Pós-Jogo: Se eu não te amasse tanto assim...






Flamengo tinha tudo para sair com a vitória do Fla-Flu. Dominando o jogo, principalmente no primeiro tempo, entregou a vitória de bandeja para um Fluminense que nem fez muita força para ganhar. Seria mais fácil engolir uma derrota dessa se eu não te amasse tanto assim, Flamengo! De hoje, só levo o coração aquecido de ter visto o Flamengo de perto. Eu gosto de ir ao estádio acompanhar o Flamengo. Isso me faz bem.

Falando do jogo, sei que jogadores de futebol falham. Eu consigo entender isso. Mas não dá para uma falha como a que o Rafael Vaz teve e que deu ao Fluminense o gol da vitória passar impune. Gramado molhado, o cara estava sozinho, vinha só dando chutão no jogo... Um jogador profissional não pode cometer uma falha daquela. Muito menos num clássico. O cara é profissional e as boas atuações passadas que ele teve é obrigação de ser um jogador útil. Errou, bola pra frente, paciência mas uma punição para deixar de ser displicente deveria existir.

Outro que poderia entrar nesse rol de displicência é o Jorge. Quanto talento desperdiçado numa lateral esquerda que não vai a linha de fundo. Assistir o jogo no estádio dá uma dimensão diferente das atuações dos jogadores e o que mais me chamou a atenção foi o Jorge.

As substituições feitas (com Sheik sendo solução) e os gols do adversário saindo de falhas de jogadores mostram que o Flamengo precisa de um algo a mais para ganhar os jogos. Foi assim contra o São Paulo e agora se repetiu contra o Fluminense. Desta vez, saímos com uma derrota amarga, que poderia ser uma vitória construída ainda no primeiro tempo.

O dia de chuva não facilitou a vida de quem foi ao jogo. M a festa da torcida foi linda de viver. Maioria total no estádio. A volta teve perrengue por causa da falta de táxi na rua, coisa que nunca tinha enfrentado aqui em Natal. Mas, ainda assim, foi bom demais ver o Flamengo de perto. Se tivesse outro jogo amanhã, provavelmente iria de novo.

A derrota tirou o Flamengo do G-4 do campeonato. Quarta-feira, provavelmente com Rafael Vaz e Jorge, estarei torcendo por uma nova vitória.

Saudações!

Comente:



Nenhum comentário

Comente, sempre, com educação. Se você é do Twitter, do Facebook ou de outra rede social, deixe o seu contato para que eu possa agradecer.
Ah, não esqueça nunca: UMA VEZ FLAMENGO, SEMPRE FLAMENGO!

Tecnologia do Blogger.