O mimimi eterno de técnicos de futebol




http://s2.glbimg.com/5N2yvbCvzUaqPG-uzT53hbinEHz-tvKCqNmgw3N05T4DJdMQQD9sQhls9myjaG3u/s.glbimg.com/es/ge/f/original/2013/04/26/jorginho-andrade-alexandrevidal-flaimagem_1.jpg

Certos ex-técnicos do Flamengo deveriam ser proibidos de falar sobre o clube depois que saem dele. Até porque, para ter um holofote a mais, precisam falar do Flamengo. Que sina, Mengão. Que sina!

Primeiro foi o Andrade. Ou você lê sem nenhum incomodo os "desabafos" antes de algum momento importante? O último, na véspera da final da Copa do Brasil, falando que foi traído já em 2010. Mas ele já não tinha falado sobre isso? Eu fico imaginando o que sente o Juan, quando o ex-treinador dele fala que ele era o mais chatinho em 2009. Na verdade, Andrade não precisa viver a sombra do que viveu em 2009 em no inicio de 2010. Andrade não é ídolo do Flamengo. Ele é MUITO ídolo. Daquele tipo que merecia ter a "6" eternizada porque jogou demais. Lutou demais. Ganhou titulo demais. Fez tanto que nem ser campeão brasileiro pelo Vasco manchou sua linda história no Mengão.

Talvez pensando no desempenho que o Andrade teve no Flamengo, a diretoria do Flamengo contratou Jorginho para ser técnico do time em 2013. Deve ter pensando na história que teve como lateral no clube e também dele ter sido auxiliar do Dunga na seleção que foi a Copa de 2010. Do Jorginho, agradeço a saída do Alex Silva e a do Canelada (entendo a importância do Renato em alguns momentos do clube mas acho que era a hora dele sair!). E não é que o Jorginho vem com o mesmo discurso que o Andrade, numa que foi traído e que "ainda vai contar tudo". O cara está na Ponte Preta, na final de um campeonato inédito para o clube que paga o salário dele e ele fala do Flamengo. Depois da  entrevista maldita insinuando que o Flamengo gosta de mandar em arbitragem, ele nunca deveria ter vestido qualquer uniforme do Flamengo. Mas, com um rendimento discutível como técnico, diz que vai contar tudo. Mas não esqueço da posição que ele deixou o time no Brasileiro: penúltima posição.

O que fica de lição nessas duas histórias é: quem faz muito mimimi acaba com a paciência alheia.

Saudações!


Comente:



Nenhum comentário

Comente, sempre, com educação. Se você é do Twitter, do Facebook ou de outra rede social, deixe o seu contato para que eu possa agradecer.
Ah, não esqueça nunca: UMA VEZ FLAMENGO, SEMPRE FLAMENGO!

Tecnologia do Blogger.