Olá, Libertadores. Esse é o Flamengo!






Eu não ia ficar para o jogo do Flamengo na Libertadores. Escrevi num post o quanto era ruim depender da falta de planejamento do Flamengo em relação aos seus jogos. Para quem está fora do Rio, esse tipo de coisa é essencial para programar, inclusive, férias. Mas diante da possibilidade de ver essa estreia num ano que o time está bem, perdi uma passagem (porque o valor do reembolso é maior do que eu teria que receber), comprei ingresso, comprei a volta e vivi uma noite épica da minha vida. A estreia da Libertadores de 2017, amigos, jamais esquecerei.

Eu jamais vou esquecer daquele segundo tempo. No primeiro tempo fraco,  o Flamengo não conseguiu jogar. Embora o Diego buscasse o jogo, os pontas e laterais não desenvolviam as jogadas. O gol no terceiro minuto do segundo tempo numa cobrança de falta magistral do Diego facilitou demais a goleada épica da estreia da Libertadores.

Contando com o cansaço do San Lorenzo e com golaços de Trauco e Gabriel, o Flamengo teve o grande mérito de não se acomodar no jogo. Essa falta de acomodação transformou a estreia nessa vitória maravilhosa que ficará como referência de bom jogo desse time. É justo que fique. Se a gente tende a exaltar as falhas e as atuações ruins, a gente tem que exaltar a atuação de ontem. Foi uma grande vitória. Foi uma grande atuação no segundo tempo.

Com a atuação de ontem, o Flamengo se apresentou a América em 2017. Muito prazer, Libertadores!

O Flamengo assumiu a liderança isolada do Grupo 4 da Libertadores com 3 pontos. Atlético-PR e Universidad Católica estão empatados na segunda colocação com 1 ponto, e o San Lorenzo é o último, sem pontos. Na próxima quarta-feira (15/03), voltamos a jogar na Libertadores contra o Universidad Católica, no Chile. Antes, encara a Portuguesa-RJ, no sábado, pelo Campeonato Carioca.


Comente:



Nenhum comentário

Comente, sempre, com educação. Se você é do Twitter, do Facebook ou de outra rede social, deixe o seu contato para que eu possa agradecer.
Ah, não esqueça nunca: UMA VEZ FLAMENGO, SEMPRE FLAMENGO!

Tecnologia do Blogger.