21 de agosto de 2012

Vem ser feliz no Mengão, Adriano!


>







Eu só quero é ser feliz...

Desde que foi para a Itália no meio de 2010, muita gente já esperava a volta do Adriano ao Flamengo. Prata da casa, com uma identificação absurda com o Flamengo, tem uam parte da torcida que realmente acredita que o Adriano de hoje pode ser o Adriano de 2009, o Imperador que ajudou a levar o Flamengo ao Hexa. Sim, confesso que se tratando de Adriano, sou uma menina de pouca fé e sou contra ao retorno dele desde 2011, quando ele foi para o Curintia mas poderia ter vindo pro Flamengo.

Eu sou uma menina de pouca fé, mas sou uma torcedora entusiasta e otimista do Flamengo. Daquelas que torce pro Flamengo virar um jogo, mesmo quando muitos desistem de vê-lo. Me nego a contar pontos pra rebaixamento, a "pegar no pé" de algum jogador que esteja em má fase e evito fazer critica aos que lá estão usando a palavra Flamengo.

Por ser uma otimista em relação ao Flamengo, é que estou na vibe que se não for o Flamengo, não há clube que faça o Adriano jogar 3,4 anos de carreira que ele ainda poderá ter,  pela idade, em alto nível. Só o Flamengo e sua torcida, com todo esse carinho que se tem pelo Adriano pra motivar e colocar no colo igual um pai faz com o filho. A torcida, pro Adriano, terá que fazer o papel do pai, que cobra mas que está sempre disposta a dar todo amor e carinho que o Adriano vai fazer por onde merecer. Com carinho, é difícil alguém não ser feliz, concorda?

Há quem justifique 2009 para a contratação do Adriano. Mas eu não consigo esquecer 2010. E pode anotar: cobrarei o Adriano como se estivesse em 2010, mas torcerei pelo seu bom desempenho como em 2009.

Torcerei, gritarei e espero, muito, comemorar o renascimento do Adriano para o futebol. Mais do que isso: quero comemorar o renascimento do Adriano para uma vida que ele não deveria ter largado, como craque que é.

Afinal de contas, quem não quer andar tranquilamente na favela onde nasceu?


Espero que você tenha gostado desse texto! Segue no Instagram!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente, sempre, com educação. Se você é do Twitter, do Facebook ou de outra rede social, deixe o seu contato para que eu possa agradecer.
Ah, não esqueça nunca: UMA VEZ FLAMENGO, SEMPRE FLAMENGO!

Postagens mais visitadas

Todos os posts deste blog