O preço de uma bobeada do Flamengo




http://www.jornaldebrasilia.com.br/site/imagens/tinynoticias2012/cruzeiro_x_flamengo18_400x351_460914.jpg

O Flamengo está na 39ª rodada do Brasileirão 2013. Meio como bode expiatório, meio acidente de percurso, não conseguir, ainda, digerir a mancada do departamento jurídico em possibilitar a entrada do André Santos num jogo festivo em que nada acrescentaria a sua ausência.  E não foi por falta de aviso, já que site especializado em esportes "avisou" um dia antes do jogo.

Os prejuízos que isso causou/causa/causará ao Flamengo são incalculáveis. Desde a possível multa da adidas pela posição no Brasileiro (embora a maioria dos veículos falem sobre disso, um vice-presidente falou em Rede Social que não é como falam) a possibilidade de rebaixamento à Série B (que foi descartada porque o STJD não aceitou a denúncia do Vasco para cancelamento do seu jogo), essa semana, de inúmeras interpretações de artigos em Estatuto do Torcedor, Regras de Competições da CBF e Código da Justiça Desportiva Brasileira, foi tensa para o rubro-negro.

Entendo que a culpa principal dessa confusão toda não é do departamento jurídico do Flamengo. Embora seja extremamente competente e venha demonstrando isso em ações rápidas como a questão do Procon na final da Copa do Brasil ou "batendo" de frente em penhoras antigas e evitando maiores prejuízos ao cofre do Flamengo, não há como negar que foi uma papada de mosca. Menor do que foi a da Portuguesa que também será julgada por irregularidade na última rodada, talvez, mas é uma coisa que não pode acontecer.

Sei que não falta investimento do Flamengo em relação a esse departamento, sei que a competência deles não deve ser medida por causa disso. Acompanho futebol há anos e imaginava que a suspensão do jogador, assim como possível punição, se daria apenas na competição que isso ocorreu. Até pouco tempo atrás, até o STJD pensava assim quando não acatou o pedido do Flamengo do Piauí sobre a irregularidade de um jogador do Santos que teria sido expulso na última partida do Brasileiro de 2012 e entrou em campo na primeira partida da Copa do Brasil de 2013 (a Copa do Brasil é um campeonato que começa antes do Brasileirão).

Não acredito que o Flamengo seja punido. Assim como não acredito que a Portuguesa seja punida. Os jogos que jogadores atuaram não mudou a dinâmica do campeonato.

A minha lamentação do campeonato terminar nos tribunais é maior do que pela bobeada no jurídico do Flamengo.  Como amante do futebol, além de ser amante do Flamengo, isso é uma coisa que não tem preço!

Saudações!



Comente:



4 comentários:

  1. so pra ficar bem claro,a mancada nao foi do juridico e sim do dep. de futebol que e quem tem obrigacao de alem de outras coisas acompanhar junto ao tribunal a situacao dos jogadores punidoas e informar ao tecnico se tal jogador pode ou nao ser escalado,no fla sempre foi assim desde os tempos do saudoso Domingos Bosco,infelizmente hoje o nosso diretor de futebol vive de fazer negocios com empresarios. SRN

    ResponderExcluir
  2. Mas não é o juridico que dá o parecer de condições de jogo ao departamento de futebol? O diretor de futebol deveria estar no STJD na tarde/noite de sexta-feira? Qual a função do juridico nesse caso?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. absolutamente,nesse caso a falha foi do dep.de futebol,hoje o clube ta cheio de assessores e deveria ter um pelo menos acompanhando a situacao dos atletas que estao sendo julgados e informar ao treinador,va no clube e pergunte a algum funcionario antigo desses que nao aparecem na midia e vc vai obter a resposta,se e que sobrou alguem antigo la. SRN

      Excluir
  3. Entendi. Porém, na minha opinião, o erro continua sendo falha do juridico, independente do "tempo de casa" de quem quer seja e da quantidade de assessores. Abs.

    ResponderExcluir

Comente, sempre, com educação. Se você é do Twitter, do Facebook ou de outra rede social, deixe o seu contato para que eu possa agradecer.
Ah, não esqueça nunca: UMA VEZ FLAMENGO, SEMPRE FLAMENGO!

Tecnologia do Blogger.