Emerson poderia seguir o exemplo do Elano




Emerson Sheik (Foto: Aldo Carneiro (Pernambuco/Press))

Fui uma entusiasta do Emerson Sheik no Flamengo. Quando ele chegou, no ano passado, mudou a forma que o time se portava em campo e foi, inclusive, bem elogiado na época. Com os dois, três meses de correria, o Flamengo renovou o seu contrato, que era de risco, e ele se transformou em mais um jogador caro que não joga. A indicação do Muricy, que nem está mais no clube, não vem ajudando o Flamengo.

Oficialmente, o Sheik não está entrando em campo por causa de uma dor no pé esquerdo e por isso está em tratamento. Antes, teve que cuidar da saúde da mãe.

Apesar da idade e de não estar jogando bem, Sheik tem mercado externo, principalmente o asiático. Porém, uma transferência não é cogitada pelo seu empresário, que fala que o atacante pode encerrar a carreira no Flamengo.

Dos últimos 11 jogos, ele ficou fora de 7 e a forma física já não é igual a que ele chegou, mostrando disposição e vontade. Jogador renomado, o Emerson poderia fazer igual ao Elano, que ao ver que não ia ser aproveitado, pediu rescisão de contrato e foi procurar jogar futebol em outro lugar.

O Flamengo agradeceria!

Comente:



Nenhum comentário

Comente, sempre, com educação. Se você é do Twitter, do Facebook ou de outra rede social, deixe o seu contato para que eu possa agradecer.
Ah, não esqueça nunca: UMA VEZ FLAMENGO, SEMPRE FLAMENGO!

Tecnologia do Blogger.