A demora do Jayme em fazer substituição também te irrita?




http://extra.globo.com/incoming/10496168-38a-509/w640h360-PROP/flamengo-jayme.jpg

Não há como negar: depois de alguns jogos, ele demora mesmo para substituir jogadores durante as partidas. Algumas vezes, "morre" com uma substituição por fazer. E quando tem jogadores com desempenho abaixo da média, a cobrança dos torcedores é maior. É a minha cobrança também. Às vezes, por mau desempenho desse ou daquele jogador, a impressão que tenho é que o Flamengo joga com um a menos.

É claro que essa falta de substituições tem razão de ser. Jayme, um cara experiente do futebol tanto dentro quanto fora de campo, que entende bem de formação de jogadores e clubes, tem as suas convicções e, cá entre nós, está acertando mais do que errando. Mas o que pretende Jayme com essa "teimosia"?

Parece bem claro que um dos principais acertos dele em detrimento aos treinadores passados está na manutenção de um time titular. Não há incerteza na escalação, muito menos reclamações de última hora. Se alguém ficar insatisfeito com o time que entrará em campo, já pode reclamar de véspera. Tanto que a mudança mais efetiva nesse tempo todo que ele fez foi colocar André Santos na lateral-esquerda e entrou em campo com o Luiz Antônio, que é  13º jogador desse time.

Provavelmente, Jayme procurar dar ao time que ele vê como titular do Flamengo o máximo de tempo que pode. Como pegou o campeonato numa fase em que praticamente não treinou a equipe, com jogos fim de semana e meio de semana, esse tempo que o time precisa para jogar junto e ter entrosamento é nos próprios jogos. E vem dando certo, o time do Flamengo cresceu de produção. A idéia dele parece ser substituir e mexer o mínimo possível no que ele considera o melhor time que o Flamengo pode colocar em campo dentro de um esquema que ele preconizou.

Isso tem suas vantagens e desvantagens. A principal vantagem é criar uma unidade de time, com entrosamento e os jogadores conhecerem sua função em campo. Com um time entrosado, é mais fácil as jogadas fluírem. A principal desvantagem é o cansaço. Com jogadores em campo quase que o tempo todo e com viagens, o cansaço aparece. Não foi a toa que a comissão técnica decidiu poupar jogadores antes do jogo decisivo das quartas de final da Copa do Brasil.

Até entendo a posição do Jayme, mas a demora nas substituições me irrita. Colocar o Rafinha (ou Nixon, ou Adryan!) faltando 5 minutos para acabar um jogo, para muitos pode ser um favor, mas para mim é um desperdício. Ou se acha que um garoto vai resolver um jogo em 5 minutos?

Jayme está muito bem no comando, comprovando que técnico o Flamengo também pode fazer em casa. O respeito que há nessa relação entre técnico e jogadores é bacana. E a gente viu em 2009 que quando um time abraça um técnico, o Flamengo fica muito mais forte.

Jayme terá mais um desafio nas semifinais da Copa do Brasil. Que tenha sabedoria para dosar esses fatores que coloquei aí em cima e que a vitória venha para o Mengão.


Comente:



4 comentários:

  1. Isso é dublê de treinador. Não vou nem discutir se foi acertado ou não efetivá-lo esse ano, até porque por um motivo ou por outro, o time rendeu e deu uma afrouxada na gravata incômoda. Mas não dá nem pra brincar em pensar de manter essa coisa à beira do gramado em 2014. Torcedor de luxo, assiste a partida na lateral, não mexe, demora 20 anos, espera tomar um gol pra mexer. Os reservas quase pegam fogo de tanto aquecer atrás do gol, e nada de chamar o Cantarelli, nada de puxar uma substituição. Burro mesmo, não tem outra palavra, infelizmente. #SemSacoProJayme #SemTempoPraPerder

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. So espero que não levem para 2014 apenas a atuação da Copa do Brasil.

      Excluir
  2. Dani,parabéns! concordo com cada linha,com cada ponto e até com as virgulas,rs. abraço SRN @robertodiasfla

    ResponderExcluir

Comente, sempre, com educação. Se você é do Twitter, do Facebook ou de outra rede social, deixe o seu contato para que eu possa agradecer.
Ah, não esqueça nunca: UMA VEZ FLAMENGO, SEMPRE FLAMENGO!

Tecnologia do Blogger.