Gabriel não pode reclamar de falta de oportunidades




gabriel carlos cesar atletico-mg x flamengo (Foto: Dudu Macedo/Foto Arena/Agência Estado)

Gabriel chegou ao Flamengo como uma grande aposta. Destaque do Bahia no ano de 2012, ele demorou a estrear com o Dorival porque passou por um reforço muscular. Além disso, estamos quase no final do ano e ele não manteve a regularidade que se espera de um jogador profissional de futebol.

Não se pode reclamar de falta de oportunidade. Todos os técnicos que estiveram a frente do Flamengo nesse ano de 2013, colocaram Gabriel em campo. Para os defensores do garoto, é pouco e ele anda jogando na posição errada: o lugar dele é na direita e não na esquerda, como foi sempre escalado. Para os que o "atacam" , acham que é uma heresia ele portar o número 10 que foi do Zico e já demonstrou que não merece vestir o Manto.

Além disso, há o embrólio da negociação dele com o Bahia que está sendo investigado pelo Ministério Público (vale lembrar que o Bahia está sob investigação do MP).

Nos últimos jogos, Gabriel não vem rendendo o que se espera dele. Aliás, vem abaixo da media, há algum tempo. Tenho a impressão que está mais magro, mais franzino e isso pode prejudicar muito o seu futebol. Prejudica tanto que, logo que chegou, demorou um pouquinho para estrear para "ganhar mais corpo." Para o técnico da vez, o Jayme, mais do que físico, o problema é psicológico e Gabriel merece todo o apoio.  Não fala em recuperação, fala em evolução e em resgate. Jayme sabe da importância de colocá-lo aos poucos nos jogos. E aposta no seu futebol.

Pela grana que investiu e pelo possível futuro que o garoto, será que não vale a pena ter essa paciência sem esperar que ele seja "o" camisa 10, que vai dar alegrias a Nação no presente?

Embora já tenha lido que a volta dele ao Bahia é uma possibilidade, não sei se é o ideal. Acho que o Flamengo tem que ter mais paciência com jogadores que resolveu investir. Já não temos jogadores com identificação com o Manto e vez ou outra reclamamos disso. Ficar fazendo rotação de jogadores a cada ano não vai ajudar nessa criação de identidade. Mas entendo, perfeitamente, aqueles que acham que Gabriel não é jogador para o Flamengo. Ele, infelizmente, não vem jogando para tal.

O final do ano está chegando e o cansaço dos jogadores vai se acentuar. Provavelmente, veremos Gabriel mais em campo com o Manto. Vamos ver se ele consegue melhorar a sua atuação em campo.

Saudações Rubro-Negríssimas!




Comente:



Nenhum comentário

Comente, sempre, com educação. Se você é do Twitter, do Facebook ou de outra rede social, deixe o seu contato para que eu possa agradecer.
Ah, não esqueça nunca: UMA VEZ FLAMENGO, SEMPRE FLAMENGO!

Tecnologia do Blogger.