Engole o choro!






A festa da arquibancada devia estar linda. O grito na garganta, para jovens vascaínos, estava preso. Estava para acontecer uma coisa inédita. Estava perto do fim o maior temor da vida deles. O Vasco estava perto de ser campeão em cima do Flamengo.

Na verdade, Vasco não teve competência para fazer o placar. Não jogou para isso. Não aproveitou a fragilidade do time do Flamengo, sua desorganização e nem a sua tristeza. Se no jogo passado já não tinha vencido um time que estava com a cabeça no futuro, nesse jogo não venceu um time que estava com a cabeça no passado. Duro para um torcedor aceitar. Mas, para você que só chora desde o final do jogo, que tal falarmos da não expulsão depois da falta em cima do Everton antes dos 15 minutos de jogo, da amarelada que o juiz deu quando viu que, ao dar cartão amarelo para o Chicão e o André Rocha, iria expulsar o cara do Vasco, que já tinha amarelo, então resolveu dar cartão vermelho e até mesmo as inúmeras faltas invertidas que houveram?

Não jogue a incompetência do seu time, aquele que tem jogador que faz cera e que prejudicou o time num lance capital do jogo e que tem jogadores que  comemoram em campo um título antes de 40 min do segundo tempo, nas costas de um torcedor de um time que brincou nesse estadual. Flamengo nesse estadual até com time C jogou e ganhou, enquanto o Vaskin com time titular penou para ganhar.

Sabe o castigo dos Deuses do futebol? De repente, está explicado com o gol do Márcio Araújo. Se não fosse ele, seria o Nixon a fazer o gol. Enquanto tinha dois jogadores do Flamengo sedentos pela bola, pelo gol, não havia nenhum do Vasco nos últimos minutos do jogo. Time como o seu não merece ter a glória de ser campeão. Sabe por quê? Um time campeão não pode desrespeitar adversário, não pode chorar em cada lance e, acima de tudo, não acha desculpa para a derrota nos outros. Um time campeão reconhece que a atuação não foi boa e procura fazer melhor. Foi isso que o Vasco fez do primeiro para o segundo jogo?

Há um longo caminho a percorrer para o Vasco. Ainda bem. Enquanto isso, com ou sem ajuda de bandeira, continuaremos a ganhá-los e fazer a festa na segunda-feira.

HOJE É DIA DE FESTA NA FAVELA!


Comente:



Nenhum comentário

Comente, sempre, com educação. Se você é do Twitter, do Facebook ou de outra rede social, deixe o seu contato para que eu possa agradecer.
Ah, não esqueça nunca: UMA VEZ FLAMENGO, SEMPRE FLAMENGO!

Tecnologia do Blogger.