dois na frente de quem está atrás. Ainda enfrentamos um adversário que está na nossa frente dentro da nossa casa. Nosso próximo jogo é contra um adversário que está atrás e fez apenas um gol em 4 jogos na Libertadores. Mesmo dentro da casa deles, não há como não pensar em vitória. Depois da partida lamentável que fizemos ontem, a NECESSIDADE por uma boa atuação e uma vitória é eminente. O time PRECISA dessa boa atuação para acreditar que a Libertadores está querendo o Flamengo. E o time do Flamengo precisa abraça-la, entendendo como se joga e como se conquista.

Nem pensei, AINDA, na possibilidade do Flamengo não se classificar. A classificação não é impossível e espero que esse tropeço sirva para unir os jogadores e que eles se transformem num time.  Porque quando um grupo de Homens se juntam e colocam o Manto, a parada é mais embaixo. Sai a individualidade e entra o coletivo. E o coletivo funciona MUITO BEM com o vermelho e preto.

Vamo Flamengo. Não foi na dificuldade que aprendi a te amar mas é na dificuldade que, mais do que nunca, como sempre, estarei contigo.

E estar contigo é acreditar até o fim.

VEJA AS NOTAS:





Comente:



Nenhum comentário

Comente, sempre, com educação. Se você é do Twitter, do Facebook ou de outra rede social, deixe o seu contato para que eu possa agradecer.
Ah, não esqueça nunca: UMA VEZ FLAMENGO, SEMPRE FLAMENGO!

Tecnologia do Blogger.