Por que os jogadores do Flamengo precisam de uma "cartilha"?






Lembro-me de uma cartilha que recebi. Não sei se foi a primeira, mas não foi a última.  A primeira cartilha que eu tive idéia de ter recebido foi por causa do meu aprendizado a leitura. Minha mãe queria acelerar o processo e eu tinha, em casa, todo dia, para brincar, ter que fazer um pouquinho daquela cartilha. Era a cartilha e o caderinho de caligrafia. Durante a minha vida, recebi outras cartilhas. A que eu me lembro mais foi a de um estágio. Naquela cartilha, estava escrito tudo o que eu não poderia fazer e tudo o que eu poderia fazer. Eram 16 ítens, alguns rísiveis de tão óbvios, mas enquanto alguns sacaneavam os tópicos, eu pensei: se estava lá, deveria ter algum motivo.  Gente surreal merece recomendação surreal. Foi uma lição que a cartilha do estágio me ensinou.

Não vejo nada demais no gerente de futebol do Flamengo, o Jairo dos Santos, ter criado uma "cartilha" e ter feito circular entre os jogadores do Flamengo itens para um bom comportamento. Está fazendo o trabalho dele, colocando ordem num departamento que parece não ter ítens a serem seguidos, ou seja, não tem regras. Quanto mais simples são essas regras, mais parece mesmo que o ambiente estava tumultuado. Quanto mais complicadas de se seguir, maior nível de organização um lugar tem.

Não achei estranho o Joel não ter aderido a tal circular e nem a reação dos jogadores. Ou você acha mesmo que qualquer pessoa ou ato que tente tirar os jogadores e o próprio técnico no nível de acomodação que eles estão será bem recebido?

Mas tenho certeza de uma coisa: se eu fosse jogador do Flamengo, teria vergonha do meu empregador precisar fazer uma "cartilha" de bom comportamento, que deveria ser obrigação de um atleta, teria vergonha de receber uma circular me pedindo força de vontade.

Segue a cartilha:

http://s2.glbimg.com/dE9G9uYwl4upUvpKfluxkdQXo8Cgp_UnM5hqakemUyFjM3q6KPBg-ccfg0SEwd0l/s.glbimg.com/es/ge/f/original/2012/03/23/carta_flamengo_rep_60.jpg


Comente:



Nenhum comentário

Comente, sempre, com educação. Se você é do Twitter, do Facebook ou de outra rede social, deixe o seu contato para que eu possa agradecer.
Ah, não esqueça nunca: UMA VEZ FLAMENGO, SEMPRE FLAMENGO!

Tecnologia do Blogger.