Importância da reposição no Brasileirão




http://www.fullfit.com.br/images/produtos/grande/17174.jpg
A partir de amanhã, na partida contra o Palmeiras, o Flamengo uma maratona de jogos que pode definir o Campeonato Brasileiro.  O time terá pela frente 16 partidas (14 pelo Brasileiro e duas pela Sul-Americana) em 51 dias. O temível período de um jogo a cada três dias me lembra 2007 2008 (corrigido pelos queridos nos comentários!) que estávamos na liderança, mas veio esse período maldito, ficamos não sei quantos jogos sem ganhar e perdemos o prumo.


É nesse momento que ter um banco forte, com jogadores que poderiam ser titulares, faz de um time líder do campeonato. E eu olho pro banco do Flamengo com olhar fechadinho, de desconfiança. Tirando o Bottinelli e o Negueba, quem ali entra no time titular sem que o time perca rendimento?  Se formos pensar nos laterais, nossa dor de cabeça já começa com força total.  Já imaginou o Flamengo entrar em campo, supostamente, com Galhardo e Rodrigo Alvim nas laterais? E Fernando no meio de campo?

E no ataque? Vamos de Diego Mauricio, que continua parecendo que vai escorregar em campo?

Violetas na Janela - Texto falando sobre a janela e a diretoria do Flamengo


Ter peças de reposição é fundamental em um campeonato longo. Assim, ele não perderá o ritmo e chegará com um bom aproveitamento no final do campeonato. 

E essa maratona é tão "cruel" que o preparador físico Antônio Mello programou modificações na planilha de treinamento com o objetivo de prevenir as lesões dos jogadores, comuns em épocas de maratona intensa de jogos. O descanso será fundamental.

Flamengo não tem lesões musculares no seu grupo - Trabalho sendo bem feito


Vamos torcer para que as lesões passe longe do Mengão. E que os jogadores tenham saúde para que o banco não precise ser usado!

Até a próxima!

Comente:



4 comentários:

  1. Dani, acho que esse campeonato que ficamos sem ganhar um tempo foi o de 2008, se não me engano. Lembro que tivemos 9 desfalques, todos com contusão.
    Tb vejo o banco do Fla fraquinho, mas muito melhor do que os da maioria. Vamos torcer.
    SRN

    @NivinhaFla
    http://flamengoaspirinaseurubus.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. O ANO FOI O DE 2008 EM QUE ERAMOS LÍDER E PERDEMOS A LIDERANÇA PQ NÃO TÍNHAMOS BANCO E O NOSSO BRAVO KLEBER LEITE VENDEU O O RENATO AUGUSTO PARA FICAR COM O IBSON SÓ QUE POR EMPRÉSTIMO E NINGUÉM SABIA QUE ERA EMPRESTADO. E SAIRAM TAMBÉM O MARCINHO E O SOUZA, E SÓ VIERAM MAIS TARDE O FIERRO,O SAMBUEZA O MAXI E MAIS ALGUMAS PEÇAS QUE NÃO ME LEMBRO E O TÉCNICO ERA AO FRACO DO CAIO JUNIOR.

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. erfeito o raciocínio Dani. Lembro que liderávamos o campeonato de com o Caio "Harry Potter" Júnior dirigindo e começamos a perder jogos quando vários jogadores partiram. Eu acredito na reposição do Flamengo. Quem sabe não repetiremos 1992 com a garotada comandando o hepta?

    @Deco_Flamengo (André Montalvão)

    ResponderExcluir

Comente, sempre, com educação. Se você é do Twitter, do Facebook ou de outra rede social, deixe o seu contato para que eu possa agradecer.
Ah, não esqueça nunca: UMA VEZ FLAMENGO, SEMPRE FLAMENGO!

Tecnologia do Blogger.