É preciso evoluir!





http://images.performgroup.com/di/library/GOAL/4d/d6/elber-diego-ribas-cruzeiro-flamengo-brasileirao-serie-a-16072017_15zuc1124dia61mcvvk2caoazk.jpg?t=1295012357&w=620&h=430

Em outros tempos, um empate com o Cruzeiro, com Mineirão lotado, seria um bom resultado. Seria. Com o time que o Flamengo tem e a expectativa que despertou nos torcedores, um empate contra o Cruzeiro passou a ser um resultado ruim.

Gostei da atuação do time. Mantivemos o controle da posse de bola, fizemos o jogo rodar mas não chutamos a gol. Não chutamos a gol e fizemos dos cruzamentos na área para achar o Guerrero a nossa principal jogada. Com Diego e Everton Ribeiro mal, de novo, a falta de opção no ataque faz com que se tenha a certeza de que o técnico Zé Ricardo estagnou num esquema de jogo que não consegue se livrar de times que façam uma marcação atrás da bola. Cruzeiro teve uma marcação com linhas de quatro e três jogadores, bem parecido com o Grêmio na ultima quinta-feira (jogo que determinou a primeira derrota na Ilha do Urubu).

O Flamengo precisa aprender a jogar sem cruzar 739837934692746 bolas na área durante o jogo. Quando se tem um atacante como o Damião até justifica, embora não seja o correto. Mas, com o Guerrero, é preciso ter outro tipo de jogada. Definitivamente, a bola cruzada não é a melhor alternativa. Não com um time que tem os talentos individuais que o Flamengo tem.

O time precisa chutar mais a gol, precisa ter volantes que saiam com a bola e não sobrecarregar o Diego na preparação e criação das jogadas, precisa ter zagueiro que o capitão não fique preocupado em cobrir o tempo todo e precisa de um técnico que acerte nas substituições, que as substituições melhorem o desempenho do time. É preciso evoluir!

Para disputar o título do Brasileiro, o Flamengo precisa parar de empatar e tem que passara ganhar 3 pontos em jogos.

O próximo desafio do Flamengo no campeonato é contra o Palmeiras, na Ilha do Urubu. Vamos atras do três pontos em casa.

Saudações!




Comente:



Nenhum comentário

Comente, sempre, com educação. Se você é do Twitter, do Facebook ou de outra rede social, deixe o seu contato para que eu possa agradecer.
Ah, não esqueça nunca: UMA VEZ FLAMENGO, SEMPRE FLAMENGO!

Tecnologia do Blogger.