Kayke: negocia ou não negocia?




http://s.glbimg.com/es/ge/f/original/2015/12/26/careta_kayke_flamengo_get.jpg

Com a boa atuação do Felipe Vizeu marcando dois gols contra o Bangu na mesma semana que apareceu a notícia de que um clube japonês vai fazer proposta para levar o Kayke para o oriente, fica a pergunta: o Kayke fará falta mesmo?

Acredito que não há dúvidas de que o Kayke perdeu espaço no elenco do Flamengo. Quando se apresentou com uma lesão que resultou numa cirurgia, o ataque do Flamengo ficou desfalcado. Não podemos esquecer que durante o período que o Guerrero se machucou ano passado, o Kayke foi muito bem, marcando gols e tendo boas atuações. Isso sem falar na identificação dele com a torcida que é uma coisa que a gente reclama que os jogadores não tem.

Com a chegada do Felipe Vizeu ao elenco, depois de uma boa Copa São Paulo de Futebol Júnior e os gols que marcou no Carioca, é normal que se questione a importância do Kayke no elenco.

Independente do fator técnico, a negociação com o Kayke valerá a pena agora porque é a única forma do Flamengo ganhar algum dinheiro com o jogador. Com contrato até o fim do ano e podendo assinar pré-contrato no meio do ano sem que o Flamengo ganhe nada com isso,  a questão da não permanência do Kayke passou a ser financeira, não técnica.

Pela questão técnica, eu não negociaria. Ainda não vejo o Vizeu decidindo, por exemplo, um gol no brasileiro entrando aos 30 minutos do segundo tempo. E o Flamengo precisará disso num campeonato mais longo e mais difícil do que o Carioca. 

Sei bem que a proposta do Japão for boa, o Flamengo vai negociar. Não conseguirei criticar. Mas ele pode fazer falta e não sei se o Vizeu ou até mesmo o Nixon vão suprir isso.

Saudações!


Comente:



Nenhum comentário

Comente, sempre, com educação. Se você é do Twitter, do Facebook ou de outra rede social, deixe o seu contato para que eu possa agradecer.
Ah, não esqueça nunca: UMA VEZ FLAMENGO, SEMPRE FLAMENGO!

Tecnologia do Blogger.