Chegou a hora do vamos ver




Por termos ficado em quarto lugar na classificação geral da primeira fase da NBB, tivemos uma "mini-férias" de 22 dias, onde ficamos treinando, treinando, treinando e nos aprimorando. Com isso, fomos para Uberlândia e conseguimos uma vitória sensacional em cima do time da casa, após DUAS prorrogações, num ginásio completamente lotado, onde todos os ingressos foram vendidos.

Como não teve transmissão do jogo pela televisão, tivemos que "ver" o jogo ouvindo uma emissora de rádio horrorosa, onde o narrador irritava mais do que tortura chinesa e o sinal caía mais do que jogador do Vasco dentro da área. Ficamos sabendo que o jogo começou a todo vapor, com Collum e Robert Day acertando quase tudo. Pelo lado rubro-negro, não havia um destaque individual e o time jogava coeso. O primeiro quarto já mostrava que o jogo seria equilibrado e o Flamengo terminou com um ponto de vantagem no placar, que mostrava 22 x 21.

No segundo quarto, de novo o time do Flamengo se mostrou coeso, com todos os jogadores pontuando e sem ter um destaque individual. Apesar da grande pressão da torcida adversária, o time rubro-negro não se abalou e terminou o segundo quarto com uma vantagem maior : 45 x 36.

Já no terceiro quarto, o time do Uberlândia se reencontrou em quadra e, com grandes atuações de Valtinho e Roberto Day, eles encostaram no placar e, com isso, terminamos o quarto com apenas dois pontos de vantagem : 69 x 67.

No último quarto da partida, Valtinho, que já havia começado a se destacar e a chamar o jogo pra si, fez uma cesta que empatou o jogo e, logo em seguida, uma cesta de três de Robert Day botou o time mineiro em vantagem (72 x 69). O jogo seguiu equilibrado, com os dois times se revezando na frente do placar. Faltando trinta segundo para acabar o jogo, com o Flamengo na frente, Marcelinho faz sua quinta falta e foi eliminado da partida. O Uberlândia empatou a partida e o Flamengo, que teve a última posse de bola do quarto, não conseguiu fazer a cesta. Com isso, fomos para a primeira prorrogação.

Com Marcelinho fora, coube a David Jackson chamar o jogo pra si. O norte-americano cravou cinco pontos logo no começo da prorrogação, mas o Uberlândia foi buscar e, mais uma vez, os dois times ficaram se revezando na liderança do placar. Nos segundos finais desse quarto, com o jogo empatado em 104 x 104, mais uma vez o Flamengo teve a última posse de bola e não converteu, levando o jogo para a segunda prorrogação.

Na segunda prorrogação, para nossa sorte, o Uberlândia perdeu Robert Day, que também cometeu sua quinta falta e foi eliminado. Com David Jackson inspirado e sendo decisivo, finalmente o Flamengo conseguiu a vitória. O cestinha da partida foi Robert Day, com 30 pontos. Pelo lado rubro-negro, o cestinha foi David Jackson, com 26 pontos.

O próximo jogo entre as duas equipes será na terça-feira, dia 01/05/12, no Tijuca Tênis Clube, às 17:00 horas. Será um jogaço, daqueles imperdíveis e é nossa obrigação lotar o Tijuca.

Comente:



Nenhum comentário

Comente, sempre, com educação. Se você é do Twitter, do Facebook ou de outra rede social, deixe o seu contato para que eu possa agradecer.
Ah, não esqueça nunca: UMA VEZ FLAMENGO, SEMPRE FLAMENGO!

Tecnologia do Blogger.